Graça – antídoto e preventivo

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Hoje pela manhã, em meu momento devocional me deparei com o seguinte texto do Espírito de Profecia:

A graça de Cristo é o único antídoto ou preventivo contra o mal.” Orientação da Criança, p. 188.

Pare um pouquinho e pense: O que essa frase significa para você?

Estamos acostumados a lidar com a graça de Jesus como antídoto. Recorremos a ela como se fosse um remédio para o mal. O pecado que eu já cometi pode ser perdoado pela graça de Cristo. Nesse sentido a graça tem uma função “pós-mal”, uma função remediadora. Isso é lindo. Somente porque a graça de Cristo me limpa dos pecados passados é que temos oportunidade de salvação.

Mas, de acordo com o texto citado, a graça também atua como preventivo. Mulheres costumam ser prevenidas em diversos aspectos, não é verdade? Para passar 1 dia fora, arrumamos uma mala imensa – roupas e calçados para frio, chuva e sol, lanche, cosméticos, etc. Afinal de contas, não sabemos se irá chover ou não, se precisaremos de protetor solar ou sombrinha, “vai que acontece alguma coisa”, e por aí vão nossas previsões que nos fazem prevenir de algumas situações. Se for mãe, a prevenção dobra – remédios, fraldas extras, roupas extras, etc.

Eu costumo carregar uma sombrinha em minha bolsa sempre. Não importa se está um lindo dia de sol, a sombrinha está na bolsa. Penso na graça como sendo algo parecido com minha sombrinha, claro que em uma analogia. A mesma graça que me salva e perdoa os pecados passados, purifica-me e me proteje do mal futuro. Eu não sei que tentações virão ao meu encontro ao longo do dia, como não sei se choverá ou não, mas a graça me previne dando-me condições de enfrentar essas tentações para que eu não caia.

Há um texto bíblico que gosto muito, e já citei aqui em outros posts. Ele diz assim: “Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória, Ao único Deus sábio, Salvador nosso, seja glória e majestade, domínio e poder, agora, e para todo o sempre. Amém.” Judas 1:24-25

Esse texto diz que Jesus, nosso Salvador, é poderoso para nos guardar de tropeçar. Sua graça sobre nós evita que tropecemos. Sua graça dá poder para vencer o pecado. O sangue derramado na cruz tem poder ilimitado contra o mal. Para todo aquele que deseja viver uma vida santa, reta e íntegra há poder no sangue de Jesus. Há poder na graça de Cristo para nos prevenir de todo e qualquer mal.

No Hinário Adventista há um hino chamado “Seu sangue tem poder” (nº 206). É possível que você já tenha cantado e ouvido esse hino várias vezes. Ele fala exatamente do poder que encontramos na graça de Cristo, em Seu sacrifício, para antídoto e preventivo contra o mal. Medite na letra desse hino e viva na graça de nosso amado Senhor.

De teu pecado te queres livrar?
O sangue de Jesus dá o poder.
É teu querer do maligno escapar?
Terás no Seu sangue o poder.

CORO:
Há poder, sim, força sem igual
Só no sangue de Jesus.
Há poder, sim, vem, ó pecador,
E aceita o dom de Jesus.

Não queres tu a vaidade afastar?
O sangue de Jesus dá o poder.
Queres as tuas paixões dominar?
Terás no Seu sangue o poder.

Teu coração queres purificar?
O sangue de Jesus dá o poder.
Todas as manchas te pode tirar;
Seu sangue tem este poder.

Queres entrar no serviço real?
O sangue de Jesus dá o poder.
Queres também ser um servo leal?
Seu sangue tem este poder.

7 Comentários


  1. Gosto muito de uma musica do Douglas e da Mercelle que fala sobre a graça.

    Tua graça é maior,
    Maior que o pecado que há em mim.
    Hoje livre sou em Ti
    Teu amor me alcançou
    Não importa o que o mundo disser
    Eu viverei por Ti

    A graça de Deus é tão grande q é por isso q ainda estamos vivos, ela nos envolve e evita sofrimentos em nossa vida… mas muitas vezes por nossa negligencia deixamos de receber essa graça,esse remedio q não só previne mas cura nossas enfermidades.

    Fui salvo, pela Graça
    Sou salvo, pela Graça
    Maravilhosa Graça de Jesus
    Tua Graça me basta….(Rafaela PInho)


  2. Obrigada por essa mensagem postada.
    Acabei de perder minha mãe. Ela faleceu nesta segunda feira 13 de fevereiro as 6 horas da manha de enfarto fulminante.
    Estou arrazada e muito triste.
    Mas creio que a Graça de Deus irá me confortar com o tempo. As mães não deveriam morrer nunca…
    Regina


  3. “A GRAÇA RESTAURADORA DE JESUS É ILIMITADA, ATINGE A TODOS AQUELES QUE PERMITEM SUA AÇÃO”
    E dou “graças” ao que me tem confortado, a Cristo Jesus, Senhor nosso, porque me teve por fiel, pondo-me no ,ministério;
    A mim, que, dantes, fui blasfemo, e perseguidor, e opressor; mas alcancei misericórdia (graça)…
    E a “graça” de nosso Senhor superabundou com a fé e o amor que há em Jesus Cristo …
    …que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal…
    …Mas, para isso, alcancei misericórdia (graça), para que em mim, que sou o principal (pecador), Jesus Cristo mostrasse toda a sua longanimidade (graça), para exemplo dos que haviam de crer nEle para a vida eterna. I.Timóteo 1: 12 a16.
    Relatos históricos de um certo pastor, dão conta de um episódio, quando da oportunidade de uma pregação em sua congregação, surgiria ali um ex-participante do bando do também ex-famoso Lampião. Aquele pastor esperava que após o culto pudesse ter a oportunidade de conhecê-lo, sendo esta possibilidade possível após aquela noite, na manhã do dia seguinte, quando o encontra na rua e identificado por um irmão que o acompanhava. Após cumprimentá-lo e agradecê-lo pelo convite para aceitar em ir assistir o culto, este lhe faz a seguinte pergunta: “Irmão, fale-me da experiências daqueles dias vividos no cangaço”
    Aquele ex-cangaceiro, acocora-se no meio fio, escondendo seu rosto entre suas mãos exclama: “Pastor, me perdoe, mas jamais faça esta pergunta novamente. Foram dias de horrores que só de me lembrar sinto-me mal diante de meu Salvador, e, para quem ouvir as histórias serão dias em que esta pessoa terá um impacto negativo em sua vida”
    Na passagem acima citada – I.Tim. 1: 12 a 16, especificamente no verso 16, o apóstolo Paulo relaciona o que ele fora antes de ter encontrado o seu Salvador Jesus. Principalmente estas três peculiaridades: Blasfemo, perseguidor e opressor.
    Felizmente, se assim podemos dizer, mas, todos aqueles que tiveram a oportunidade de nascerem em lares cristãos, dificilmente teem uma visão de si mesmo, como Paulo e aquele cangaceiro tiveram e, em função disso, podem ter até mesmo uma menor noção da “graça divina” e da necessidade que terão dela. Dentre os encontro de Jesus com algumas pessoas relatadas nos evangelhos, durante sua vida terrestre, identificamos a do jovem rico que se afasta tristemente da fonte da “graça”. Em um outro encontro vemos uma mulher samaritana retirando explodindo de regozijo por ter encontrado a fonte da “graça”; O jovem rico via-se como um santo, mas, a samaritana, identificou-se como uma pecadora.
    Cometemos às vezes erros de medirmos homens e mulheres pelo que fazem e não pelo que são e, ai é onde manifesta-se o perigo, e porquê? Porquê todos nascemos pecadores e destituídos da glória (graça) de Deus. Conflitados com Deus porquê (homens e mulheres) nascemos em pecados e, assim, carentes da graça restauradora e redimidora de Jesus , pois, nestas condições, somos todos iguais perante nosso Pai Celestial.
    Portanto, todos (homens e mulheres) quanto mais profunda for a visão que tivermos desta nossa condição, tanto mais será a manifestação da gloriosa “graça” de Deus, nos méritos salvíficos de seu filho Jesus, restaurando em cada um de nós (homens e mulheres) a vida para a qual Deus nos criou.
    Que Deus nos abençoe! Amém!!!


  4. corrigindo: o versículo é 13 (blasfemo, perseguidor e opressor)
    Desculpem-me!!!


  5. boa tarde!muito obrigada pela mensagem tão restauradora.estamos no tempo do fim,é hora de pedirmos o reavivamento tão profetizado.nos é por demais vezes custoso conseguir guardar os 10 mandamentos por vontade ou forças propias,alem de termos de cuidar da boa aparencia,bom testemunho,desempenho profissional e muitas outras coisas.e então eu me pergunto porque algumas veses nos apegamos a detalhes que nem doutrinário são?na porta do céu não haverá ninguem a verificar a cor de suas roupas ,corte de cabelo ,etc.vamos nos preocupar com o que salva,a graça!e façamos a nossa parte que já não é tão pouco.


  6. http://www.youtube.com/watch?v=9whJZPlWLx8&feature=channel

    Graça a todos e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus, o Cristo. Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda consolação, que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus.
    “Cristo veio a este mundo para mostrar que, mediante o recebimento de poder do alto, o homem pode levar vida imaculada. Com incansável paciência e assistência compassiva, ia ao encontro dos homens nas suas necessidades. Pelo suave contato da graça, bania da alma o desassossego e a dúvida, transformando a inimizade em amor e a incredulidade em confiança.
    Podia dizer a quem Lhe aprouvesse: “Segue-Me”, e aquele a quem Se dirigia levantava-se e O seguia. Quebrava-se o encanto da fascinação do mundo. Ao som de Sua voz, fugia do coração o espírito de avidez e ambição, e os homens levantavam-se, libertos, para seguir o Salvador.” (A Ciência do Bom Viver-Pág.25.)
    “Conquanto haja violentas lutas no esforço de mantermos nosso caráter distintivo, contudo, como cristãos bíblicos, devemos estar sempre ganhando terreno. Lembremo-nos de que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria; devemos trabalhar com fervor, orando para que a graça salvadora de Deus nos instrua em cada passo. Sempre devemos procurar certificar-nos da vontade do Senhor, e andar em harmonia com ela. Prossigamos em conhecer o Senhor, ao qual conhecer corretamente significa vida eterna” (A Igreja Remanescente-Pág.63.)
    “. É privilégio de todos os que cumprem as condições, saber por si mesmos que o perdão é oferecido amplamente para todo pecado. Abandonai a suspeita de que as promessas de Deus não se referem a vós. Elas são para todo transgressor arrependido. Força e graça foram providas por meio de Cristo, sendo levadas pelos anjos ministradores a toda alma crente. Ninguém é tão pecaminoso que não possa encontrar força, pureza e justiça em Jesus, que por ele morreu. Cristo está desejoso de tirar-lhes as vestes manchadas e poluídas pelo pecado, e vestir-lhes os trajes brancos da justiça; Ele lhes ordena viver, e não morrer.
    Deus não trata conosco da mesma maneira em que homens finitos tratam uns com os outros. Seus pensamentos são pensamentos de misericórdia, amor e terna compaixão.” (A Verdade Sobre os Anjos-Pág.52-53.)
    “Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno, os seus pensamentos e se converta ao Senhor, que Se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar.” (Isa. 55:7.)
    “Desfaço as tuas transgressões como a névoa, e os teus pecados, como a nuvem.” (Isa. 44:22.)
    “Porquanto o Senhor Deus é sol e escudo; o Senhor dará graça e glória; não negará bem algum aos que andam na retidão.” (SALMOS-84:11.)
    “E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda boa obra.” (II CORINTIOS-9:8.)

    Shalom…


  7. Creio que a graça de Cristo é comparada com aquele menino com o seu barquinho na praia que a onda o levou para bem longe; Dias depois, o menino ao passar numa feira onde se vendiam de tudo, viu o seu barquinho sendo vendido numa banca de artesanato, o qual tentou argumentar dizendo que o barquinho fora ele quem criara e que dono daquela banca o desse para ele de volta; o dono sorrindo disse: esse barquinho agora me pertence, se vc o quer de volta, terá que comprá-lo. O menino saiu triste dali e durante a semana trabalhou arduamente para conseguir dinheiro para comprar de volta o seu barquinho. No domingo seguinte lá estava o menino para comprar de volta aquilo que um dia era seu (barquinho). O menino comprou o barquinho e agora feliz da vida ele diz: gosto deste barquinho duas vezes mais, porque ele era meu e por algum deslize ele escapou de minhas mãos e então eu o comprei e agora é meu novamente. Foi assim que a graça de Cristo nos alcançou, primeiro, Ele nos fez, mas com a entrada do pecado no mundo,nós escapamos de suas mãos, então com o seu precioso sangue, Ele nos comprou para sermos filhos “Eternos do nosso Rei” Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.