A Bíblia e o intelecto

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Toda palavra de Deus é pura; Ele é escudo para os que nEle confiam. Nada acrescentes às Suas palavras, para que não te repreenda, e sejas achado mentiroso. Provérbios 30:5, 6

A responsabilidade agora é convencer as pessoas sobre a verdade. Isto pode ser feito melhor por esforços pessoais, pelo introduzir a verdade em seus lares, orando com eles e abrindo-lhes as Escrituras.

Os que fazem esse trabalho devem ser tão cuidadosos para não se tornarem estereotipados em seu plano de trabalho quanto o ministro que trabalha no escritório. Devem estar constantemente aprendendo. Devem ter um zelo consciencioso para obter as mais elevadas qualificações, tornando-se ágeis nas Escrituras. […] Devem cultivar o hábito do estudo cuidadoso e da atividade mental, dedicando-se à oração e ao diligente estudo das Escrituras. Muitos são culpados de falhar nesse ponto. Os apelos de Deus a eles não são poucos, mas se contentam com a limitada compreensão que possuem das Escrituras, e não buscam melhorar a mente nem a conduta.

Todo argumento em história profética, toda lição prática dada por Cristo, devem ser cuidadosamente estudados para que jamais sejam encontrados em falta. A mente ganha força, amplitude e intensidade por meio da atividade. Ela deve ser colocada para trabalhar, caso contrário se enfraquecerá. Deve ser treinada a pensar, pensar habitualmente ou, em grande medida, perderá a capacidade de pensar. Deixe a mente lutar com os problemas difíceis da Palavra de Deus, e o intelecto será inteiramente despertado para expressar, não discursos inferiores, mas discursos fortes e edificantes, e estes serão apresentados no fervor de uma mente ativa.

Os servos de Cristo devem satisfazer o mais elevado padrão. São educadores e devem ser completamente hábeis nas Escrituras. […] O estudo da Bíblia esforça a mente do obreiro, fortalece a memória, e estimula o intelecto mais que o estudo de todas as matérias que a filosofia abrange. A Bíblia contém a única verdade que purifica a alma e é o melhor livro para a cultura intelectual. A nobre simplicidade com a qual ela lida com doutrinas importantes é exatamente o que cada jovem e cada servo de Cristo precisa para ensiná-lo a apresentar os mistérios da salvação aos que estão em trevas (RH, 8/12/1885).

Fonte: Ellen White, Meditação Matinal Jesus Meu Modelo, 13/04/2009

2 Comentários


  1. “Valores de Intelectos”
    Precisamos aprender de Cristo “…se é que de fato temos dEle ouvido e nEle estamos sendo instruídos, segundo a verdade que há nEle”; “e vos revistais do novo homem (mulher) criados segundo a vontade de Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade” Efe.4:20,21 e 24 (u.p).
    Paulo ainda nos adverte através do Espírito Santo, assim como o fez com seu amado filho Timóteo: “Procura apresentar-te a Deus APROVADO, como um obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneje bem a Palavra da Verdade” II.Tim.2:15.
    Para mim, respeitando às opiniões decorrentes de fé de cada um, valores de intelectos junto ao cristão, é o que apresenta estes textos acima referenciados. São valores da verdade embutidas em nossos corações e mentes. Como transportadores do estandarte da verdade, cujas as mesmas Satanás procura lançar por terra, urge a necessidade de ensiná-las e defendê-la, pois sãos estes atributos de caráter da mesma (verdade) que Deus deseja que tenhamos neste mundo em que eles (valor e intelecto) estão fora de moda e distorcidos.
    Como falar de amor a seres tão egoístas, corruptos, interesseiros; de alegria e paz, num contexto de sofrimentos e guerras; de paciência, num mundo intolerante; de amabilidade, bondade e mansidão, onde há tanta maldade, violência e ira; de fidelidade, para quem aceita a traição como normal e de domínio próprio quando somos incentivados a liberar nossas emoções, sejam quais forem?
    Diante destas quase impossibilidades humanamente falando, ainda nos encontramos diante de valores de intelectos a serem vividos e, estes valores são identificados em Gal.5:22.
    Isso mesmo. Estes valores são identificados de Frutos do Espírito Santo. Este é o segredo. Eles só são desenvolvidos pelo Espírito Santo de Deus quando ele está presente, atuando na vida do verdadeiro cristão convertido, transformando sua vida. A nova criatura (homem e mulher) vai sendo trocado seus valores do mundo por aquelas virtudes/valores que tem valor no Reino de Deus.
    Precisamos compreender que isso não é uma mudança imediata, radical, vai resultar do estudo e comunhão com a Palavra de Deus, permitindo que esta, pela atuação do Espírito Santo, o convença do pecado, da justiça e do juízo (João 16:8); do desejo de obedecer a Deus por amor a Ele e não visando o objetivo de obter algo convenientemente a si próprio.
    Assim, o filho e filha de Deus, deixam de praticar aquilo que antes eram valores do mundo, não propício ao intelecto cristão, que antes eles achavam ser “normal e aceitável” – valores carnais – para viverem agora como novas criaturas, no que realmente tem valor para Deus, só encontrado em sua Palavra.
    Agradando a Deus, dedicando a vida à Ele, crendo no sacrifício de Jesus e obedecendo seus mandamentos, é que nos habilitaremos a recebermos os valores de intelectos produzidos pelo Espírito Santo, os quais transformarão nossas vidas, crescendo nestes valores, levando-nos a praticar os valores intelectuais que importam ao Reino de Deus e, assim, fazermos a diferença neste mundo.
    Que tal começarmos a fazer hoje?
    “Os frutos do Espírito Santo estão para boas intenções, como uma maçã de verdade para uma de cera”
    Que Deus nos abençoe e venhamos alcançar o verdadeiro valor de intelectos em Cristo, nosso maior modelo e exemplo. Amém!


  2. “Valores de Intelectos”
    Precisamos aprender de Cristo “…se é que de fato temos dEle ouvido e nEle estamos sendo instruídos, segundo a verdade que há nEle”; “e vos revistais do novo homem (mulher) criados segundo a vontade de Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade” Efe.4:20,21 e 24 (u.p).
    Paulo ainda nos adverte através do Espírito Santo, assim como o fez com seu amado filho Timóteo: “Procura apresentar-te a Deus APROVADO, como um obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneje bem a Palavra da Verdade” II.Tim.2:15.
    Para mim, respeitando às opiniões decorrentes de fé de cada um, valores de intelectos junto ao cristão, é o que apresenta estes textos acima referenciados. São valores da verdade embutidas em nossos corações e mentes. Como transportadores do estandarte da verdade, cujas as mesmas Satanás procura lançar por terra, urge a necessidade de ensiná-las e defendê-la, pois sãos estes atributos de caráter da mesma (verdade) que Deus deseja que tenhamos neste mundo em que eles (valor e intelecto) estão fora de moda e distorcidos.
    Como falar de amor a seres tão egoístas, corruptos, interesseiros; de alegria e paz, num contexto de sofrimentos e guerras; de paciência, num mundo intolerante; de amabilidade, bondade e mansidão, onde há tanta maldade, violência e ira; de fidelidade, para quem aceita a traição como normal e de domínio próprio quando somos incentivados a liberar nossas emoções, sejam quais forem?
    Diante destas quase impossibilidades humanamente falando, ainda nos encontramos diante de valores de intelectos a serem vividos e, estes valores são identificados em Gal.5:22.
    Isso mesmo. Estes valores são identificados de Frutos do Espírito Santo. Este é o segredo. Eles só são desenvolvidos pelo Espírito Santo de Deus quando ele está presente, atuando na vida do verdadeiro cristão convertido, transformando sua vida. A nova criatura (homem e mulher) vai sendo trocado seus valores do mundo por aquelas virtudes/valores que tem valor no Reino de Deus.
    Precisamos compreender que isso não é uma mudança imediata, radical, vai resultar do estudo e comunhão com a Palavra de Deus, permitindo que esta, pela atuação do Espírito Santo, o convença do pecado, da justiça e do juízo (João 16:8); do desejo de obedecer a Deus por amor a Ele e não visando o objetivo de obter algo convenientemente a si próprio.
    Assim, o filho e filha de Deus, deixam de praticar aquilo que antes eram valores do mundo, não propício ao intelecto cristão, que antes eles achavam ser “normal e aceitável” – valores carnais – para viverem agora como novas criaturas, no que realmente tem valor para Deus, só encontrado em sua Palavra.
    Agradando a Deus, dedicando a vida à Ele, crendo no sacrifício de Jesus e obedecendo seus mandamentos, é que nos habilitaremos a recebermos os valores de intelectos produzidos pelo Espírito Santo, os quais transformarão nossas vidas, crescendo nestes valores, levando-nos a praticar os valores intelectuais que importam ao Reino de Deus e, assim, fazermos a diferença neste mundo.
    Que tal começarmos a fazer hoje?
    “Os frutos do Espírito Santo estão para boas intenções, como uma maçã de verdade para uma de cera”
    Que Deus nos abençoe e venhamos alcançar o verdadeiro valor de intelectos em Cristo, nosso maior modelo e exemplo. Amém!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.