Capa / Comportamento / Doenças Psicossomáticas

Doenças Psicossomáticas

Muita gente se assusta com as chamadas doenças psicossomáticas. Quando recebem esse tipo de diagnóstico, algumas pessoas pensam que trata-se de um problema mental sério, que estão ficando “loucas”. Outras pessoas se irritam com o médico pois entendem que ele está dizendo que seu problema, sua dor, sua alergia, etc… não passa de “coisas da sua cabeça”, pura imaginação, fantasia!

É fato que nem todos os médicos e demais profissionais da saúde têm a sensibilidade de perceber qual o efeito que uma informação do tipo “seu problema é de ordem psicossomática” têm sobre seus pacientes, e com isso, muitas pessoas saem preocupadas ou no mínimo chateadas dos consultórios médicos ao ouvirem esse tipo de informação.

Elas podem ser chamadas de “doenças funcionais”, “psicossomáticas”, “idiopáticas”, sintoma de “somatização”… não importa! O que importa é que, em resumo, tratam-se de doenças que se originam em nossa mente pois estão fortemente ligadas às nossas emoções, relações sociais, afetivas, ou seja, aquilo que não se trata apenas de carne e osso, aquilo que não pode ser apalpado, mas somente vivido!

É muito importante que tenhamos discernimento quanto ao que é doença psicossomática, pois a maior parte de nossos problemas de saúde possuem essa origem:
“Enfermidades mentais prevalecem por toda parte. Nove décimos das doenças das quais os homens sofrem têm aí sua base. Talvez algum vivo problema doméstico esteja, qual cancro roendo até à alma e enfraquecendo as forças vitais. Remorsos pelos pecados às vezes encobrem a constituição e desequilibram a mente. Há também doutrinas errôneas, como a de um inferno sempre ardente e o eterno tormento dos ímpios que, dando exagerada e distorcida visão do caráter de Deus, têm produzido os mesmos resultados sobre as mentes sensíveis.” Testimonies, vol. 5, pág. 444.

Doenças de pele (como o vitiligo, por exemplo), alergias, úlceras no estômago, enxaquecas, dores no corpo, etc, são exemplos de doenças psicossomáticas muito comuns em nossos dias. Infelizmente, o diagnóstico geralmente é feito de forma tardia, pois tenta-se verificar todas as possibilidades de um problema de origem físico antes de se diagnosticar um problema como de origem psíquica.

Muitos cristão sofrem com doenças desse tipo, homens e mulheres, por compreenderem mal a palavra de Deus e por não viverem corretamente, de acordo com aquilo que tiveram compreensão. Deus nos deixou todas as instruções necessárias para termos uma vida psíquica saudável. Deixou-nos suas orientações a fim de preservar nossa saúde. O que temos feito com Suas mensagens?

Deus nos ajude a avançarmos cada dia na jornada cristã, atendendo aos seus conselhos e vivendo uma vida de fidelidade a Ele!

Related Posts with Thumbnails

Um comentário

  1. gilma soto da silva menegusso

    Os assuntos sobre saúde são de grande interesse, pois ajuda no viver diario, uma vida mais saudavel, obrigada.

Scroll To Top