Corrente de Oração + 777

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

“Numa ocasião em que parecia que nenhum poder poderia salvá-los, Ester e as mulheres associadas a ela, por meio de jejum, oração e ação imediata, enfrentaram a questão, trazendo salvação a seu povo.” E Recebereis Poder, p. 272. Da mesma forma que no tempo de Ester, hoje vivemos uma época em que a maldade e as consequências do pecado têm tomado conta deste mundo. Muitas pessoas não vêem solução, e muitos não sabem em quem buscar salvação. Precisamos de Reavivamento e Reforma!! Precisamos de uma vida de oração!

Eu convido você a se unir a nós, 7 dias na semana, às 7h da manhã e/ou às 7h da noite (Projeto 777 da Conferência Geral da IASD), em oração por Reavivamento e Reforma.

Compartilhe com sua igreja esse projeto (ao final dessa página há um cartaz que você pode utilizar para a divulgação).

Seguem abaixo os propósitos sugestivos de oração para cada dia:

  • Domingo: Orar pelo Batismo do Espírito Santo e por Reavivamento e Reforma;
  • Segunda: Orar por nossos líderes (pastores e demais líderes das Igrejas locais) e por Reavivamento e Reforma;
  • Terça: Orar pelas pessoas que administram Blogs e Sites Adventistas e por Reavivamento e Reforma;
  • Quarta: Orar pelos amigos de outras denominações que visitam Blogs e Sites Adventistas e por Reavivamento e Reforma;
  • Quinta: Orar pelas ações evangelísticas da Igreja (Missão Calebe, Duplas Missionárias, Evangelismo pela internet, etc.) e por Reavivamento e Reforma;
  • Sexta: Orar pelas mulheres de nossa Igreja e por Reavivamento e Reforma;
  • Sábado: Orar pelo Batismo do Espírito Santo e por Reavivamento e Reforma;

Estamos, também, unindo nossa corrente à corrente já realizada no mundo inteiro cujo propósito é orar por Reavivamento e Reforma. (Conheça mais sobre essa corrente de oração clicando aqui)

“Importa que haja muito mais oração, muito mais esforço fervoroso entre os crentes professos.” Evangelismo, p. 363

Uma corrente de crentes ardentes e que oram deve circundar o mundo… a orar pelo Espírito Santo.” Review and Herald, 3 de janeiro de 1907.

777