Dicas para uma vida de oração

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Com o passar dos anos, as pessoas tem cada vez mais deixado de orar. Muitas continuam valorizando a oração e reconhecem a sua grande utilidade, mas mesmo assim não a colocam como prioridade em suas rotinas. O tempo passa e o estereótipo que diz que oração é coisa de idosos vai se confirmando, pois os jovens cristãos de atualmente não têm uma vida de oração dedicada como tinham os jovens de antigamente. O exemplo de vida dado por Jesus infelizmente vem sendo esquecido por muitos.

“Jesus estudou as Escrituras na infância, na juventude e na fase adulta. (…) Em Sua juventude, a madrugada e o crepúsculo vespertino muitas vezes O encontravam sozinho ao lado da montanha ou entre as árvores da floresta, passando uma hora silenciosa de oração e estudo da Palavra de Deus.” (Educação, p. 185). Neste texto podemos nos lembrar que os jovens não só podem, mas devem construir uma vida de oração. Dedicar-se a orar e conversar com Deus deve ser uma atividade desenvolvida por cristãos de todas as idades. Mas como podemos ou devemos orar?

Há duas preocupações que atingem até mesmo aqueles que procuram orar constantemente e são, muitas vezes, exemplos por conta deste comportamento. A primeira é a falta de concentração. Constantemente estamos tão preocupados com nossos problemas e sonhos que deixamos de nos concentrar na pessoa de Jesus Cristo, o intercessor com quem estamos falando, para pensarmos em outras coisas que no momento não nos elevam para perto dEle. A segunda preocupação é quanto a duração das orações. Quando fazemos orações consideradas curtas tendemos a achar que a nossa vida de oração é fraca o que nos desanima a prosseguir com ela e isso é realmente muito preocupante. Diante dessas preocupações seria muito interessante se tentássemos seguir as seguintes dicas:

1. Devemos estabelecer um local e um momento de oração. Isso não nos impede de falarmos com Deus durante o restante do dia, mas é muito importante que nós estabeleçamos um momento somente para isso. “Tendo-se levantado alta madrugada, saiu, foi para um lugar deserto e ali orava.” (Marcos 1:35). Jesus separou as madrugadas para serem os seus momentos de oração justamente porque eram nestes momentos em que Ele se encontrava a sós com Deus, sem que nada viesse a interrompe-lo ou tirar a Sua concentração. Os locais escolhidos por Jesus também lhe proporcionavam estar sozinho. “Ele, porém, se retirava para lugares solitários e orava.” (Lucas 5:16).

2. Se durante a oração a sua mente está mais concentrada em outro tipo de pensamento em vez de estar concentrada na pessoa de Jesus Cristo, então ore por este pensamento, seja ele impuro ou não, afinal, é importante que você converse sobre tudo com Jesus. Talvez Ele esteja até mesmo te dando uma dica para a sua agenda de oração daquele dia.

3. Se você possui dificuldade de concentração ao fazer uma oração silenciosa então ore em voz alta.

4. Se você é uma pessoa que mesmo orando em voz alta ainda não consegue se concentrar, então experimente escrever as suas orações, e à semelhança de Davi, componha os seus próprios Salmos.

5. É interessante, também, estabelecer um roteiro para a oração e como sugestão temos o conhecido acróstico ACAS, que significa Ações de graça + Confissão + Adoração + Súplica. Uma oração que tem todos estes elementos pode ser considerada completa.

6. Quando você terminar uma oração veja quanto tempo gastou falando com Deus e tente dobrar este tempo no dia seguinte. Dentro de pouco tempo a oração será prioridade em sua rotina diária.

A oração é o que move a vida do cristão independente da sua idade. Experimente ter uma vida de oração e sinta as maravilhas que ela irá te proporcionar. E se em algum momento você se esquecer de todas essas 6 dicas, lembre-se de Cristo. Ele é o nosso maior exemplo, pois mesmo já sendo santo, sempre designou um tempo em Sua agenda para falar com o Seu Pai celestial.

Texto enviado por Isabelle Palma

6 Comentários


  1. este ano de 2011 resolvi dar atenção maior a minha hora tranquila, aquela horinha em q é só Deus e eu… acordo tds os dias bem cedinho as vezes ainda está escuro, vou pro meu cantinho gaço minhas petições, agradecimentos, estudo a lição do dia, leio um capítulo da bíblia do livro q estiver lendo…
    Ajudou muito qdo li o livro A Hora Tranquila, da CPB, nele encontrei apoio e como não tornar meu momento especial num enfado, nem deixar a preguiça me abater…

    Dois pensamentos de Ellen White q gosto muito:

    “Considere a idéia de orar!” Ellen White

    “Devem os jovens estudar a palavra de Deus e entregar-se à meditação e à oração, e acharão que seus momentos vagos não poderão ser melhor empregados” Ellen White


  2. Confesso que tenho muita dificuldade para fazer minhas orações minha mente está sempre à mil e me disperso com facilidade, penso que estas dicas vão me ajudar muito.

    Obrigada!!!!


  3. Esse ano tenho tentado orar mais vezes e por mais tempo tambem isso tem me ajudado a reconhecer as tentações e não comete-las.


  4. Excelente artigo.
    Uma Observação:ACAS= Adoração + Confissão + Ações de Graça +Súplica.
    Numa oração a Adoração vem sempre em primeiro lugar,para depois confessarmos nossos pecados, agradecer a Deus por tudo que temos recebido das mãos dEle e suplicarmos.
    Que Deus seja louvado por esse site.
    Eliana


  5. Ótima lembrança Eliana! Depois que vc comentou eu li novamente a parte do acróstcio e vi que sem querer mudei a ordem. Me confundi nos A’s. rs… Obrigada pela recomendação.


  6. Verdade !!!Gostei da sigla ACAS, sempre me lembrarei!!!Bjo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.