Crianças, moda e sensualidade.

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A revista IstoÉ dessa semana trouxe uma matéria pequena, mas que muito me chamou a atenção. O título é “A polêmica da moda”. O assunto da matéria diz respeito à forma como algumas crianças têm participado do mundo da moda. O centro da polêmica, na matéria, é a francesa Thylane Blondeau, 10 anos (garota das fotos).

Dois trabalhos recentes de Thylane, um com uma maquiagem carregada, e outro fazendo topless, têm gerado muitos comentários. Ao comentar sobre o que pensa de alguns trabalhos que têm sido realizados com crianças no universo da moda, Glória Kalil (reconhecidamente entendida da área) escreveu: “Pelo que tenho visto, a moda infantil segue as tendências da moda para adultos. Até aí, tudo bem; ninguém espera ver as criancinhas só de vestidinhos balão, mangas bufantes ou roupinha de marinheiro. É interessante e enternecedor ver os pequenos com roupas parecidas com as dos adultos usadas de um jeito espontâneo e alegre como só eles sabem ser. O que é esquisito é vê-los em atitudes de adultos sexuados e insinuantes que só podem despertar mal-estar em quem vê. Ainda por cima em épocas em que a pedofilia seja tema de discussão por conta de Internet, Igreja e tantos outros crimes que rondam o tenebroso assunto.”

Como Thylane, muitas crianças têm sido expostas de forma sensual a serviço da moda. Muitas dessas crianças, através de seriados e outros programas de TV, estão influenciando crianças comuns, que cada vez mais desejam ser como elas.

Nesse último sábado, vi uma garotinha na igreja, com atitudes que me chamaram muito a atenção. Ela não me despertou a atenção por ser uma “gracinha” ou “engraçadinha”, mas por atitudes que não combinam com crianças. Na hora do almoço (um junta panelas), a garotinha estava lá novamente. Inevitavelmente acompanhei com o olhar cada atitude. Naturalmente, ela abriu uma pequena bolsa, retirou um tubinho de gloss de uma cor que fica entre o rosa e o vermelho, passou o gloss na boca, guardou-o na bolsa e, nas pontas dos pés, guardou a bolsa em cima de uma bancada. Sim! Nas pontas dos pés, para você ter noção do tamanho dela. Essa menina deve ter, no máximo 6 anos. É a menina de 6 anos mais “assustadora” que já vi!

Crianças como Thylane e essa pequena que vi na igreja no último Sábado têm se tornado cada dia mais comum. Ellen White já havia deixado orientações sobre cuidados relacionados a moda e sensualidade, no que diz respeito a crianças. Observe e medite:

“Onde quer que vamos, vemos filhos tratados com condescendência, mimados e louvados sem discrição. Isso tende a torná-los vãos, ousados e presumidos. A semente da vaidade é facilmente semeada no coração humano por pais e tutores imprudentes que louvam os pequenos sob o seu cuidado e para com eles se mostram condescendentes, sem nenhum pensamento quanto ao futuro. A obstinação e o orgulho são males que transformaram anjos em demônios e contra eles fecharam as portas do Céu. E assim mesmo pais estão inconscientemente preparando sistematicamente os filhos para serem agentes de Satanás. Pacific Health Journal, janeiro de 1890.” Orientação da Criança, p. 178.

“As crianças ouvem mais de vestidos do que da salvação. … Porque a mãe se acha mais familiarizada com a moda do que com o seu Salvador.” Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 597.

“Os que têm sob sua responsabilidade a propriedade de Deus, na alma e no corpo das crianças formadas à Sua imagem, devem levantar barreiras contra a condescendência sensual da época, que está arruinando a saúde física e moral de milhares de pessoas. Se muitos dos crimes desta época fossem seguidos até a sua verdadeira causa, ver-se-ia serem atribuíveis à ignorância dos pais e mães indiferentes nesse assunto.” Orientação da Criança, p. 115

Para onde irão nossas crianças, se continuarem sendo alvos fáceis das atitudes vendidas pelo mundo? O que os pais de crianças entregues à vaidade e sensualidade dirão a Deus no dia da volta de Jesus?

11 Comentários


  1. Esse assunto tbm me desperta curiosidade pq tenho uma filha q vai fazer 2 anos e eu ja vejo o quanto ela é vaidosa.
    Com certeza ela se espelha em mim ao ser assim, vou pedir a Deus pra agir com mais sabedoria pra lhe dar com esse assunto por que é verdadeiramnente espantoso..
    Deus nos ajude a educar nossas meninas…

    Responder

  2. É um grande problema da atualidade. O mundo está submerso em futilidades e nós nos tornamos alvo fácil se descuidarmos de nos guardar em nosso Deus… Somos uma minoria e as vezes isto incomoda até alguns de nós. Viagiar e orar sempre.

    Responder

  3. É realmente triste e até preocupante como nossas crianças são tratadas. Como bonecos de vitrines. Usam roupas sensuais e se pintam como adultas. Perdem toda a essência de um ser puro e inocente.

    Responder

  4. Karyne, tenha um bom dia!
    Não lembro-me exatamente qual escritor famoso pelos seus livros de psicologia, ter dito sobre achar tudo bonitinho quando se é criança. A garotinha vê na tv e quer copiar, aí a mãe vai lá e compra tal adereço da tal dançarina. É o tamanquinho, o batonzinho, o rebolado igualzinho. Todos acham a maior graça…O tempo vai passando e quando a filha cresce o pai então se depara…sua filha, tal qual a dançarina que ele o pai, via com o maior “prazer”. E agora? Cada dia mais vemos crianças perdendo sua infância para uma maturidade distorcida. Sou profª de arte nas séries iniciais e é visível as crianças não terem a mesma inocência de antes. Os meninos não fogem à regra. São constantes os gestos obscenos e desenhos que expressam a sexualidade. A influência musical é bem forte nessa questão . Mas sabemos que em casa é o que eles ouvem e veem… normalmente esses pais, infelizmente, não tem consci-ência do que virá pela frente.

    Responder

  5. A moda infantil se supera a cada dia. Hoje, se você se deixar levar pelas novidades das vitrines, principalmente para as meninas, e somar no final do mês, as crianças gastam mais do que os adultos para estarem sempre em dia com as tendências do mercado, pois elas crescem, e as roupas duram, com muita sorte, um ano.

    É importante para a auto-estima e o asseio pessoal estar bem arrumado, principalmente limpo e na moda, mas cabe alertar os malefícios do consumismo exagerado, principalmente se plantado nas crianças desde pequenas.

    Mas achei tudo um absurdo. Vivemos num mundo em que as pessoas ‘doentes’ procuram justamente este tipo de midia. Já não basta as novelas, realitys, programas de auditorio e humoristicos que exploram a tematica sexual, com mulheres em trajes minimos, agora estão investindo em crianças, nem adolescentes, crianças mesmo. Sei que não é uma publicação brasileira, mas mesmo assim cabe a cada um de nós manifestar nossa repulsa e indignação.

    Responder

  6. As crianças são alvo de uma sociedade hipocrita, cinica, e principalmente muito, mas muito ignorante, cada vez mais os pais actuais proporcionam situações, para que os filhos ajam de forma desadequada à sua idade, tudo porque foi-se desemvolvendo ao longo dos tempos uma sociedade mediocre.
    Os pais que querem ver os filhos a atravessar várias fases da vida, ter uma vida normal,têem barreiras pela frente, o que deveria ser o inverso.
    Não entendo qual a razão de se estar a usar crianças para apresentar a moda, faz-me confusão, pois tenho 2 filhas pequenas e não sei por vezes como lidar com certas situações.
    Houve uma altura, quando a minha filha mais velha tinha os seus 2 anos, lembrei-me em inscreve-la numa coisa de moda, mas depois pensei, ela ou elas têm tempo de se integrar na moda, têm tempo de querer ser adultas, têm tempo de fazer tudo, mas cada coisa a seu tempo, hoje em dia as crianças têm a possivilidade se serem crianças, não é como à uns anos atrás em que as crianças não podiam brincar porque tinham que ajudar os pais. E parece que a sociedade não vê ou não quer ver.Pois o bonito não é o que está fora, mas o que se produz lá dentro e se transporta para fora, mas infelizmente uma revista não mostra isso.

    Responder

  7. Sou professora dos juvenis e tenho percebido essa mudança nas criança e tenho ficado preocupada, conversando com minhas alunas fiquei assustada ao saber que a maioria delas já tinha dado beijo de lingua isso com meninas de 06 a 09 e fora algumas que já asssistiram filmes pornos tambem … fiquei triste ao ver como estamos sendo negligentes ao cuidarmos das preciosas bençães que DEus nos deu.

    Responder

  8. Oi Karyne, tudo bem?
    Relendo este post me entristeci muito, pois ainda ontem vi um senhor no parquinho em um praça no Centro da Cidade de Ponta Grossa, onde moro e logo me veio na cabeça: Será que ele está cuidando de alguma criança ou simplesmente observando elas brincarem, mas com malícia? Já viu como criança brinca? Não se cuida se aparece o seu corpinho, pois afinal de contas eles não tem maldade.
    Um dia desses meu marido que é policial civil me contou de um certo indivíduo que ficou abordando meninas de 8 a 10 anos falando absurdos, que nem para mulheres se deve falar. Comentei com ele que hoje em dia o sexo está muito fácil. Basta ir numa balada que já sai de lá acompanhado de 1, 2, 3 ou mais mulheres, todas muito bonitas e bem produzidas. Tudo muito fácil e então esses sujeitos buscam algo diferente, seja com pessoas do mesmo sexo, ou então, crianças. As crianças são todas lindas, fofinhas. Para nossa tristeza eles imaginam sexo com esses seres inocentes. E alguns não ficam só no imaginar. Fazem verdadeiras barbaridades. Até com os próprios filhos.
    A Bíblia fala que seria assim no fim. Penso que estamos bem no fim, e oro para que Jesus volte o mais breve possível. As pessoas estão cada vez mais envolvidas com o maligno.
    Vem Jesus!

    Responder

    1. É realmente triste a condição desse mundo, Eliane!

      Isso só nos mostra quão urgente é a necessidade que temos de cuidar ainda mais de nossas crianças e inculcar nelas as verdades de Deus! 🙂

      Responder

  9. Realmente esse assunto é de suma importância e deve ser tratado com mais seriedade, pois muitos banalizam e acha tudo normal. as crianças estão ficando cada vez mais vaidosas diante do que a mídia passa através das novelas que insinuam o sexo a todo momento, as roupas curtas para chamar a atenção dos homens e nossas crianças ficam a mercê achando tudo normal e nós os pais estramos dormindo ou mesmo influenciado diante do que a indústria da moda oferece. Criança precisa se vestir como tal.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *