Por que Cristo ainda não veio?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

“Nosso Salvador não apareceu tão depressa como esperávamos. Falhou, porém, a palavra do Senhor?” (Ellen G. White)

O movimento adventista surgiu com a expectativa da iminente vinda de Cristo e, mesmo depois do desapontamento de 1844, seus pioneiros continuaram aguardando esse evento. Partilhando fervorosamente dessa esperança[1] foi que, em 1851, Ellen G. White escreveu: “Vi que o tempo para Jesus permanecer no lugar santíssimo estava quase terminado e esse tempo podia durar apenas um pouquinho mais; que o tempo disponível que temos deve ser gasto em examinar a Bíblia, que nos julgará no último dia.”[2]
Entretanto, não tendo vindo Jesus, passadas três décadas, ela foi acusada de ter feito uma declaração falsa. Em resposta, ela argumentou que essa acusação também poderia ter sido feita a Cristo e aos apóstolos, que também chamaram a atenção para a urgência do tempo: “… o tempo é curto” (1Co 7:29). “Vai alta a noite e vem chegando o dia” (Rm 13:12).[3]
Obviamente, eles não estavam enganados. “Os anjos de Deus em suas mensagens aos homens, apresentam o tempo como muito breve. Assim ele me tem sido sempre apresentado. É verdade que o tempo tem prosseguido mais do que esperávamos nos primeiros tempos desta mensagem. Nosso Salvador não apareceu tão depressa como esperávamos. Falhou, porém, a palavra do Senhor? Nunca! Devemos lembrar que as promessas e ameaças de Deus são igualmente condicionais.”[4] A demora da segunda vinda acontece porque os filhos de Deus têm falhado em cumprir essas condições.[5]
Missão inconclusa
O Senhor deu a Seu povo uma missão a ser cumprida, antes de Sua vinda, ou seja, proclamar as mensagens dos três anjos (Ap 14), pregando o evangelho eterno, chamando a atenção do mundo para o santuário celestial e o ministério intercessor de Cristo e restaurando a observância do verdadeiro dia de repouso. “Houvessem os adventistas, depois da grande decepção de 1844, ficado firmes na fé, e seguido avante em união no caminho aberto pela providência de Deus, recebendo a mensagem do terceiro anjo e proclamando-a ao mundo… ,a obra se haveria completado, e Cristo teria vindo antes para receber Seu povo para lhe dar o galardão.”[6] Em vez disso, muitos crentes vacilaram na fé e se tornaram oponentes da verdade. Mas, “não era a vontade de Deus que a vinda de Cristo fosse assim retardada”.[7]
Ellen White comparou a demora da vinda de Jesus com a postergação da entrada dos israelitas em Canaã. Não era plano de Deus que vagueassem 40 anos no deserto; porém, por causa da falta de fé, retardaram a entrada na terra prometida (Hb 3:19). “Por quarenta anos a incredulidade, murmurações e rebelião excluíram o antigo Israel da terra de Canaã. Os mesmos pecados têm retardado a entrada do moderno Israel na Canaã celeste. Em nenhum dos casos as promessas de Deus estiveram em falta. É a incredulidade, o mundanismo, a falta de consagração e a contenda entre o professo povo do Senhor que nos têm conservado neste mundo de pecado e dor por tantos anos.”[8]
Para os israelitas, Deus era culpado pela longa peregrinação. Semelhantemente, os cristãos laodiceanos correm o perigo de lançar a culpa em Deus pela demora da segunda vinda. “Talvez tenhamos de permanecer muitos anos mais neste mundo por causa de insubordinação, como aconteceu com os filhos de Israel; mas por amor de Cristo, Seu povo não deve acrescentar pecado a pecado, responsabilizando Deus pela consequência de seu procedimento errado.”[9]
Espera misericordiosa
Por outro lado, não é por indiferença ou esquecimento que o Senhor ainda não veio. É por misericórdia que Ele retarda Sua vinda (2Pe 3:9). “A longa noite de tristeza é árdua, mas a manhã é adiada em misericórdia, porque se o Mestre viesse, muitos seriam achados desprevenidos. A recusa de Deus em permitir que Seu povo pereça tem sido a razão de tão longa demora.”[10] E mais: “Cristo aguarda com fremente desejo a manifestação de Si mesmo em Sua igreja. Quando o caráter de Cristo se reproduzir perfeitamente em Seu povo, então Ele virá para reclamá-lo como Seu.”[11] Em suma, ainda não estamos preparados para ir ao Céu com Jesus.
Esse preparo inclui algo mais que o desenvolvimento de um caráter semelhante ao de Cristo. Envolve ajuda para que outros também se preparem. Desenvolvimento do caráter cristão e pregação do evangelho andam de mãos dadas; são dois aspectos de uma realidade. “O objetivo da vida cristã é a frutificação – a reprodução do caráter de Cristo no crente, para que Se possa reproduzir em outros.”[12]
Assim como Deus tem misericórdia de Seu povo, também é compassivo para com os descrentes. “Jesus retarda a Sua vinda, para que pecadores possam ter oportunidade de ouvir a advertência, e encontrar nEle refúgio antes que a ira de Deus seja derramada.”[13] E a nós foi confiada a tarefa de advertir o mundo. “Dando o evangelho ao mundo, está em nosso poder apressar a volta de nosso Senhor. Não nos cabe apenas aguardar, mas apressar o dia de Deus. Houvesse a igreja de Cristo feito a obra que lhe era designada, como Ele ordenou, o mundo inteiro haveria sido antes advertido, e o Senhor Jesus teria vindo à Terra em poder e grande glória.”[14]
A espera pode nos parecer muito longa e difícil de ser suportada. Porém, “quando, com os remidos, estivermos em pé sobre o mar de vidro, com harpas de ouro e coroas de glória, tendo à nossa frente a imensurável eternidade, então veremos como foi curto o período de provação e espera”.[15]
Ele vem
A verdade é que, independentemente de quanto tempo tenhamos que esperar, é certo que Jesus virá, pois Ele mesmo prometeu (Jo 14:3; Ap 22:20). Por isso, Ellen G. White manteve sempre viva a esperança no indubitável regresso de Jesus à Terra. Jamais perdeu a confiança nem ficou impaciente; não dependia de data específica. Ela estava certa de que o Senhor não falha (Hb 10:37). Em uma carta, escrita em 1888, ela disse: “Ainda que desiludida, nossa fé não tem vacilado nem temos nos voltado à perdição. A demora é aparente porque, no tempo designado, nosso Senhor virá; e nós, se formos fiéis, exclamaremos: ‘Eis que Este é o nosso Deus, em quem esperávamos, e Ele nos salvará’”.[16]
O mais importante não é saber as razões pelas quais Cristo ainda não veio, mas estar preparados para recebê-Lo. Nosso maior perigo não é deixar de crer na vinda de Jesus, mas pensar: “Meu senhor demora-se” (Mt 24:48). Essa é uma atitude que nos leva ao egoísmo e ao mundanismo, fazendo-nos adiar nosso preparo e mantendo-nos adormecidos numa falsa segurança, indiferentes aos interesses eternos.
“Todo o que pretende ser um servo de Deus é convidado a realizar Seu serviço como se cada dia fosse o último.”[17] “Bem-aventurado aquele servo a quem seu senhor, quando vier, achar fazendo assim” (Mt 24:46).

Referências:
1 Ellen G. White, Eventos Finais, p. 36, 37.
2 __________, Primeiros Escritos, p. 58.
3 __________, Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 67.
4 Ibid.
5 Ellen G. White, Maranata: O Senhor Vem! (MM, 1977), p. 53.
6 __________, Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 68.
7 Ibid.
8 Ibid., p. 69.
9 Ellen G. White, Evangelismo, p. 696.
10 Ibid., p. 694.
11 Ellen G. White, Parábolas de Jesus, p. 69.
12 Ibid., p. 67.
13 Ellen G. White, O Grande Conflito, p. 458.
14 _________, O Desejado de Todas as Nações, p. 633, 634.
15 __________, Eventos Finais, p. 42.
16 __________, Manuscript Releases, v. 10, p. 270.
17 __________, Maranata: O Senhor Vem!, p. 106.

Fonte: Texto escrito pelo pastor Carlos A. Steger, e publicado na Revista Ministério

Nowadays, many patients become constrained when tight to buy medicines online because they don’t know what is accessible. What factors do people think when they resolve to purchase any drugs? There are divers afflictions such as cancer which have no cure. One of the most famous preparation is Viagra. Viagra is a drug used to treat sundry maladies. What do you already know about can you order viagra online? Our product focuses on the evaluation of erectile disfunction and . Matters, like , refer to sundry types of soundness problems. The symptoms of sexual soundness problems in men include failure to have any hard-on. By the way, erection dysfunctions can be first symptom of serious health problems, such as diabetes. There are risks possible with any type of drug. Discuss the question with your physician to ensure that you can use any kind of drug. The more information you can provide, the better able your sex therapeutist will be to help.

6 Comentários


  1. ?Mas ainda que demore ou mesmo que pareça
    Um dia prometi voltar e pronto estou a cumprir ? (Jader Santos)

    Devemos permanecer firmes na promessa, pois a história já nos mostrou que Jesus cumpre suas promessas!


  2. Jesus nos disse que vinha, isso é certo:

    Nosso Salvador virá outra vez. Antes de partir, Ele mesmo anunciou aos discípulos a promessa de Seu retorno: “Não se turbe o vosso coração. … Na casa de meu Pai há muitas moradas. … Vou preparar-vos lugar. E, quando Eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para Mim mesmo, para que, onde Eu estou, estejais vós também.” João 14:1-3.

    Ele não deixou dúvida quando à maneira de Seu retorno: “Quando vier o Filho do Homem na Sua majestade e todos os anjos com Ele, então, Se assentará no trono da Sua glória; e todas as nações serão reunidas em Sua presença.” Mat. 25:31 e 32.

    Cristo vem, com poder e grande glória nas nuvens do céu. Uma multidão de anjos resplandecentes virá com Ele. Ele virá para ressuscitar os mortos e transformar os santos vivos de glória em glória. Virá para honrar e levar consigo os que O amam e guardam os Seus mandamentos. Não Se esqueceu deles, nem de Sua promessa.

    Esse tempo está próximo. Um pouco mais e então veremos o Rei em Sua formosura. Ainda um pouco e Ele enxugará dos olhos toda lágrima. Mais um pouco, e Ele nos apresentará “com exultação, imaculados diante da Sua glória.” Jud. 24.

    Porém enquqnto ele não vem devemos aguardar trabalhando para que isso aconteça:
    Aguardar Trabalhando

    Enquanto vigiamos aguardando a vinda de Jesus, não devemos ficar na ociosidade. A expectativa do retorno de Cristo leva as pessoas a temerem os juízos sobre as transgressões. Deve despertá-las para o arrependimento de seus pecados que resultam da quebra dos mandamentos de Deus..

    Enquanto vigiamos, aguardando a vinda do Senhor, devemos trabalhar diligentemente. Saber que Ele está às portas, deve levar-nos a trabalhar com mais dedicação pela salvação de nossos semelhantes. Assim como Noé anunciou a mensagem de destruição do mundo antes do dilúvio, todos os que compreendem a Palavra de Deus, devem advertir as pessoas de seu tempo.

    Citações de EGW, A Vida de Jesus, p.173, 177 e 180.


  3. Que o Amor de Cristo nos una para que possamos permanecer firmes e perseverantes…
    Deus jamais desamparou seu povo e muito menos rompeu com Suas Promessas; nós sim, por qualquer intempérie da vida, temos lábios duros e amargos com o Senhor, magoando o Seu coração; e deixando nos levar por toda sorte de ventos…
    Com quase seis mil anos de criação da Terra, achamos que a promessa de Deus, proferida no Éden, tem demorado; mas para Deus, mil anos é como um dia.
    “Mas vós, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia.” (2º-Pedro-3:8.)
    E quando Jesus disse que o tempo estava próximo (e se passaram quase dois mil anos), Ele não mentiu porque Cristo também é Deus, e mil anos para Ele é como o dia de ontem.
    “Porque mil anos aos teus olhos são como o dia de ontem que passou, e como uma vigília da noite.” (Salmos-90:4.)
    O tempo está certo com as Profecias, a irmã Ellen White nos relata que quando a Terra por volta dos seis mil anos, Nosso Salvador Jesus, o Cristo, viria.
    “Chegará o estrondo até à extremidade da Terra, porque o Senhor tem contenda com as nações, entrará em juízo com toda a carne; os ímpios entregará à espada.” Jer. 25:31. Seis mil anos esteve em andamento o grande conflito; o Filho de Deus e Seus mensageiros celestiais estavam em conflito com o poder do maligno, a fim de advertir, esclarecer e salvar os filhos dos homens.” (O Grande Conflito-pág.656.)
    “Deveras o meu povo é insensato, já me não conhece; são filhos obtusos, e não entendidos; são sábios para fazerem o mal, mas não sabem fazer o bem.
    Observei a terra, e eis que era sem forma e vazia; também os céus, e não tinham a sua luz.
    Observei os montes, e eis que estavam tremendo; e todos os outeiros estremeciam.
    Observei e eis que não havia homem algum, e todas as aves do céu tinham fugido. Pois assim diz o Senhor: Toda a terra ficará assolada; de todo, porém, não a consumirei. Por isso lamentará a terra, e os céus em cima se enegrecerão; porquanto assim o disse Eu, assim o propus, e não me arrependi, nem me desviarei disso.” (JEREMIAS-4:22 a 28.)
    “Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que aquele dia, como ladrão, vos surpreenda; porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas; não durmamos, pois, como os demais, antes vigiemos e sejamos sóbrios.”(1-Tessalonicenses-5:4 a 6.)
    “Na última visão que me foi dada em Battle Creek, por ocasião de nossa reunião campal geral, foi-me mostrado nosso perigo como um povo, de nos assemelharmos ao mundo, e não à imagem de Cristo. Achamo-nos agora nas próprias fronteiras do mundo eterno; mas é desígnio do adversário de nossas almas levar-nos a adiar para longe o fim do tempo. Satanás assaltará de todas as maneiras possíveis os que professam ser observadores dos mandamentos de Deus, e estar aguardando a segunda vinda de nosso Salvador nas nuvens do céu, com poder e grande glória. Ele levará o maior número possível a adiarem o dia mau e tornarem-se, no procedimento, semelhantes ao mundo, imitando-lhe os costumes. Senti-me alarmada quando vi que o espírito do mundo controlava o coração e a mente de muitos que fazem alta profissão da verdade. Abrigam o egoísmo e a condescendência consigo mesmos; mas não cultivam a verdadeira piedade e a genuína integridade.” Testemunhos Seletos – Volume 1-PG.503.
    Shalom…


  4. linda mensagem que possamos amar mais a volta de JESUS todos pregadores preguem mais sobre a breve vinda de JESUS quando a quase 16 anos atraz eu entrei na igreja parecia que JESUS estava muito perto pelas pregaçôes fervorasas sobre a volta de JESUS hoje que está tâo perto da volta de JESUS o povo de DEUS parece que está acomodado com o mundo que querendo ficar aqui mais uns bons anos vamos acordar irmãos cade os nossos pregadores que amam a vinda de JESUS por favor pastores preguem mais sobre a breve vinda de JESUS maranata


  5. Cristo ainda não vio porque está dando uma opurtinidade,de Eu Voce se converter-mos dos nossos maus caminhos, assim sucedendo,permancer fiél em em sua direcção,Ele é o meu alvo enquanto não o alcansar não,devo me confortar.
    Assim como a morte não sabemos quando é o nosso dia ,mas temos a certeza de que estou sujeita a Ela,esperando incondicionalmente,ELe virá.
    uma pergunta deixo no ar onde e como ELE vai te encontrar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.