A viúva de Sarepta: O salto de fé

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A história da viúva de Sarepta é bastante conhecida. Ouvimos essa história desde que começamos a frequentar a Escola Sabatina quando ainda pequenos. O interessante é que podemos aprender novas lições sempre… mesmo com essas conhecidas histórias!

Gostaria de me concentrar nos seguintes textos da lição dessa semana:
“Essa viúva parecia ser um instrumento incomum para Deus. Ela não era israelita. Era uma viúva sem posição social e sem influência nem poder. Ela mesma estava quase morrendo de fome.”

“Que lição incrível podemos aprender observando essa estratégia divina! Na maioria das vezes, Deus nos escolhe, não por qualquer habilidade em particular que tenhamos, mas apesar de nossas debilidades (2Co 12:9).”

“Em muitas culturas atuais, é mais apropriado oferecer aos outros antes de pensar em si mesmo. Porém, para acrescentar insulto à injúria, o profeta não só queria tirar de uma pessoa que não tinha condições de dar, mas queria ser servido em primeiro lugar.”

“Lembre-se disto, ao longo desta história: o profeta estava realmente como representante de Deus perante essa mulher. Pedindo-lhe seu último pão, o profeta estava convidando a mulher a dar um salto de fé, entregar a ele tudo o que tinha.”

Nós, seres humanos defeituosos, temos o costume de escolher pessoas e coisas pelos seus bons atributos. Se vamos comprar algo, procuramos aquilo que tenha melhor qualidade, com as pessoas fazemos o mesmo – apesar de sermos todos defeituosos, toleramos muito pouco os defeitos alheios. Deus é tão diferente de nós!! Amém!!

Deus é capaz de escolher uma pessoa por sua fragilidade!! E o melhor, Ele usa essa fragilidade pra executar Sua obra. Ele chama pessoas que não pertencem ao Seu povo, para ensinarem lições para o Seu povo, e ao mesmo tempo, serem abençoadas!!

A viúva de Sarepta não tinha fartura de pão… e era exatamente isso que Deus precisava.. uma mulher aparentemente frágil, com pouco a oferecer, que pudesse ser usada por Ele! Uma mulher que frente ao servo de Deus, não negou atender seu pedido!

Deus pode escolher a mim e a você por nossas fragilidades também, ou nossas fragilidades nos impedem de atender ao pedido do Mestre? Reflita sobre isso!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.