Mulher moderna também costura

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Olá amiga! Você costuma ter dificuldade em encontrar, nas lojas, uma roupa que fique bem em você e atenda ao princípio da modéstia cristã? Eu tenho essa dificuldade 365 dias por ano. Talvez a tarefa mais difícil para mim seja comprar uma roupa que eu vista e pense: “posso agradar a Deus assim”.

Foi por ter tanta dificuldade que eu resolvi aprender a costurar. Em meio a uma agenda lotada de tarefas e compromissos, separei duas horas e meia da minha semana para fazer aula de costura. (Confesso que tive receio de não me sair muito bem nesta arte). Tenho duas avós costureiras, e na infância minha mãe costurava roupas para mim também. Arrisquei em me matricular contando que alguma habilidade poderia ter sido passada de forma hereditária, e que o que estivesse em déficit O Senhor me ajudaria.

Alguns textos dos escritos de Ellen White já haviam me dispertado o interesse de aprender a costurar. Um deles é este aqui:

“Uma mulher que tenha sido ensinada a cuidar de si mesma está também capacitada a cuidar de outros. Jamais será ela um traste na família ou na sociedade. Quando a sorte mudar, haverá para ela um lugar onde ela possa ganhar a vida honestamente e assistir os que dela dependem. A mulher deve ser instruída em alguns misteres que lhe permitam ganhar a subsistência se necessário. Sobrelevando outras honrosas ocupações, toda jovem devia aprender atividades domésticas, seja cozinhar, arrumar ou costurar. Deve ela conhecer tudo quanto seja mister para uma dona-de-casa, seja sua família rica ou pobre. Então, se sobrevier a adversidade, ela está preparada para qualquer emergência; ela é, de certo modo, senhora das circunstâncias. Health Reformer, dezembro de 1887.” O Lar Adventista, p.91.

Quando li este texto pela primeira vez, descobri que este antigo ofício, tão antigo quanto o pecado é neste mundo (Adão e Eva tiveram que fazer suas roupas quando descobriram que estavam nus – Gênesis 3:7), é um ofício para a mulher moderna também. Ao contrário do que alguns pensam – que costurar é coisa de avó – costurar a própria roupa é uma habilidade que nos proporciona liberdade enquanto mulheres e filhas de Deus para vestirmos aquilo que queremos e sabemos que honra a Deus. Tem coisa melhor do que não depender de costureira, ou não precisar andar por centenas de lojas para poder adquirir uma roupa que possa ser usada por uma serva do Senhor? Sem contar que é muito relaxante (pelo menos para mim) costurar.

Eu sei que para muita gente, moderno é trabalhar fora de casa, ter o próprio dinheiro e com ele pagar por roupas prontas ou costureiras. Eu tenho aprendido com Deus que moderno mesmo é desenvolver diferentes habilidades e com elas depender menos do mercado. Moderno, para mim, hoje, é ser cada vez mais independente do mundo e mais dependente de Deus!!

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.