Praticando a verdade

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Guardo no coração as Tuas palavras, para não pecar contra Ti. Salmo 119:11

Estudemos a Palavra que Deus em Sua sabedoria, amor e bondade tornou clara e simples. O sexto capítulo do Evangelho de João diz-nos o que significa o estudo da Palavra. Os princípios revelados nas Escrituras devem ser esclarecidos para a pessoa. Devemos comer a Palavra de Deus; isto é, não devemos desviar-nos de seus preceitos. Devemos introduzir suas verdades em nossa vida diária, apossando-nos dos mistérios da piedade.

Orem a Deus. Comunguem com Ele. Provem a própria mente de Deus, como aqueles que estão esforçando-se por obter a vida eterna, e que devem ter o conhecimento de Sua vontade. Vocês podem revelar a verdade apenas como a conhecem em Cristo. Devem receber e assimilar Suas palavras; elas devem tornar-se parte de vocês mesmos. Isto é o que significa comer a carne e beber o sangue do Filho de Deus. Devem viver de toda palavra que sai da boca de Deus; a saber, o que Deus revelou. Nem tudo foi revelado; não poderíamos suportar tal revelação. Deus, porém, revelou tudo o que é necessário para nossa salvação. Não devemos deixar Sua Palavra pelas suposições dos homens.

Obtenham um conhecimento experimental de Deus usando o jugo de Cristo. Ele dá sabedoria aos mansos e humildes, habilitando-os a ajuizar do que é a verdade, trazendo à luz o porquê e para quê, indicando o resultado de certas ações. O Espírito Santo ensina o estudante das Escrituras a julgar todas as coisas pelo padrão de justiça, verdade e retidão. A revelação divina o supre do conhecimento de que ele necessita. […]

Tornem a Bíblia seu conselheiro. Sua familiaridade com ela aumentará rapidamente se mantiverem a mente livre do lixo do mundo. Quanto mais a Bíblia for estudada, tanto mais profundo será seu conhecimento de Deus. As verdades de Sua Palavra lhes serão escritas na mente, causando uma indelével impressão.

Não só o próprio estudante será beneficiado pelo estudo da Palavra de Deus. Seu estudo é vida e salvação para todos com quem ele se associa. Sentirá ele uma sagrada responsabilidade de comunicar o conhecimento que recebe. Sua vida revelará o auxílio e a força que ele recebe da comunhão com a Palavra. […] De tais pessoas pode o Senhor Jesus dizer realmente: “São cooperadores de Deus” (CS, p. 370-372).

Fonte: Ellen White, Meditação Matinal Jesus Meu Modelo, 08/04/2009

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.