Fazendo a diferença

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A Bíblia relata fascinantes histórias das providências divinas. E como em sua maioria, encontramos mulheres de coragem e princípios. Entre essas mulheres está Ester.

Ester, embora fosse uma jovem de boa aparência e formosura, passou por momentos difíceis em sua vida. Ela perdeu seus pais ainda criança e foi criada pelo seu tio. Salva por uma boa educação, sobretudo espiritual, Deus tornou cada dificuldade em bênçãos na vida daquela jovem.

Entre essas bênçãos, Deus a escolheu dentre todas as mulheres daquele reino para fazer a diferença. Diante da possibilidade de morte, não só sua, mas de todo um povo que estava sob “sua responsabilidade”, ela se tornou um instrumento de Deus para levar libertação àquele povo.

“… quem sabe se para conjuntura como esta é que foste elevada como rainha?” (Ester 4:14).

É com imenso regozijo que encontramos, hoje, mulheres decididas a serem instrumentos nas mãos de Deus para levar libertação a um povo acorrentado pelo pecado.

Do dia 30 de julho a 28 de agosto de 2011, mulheres comprometidas com a obra de salvação, aceitaram o desafio proposto pelo Departamento da Mulher da Associação Bahia Central para realizarem o Evangelismo Mel.

10 mulheres encararam o desafio e realizaram o Programa Comunitário Viva com Esperança no Bairro do Matadouro em Cruz das Almas – BA. Foram noites cheias de alegria, com louvores, brindes, palestras comunitárias, estudos bíblicos, ação social e muita amizade. Com todo o apóio da igreja local (IASD – Bairro Assembléia) e do Pastor distrital Washington Sousa, o qual realizou a Semana de Colheita, essas mulheres experimentaram do poder e providência divinas dia a dia, noite a noite.

A experiência de passar 30 dias dedicados ao serviço de salvação de almas serviu para fortalecer e amadurecer a fé de todas. Ver que todos os dias o público se fazia constante, de crianças a adultos, independente da chuva, frio ou distância, fez com que as dificuldades e o cansaço com o passar dos dias se tornassem detalhes, e o interesse da comunidade fosse a motivação para continuar.

Acreditamos que foram 30 noites de proximidade com Cristo, de milagres na vida de todos, de construção de novas amizades e que da mesma forma que a diferença feita por Ester foi escrita na Bíblia, a diferença feita por este grupo de mulheres ficará gravada em cada coração e com certeza no Livro da Vida.

Nossa motivação não pára por aqui. Ao findar as trinta noites de Evangelismo, continuamos duas noites por semana com uma Classe de Investigação Bíblica para aprofundar-lhes o conhecimento na Palavra de Deus, pois o desejo de salvar estas e outras almas para Cristo continua fortemente em nossos corações, pois “quem sabe se para trabalho como este é que fostes chamadas e elevadas como servas do Deus vivo?”.

Texto enviado por Lorena de Oliveira Reis, de Cruz das Almas – Bahia.

3 Comentários


  1. Nada como se envolver no trabalho do evangelho.
    Deus anime as irmãs de Cruz das Almas e as abençoe muito.
    Abraço da
    Celina


  2. Q lindo amiga!!
    Posso afirmar q vc realmente é como Ester. Continue sempre assim se dedicando a obra do Senhor.


  3. Que benção parabéns que Deus continue dando sabedoria a vcs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.