Reavivamento Infantil

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A Igreja Adventista do Sétimo Dia, em todo o mundo, tem abraçado a mensagem de Reavivamento e Reforma e tem sido motivada por seus líderes mundiais a buscar diariamente o batismo do Espírito Santo. Desde 2008, meu esposo e eu iniciamos um estudo mais profundo sobre o tempo em que vivemos, os acontecimentos profetizados para  esse tempo, chegando até ao importante tema do Reavivamento.

Há alguns meses atrás, algo novo sobre esse tema me chamou a atenção. Vi amigos e irmãos se esforçando para compreender o assunto, e ainda confundindo alguns conceitos. Ouvi (e preguei) sermão atrás de sermão falando sobre esse mesmo tema. Acompanhei algumas das publicações feitas sobre esse assunto na internet. Li os livros que abordam o tema. Então, me deparei com a fala de um pai, que se dirigia a mim, preocupado, com dificuldade de explicar algumas coisas sobre reforma de saúde a seu pequeno filho de 2 anos de idade.

Perguntei-me: E nossas crianças? Será que estão entendendo tudo isso que está sendo falado? Será que elas compreendem esse apelo por Reavivamento, pela busca diária do Espírito Santo em nossa vida e, consequentemente, pela realização de uma Reforma?

O chamado ao Reavivamento não é um apelo exclusivo aos corações dos adultos. As crianças são convidadas a experimentar a atuação do Espírito de Deus em suas vidas também! Talvez sejamos tentados a pensar que elas são muito pequenas para compreender um assunto tão denso, que muitos adultos ainda possuem dificuldade de compreender. Grande engano! Elas não só são capazes de compreender, como também necessitam compreender com urgência esse assunto.

O Espírito de Profecia nos adverte: “Não faleis de religião como de uma coisa que as crianças não possam compreender, nem procedais como se não se esperasse delas que aceitassem a Cristo em sua infância.” Evangelismo, p. 580.

Em Joel 2:28 lemos: “E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões.” Está escrito que o Espírito Santo será derramado sobre toda a carne, incluindo as crianças. Da mesma forma que nós, adultos, precisamos nos preparar para recebermos o Espírito Santo, nossas crianças precisam de preparo. Da mesma forma que precisamos orar pedindo o derramamento do Espírito de Deus (pois só receberá quem pedir, e na proporção em que desejar), nossas crianças também precisam orar pelo derramamento do Espírito Santo.

Há uma grande obra a ser feita, em nosso tempo, pelos pequenos. O Espírito de Profecia diz: “Nas cenas finais da história deste mundo, muitas destas crianças e jovens encherão de admiração o povo pelo seu testemunho em favor da verdade, o qual será dado de modo simples, no entanto com espírito e poder. Foi-lhes ensinado o temor do Senhor, e o coração se lhes abrandou por um estudo da Bíblia cuidadoso e acompanhado de oração. No futuro próximo, muitas crianças serão revestidas do Espírito Santo, e farão na proclamação da verdade ao mundo uma obra que, naquela ocasião, não pode bem ser feita pelos membros mais idosos das igrejas.” Conselhos para Professores, Pais e Estudantes, p. 166 e 167.

Precisamos ensinar às crianças sobre a unidade com Cristo, a obra do Espírito Santo e a necessidade de uma vida de oração e estudo da bíblia. Elas precisam receber o Espírito de Deus. A obra que serão capacitadas por Ele a fazer não pode ser feita por nós adultos.

Precisamos envolver nossos pequenos nesse movimento, já!

Nota: Pais e professores que desejam auxílio para iniciar esse trabalho especial com as crianças, visitem www.pequeninaluz.com.

5 Comentários


  1. Olá Karyne,
    Este é um tema bastante importante. E o reavivamento das crianças de pende, e muito de quem cuida delas. Os adultos precisam estar mais envolvidos com o Espírito Santo para poder orientar os pequenos e também dar o exemplo. Se os pais não os orientarem e deixarem à sua própria vontade, com a famigerada TV à disposição, certamente as crianças terão más influências.
    Peço a Deus todos os dias para me dar uma chance de poder ficar mais tempo com o meu pequeno, porque no momento, tendo que trabalhar fora, e ele ficando duas vezes por semana com a tia que só vê a Globo 20 horas por dia é difícil. Que Deus me ajude a colocar na mente do meu filho que não é bom para ele ver esses programas e poder ficar mais tempo com ele.


  2. Ola realmente é um tema delicado mais importante Este é um tempo em que o Senhor tem nos chamado para despertarmos do sono.Depois de pedir ao Senho por sabedoria para educar meus filhos, Ele tem posto cada coisa maravilhosa em meu coração que não consigo ver meu futuro se não esse.Tb trabalho fora mas através da leitura da bíblia e oração e do livo”Orientação da Criança” O Senhor me impressionou quanto a deixar meu trabalho e me dedicar mais a família e prepara-los para a volta de Jesus .Isto firmado, tenho sentido uma forte apelo do Espirito Santo em me distanciar das cidade e adquirir um terreno no campo(chácara)onde minhas crianças possam ficar mais próximas da natureza para brincar e apreender mais com as belezas que Deus criou.É incrível como se maravilham com as obras do nosso Deus cada joaninha que encontram borboletas e flores seus olhos transmitem pura alegria,e esta é uma das maneiras pelas quais poderemos falar do amor de Deus aos nossos filhos.Sinto uma urgência em fazer este preparo não sei explicar, parece algo maluco mas a cada dia que passa sinto como se estivesse em uma luta pela salvação dos meus filho e muito pouco tempo para este preparo,não tenho duvidas o Senhor esta muito próximo de voltar!


  3. Que a sabedoria do Senhor esteja no meio de nós.
    “Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele.” Provérbios-22:6.
    “Vivemos em uma época em que quase tudo é superficial. Pouca é a estabilidade e firmeza de caráter, porque a educação das crianças é superficial desde o berço. O caráter delas é formado sobre areia movediça. A abnegação e domínio próprio não foram entretecidos em seu caráter. Foram animadas e tratadas complacentemente até ficarem despreparadas para a vida prática.
    As crianças devem ser exercitadas e educadas de modo a esperarem tentações, a contarem com dificuldades e perigos. Devem ser ensinadas a ter domínio próprio, e a vencer nobremente as dificuldades. E uma vez que não se precipitem voluntariamente para o perigo, e se coloquem sem necessidade no caminho da tentação, se fugirem às más influências e às companhias viciosas, sendo então, de maneira inevitável compelidas a estar em perigoso convívio, terão suficiente força de caráter para ficar ao lado do direito e manter o princípio, mantendo, com o poder de Deus, com sua moral incontaminada.” Conselhos Professores, Pais e Estudantes-Pág.85
    “Até a criança se dá a conhecer pelas suas ações, se a sua conduta é pura e reta.” Provérbios-20:11.
    “A vara e a repreensão dão sabedoria; mas a criança entregue a si mesma envergonha a sua mãe.” Provérbios-29:15.
    Shalom…


  4. Esse tema e mesmo de grande importância e temos que ensinar as crianças.


  5. Realmente esse é assunto que todas as igrejas deveria abordadr com as criancas,pois as nossos filhos se forem bem preparados espiritualmente,com certeza teremos jovens bem preparados e futuros lideres abençoados e consequentimente abençoando outras pesoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.