A Maquiagem e a Mulher Adventista

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Há alguns dias, uma leitora fez um comentário pedindo que falássemos sobre o uso da maquiagem. Prometi fazer um artigo sobre isso e estou vindo cumprir a promessa. Porém, antes que você leia este artigo, aconselho uma leitura prévia de dois outros artigos publicados recentemente: “Chamando o Pecado Pelo Nome – Amando o Pecador” e “Dois Caminhos”.

Falar sobre maquiagem, assim como sobre qualquer outro assunto relacionado à modéstia cristã, é sempre algo polêmico. Podemos dizer que existem dois tipos de maquiagem, a julgar pela função: a maquiagem com função corretiva e a maquiagem com função de ornamento.

O primeiro tipo diz respeito a uma maquiagem que se usa com a intenção de fazer pequenas correções. Ao final da maquiagem a pessoa apresenta uma aparência natural, tendo algumas marcas ou imperfeições disfarçadas, ou “corrigidas”, pelos produtos usados. Essa maquiagem não gera escândalo, pois a idéia é que ela não seja percebida, mas que a imagem da pessoa fique mais apresentável.

O segundo tipo diz respeito a uma maquiagem que tem como fim ser percebida, ornamentar o corpo, trazer a ele traços totalmente artificiais que são conseguidos por meio de produtos como sombras e lápis, etc. Essa maquiagem foge totalmente à discrição sendo algo que em si destina-se a chamar a atenção, do contrário poderia ser dispensado seu uso. Por meio de uma série de produtos de variadas cores, cria-se uma imagem que nunca seria possível ter de forma natural, ou você conhece alguém que nasceu com um sombreado azul nos olhos, ou rosto de boneca?

Existem dois textos que devem sempre ser lembrados quando falamos de modéstia cristã:

I Pedro 3:3: “Não seja o adorno da esposa o que é exterior…”

I Timóteo 2:9 e 10: “Da mesma sorte, que as mulheres, em traje decente, se ataviem com modéstia e bom senso, não com cabeleira frisada e com ouro, ou pérolas, ou vestuário dispendioso, porém com boas obras (como é próprio às mulheres que professam ser piedosas)”.

A preocupação excessiva com o adorno exterior não pertence à mulher cristã. Esta age com modéstia e bom senso. Por que uma mulher adventista precisaria usar uma maquiagem cheia de cores que não pertencem ao natural humano? Não estariam as mulheres sendo influenciadas pela moda do mundo e seus costumes?

O mundo prega o consumo dos produtos de beleza, e cada dia cria uma nova tendência de cores e estilos, que são comprados por muitas mulheres de nossa Igreja. Somos as mulheres do tempo do fim, se houve algum tempo em que se podia perder tempo com vaidades esse tempo acabou. Temos uma missão a cumprir, não estamos neste mundo para exibir nossa beleza, mas para exibir um caráter semelhante ao de Cristo. Esse deve ser o nosso adorno.

Alguém pode dizer que a maquiagem ajuda na auto-estima da mulher. Queridas amigas, se nossa auto-estima estivesse baseada em algo que sai com água e sabão… quão pouco valeríamos! Nossa auto-estima deve se basear no que somos e não no que fingimos ser, e maquiagem é fingimento, pois não somos aquilo que a pintura produz.

O povo de Deus deve ser o povo mais bonito e saudável do mundo. Não seria muito melhor ouvirmos as orientações de saúde e cuidar de tudo aquilo que influencia em nossa saúde e conseqüentemente em nossa aparência? Não seria mais sábio cultivar uma beleza que não sai com água e sabão, mas que resiste ao tempo, pois diz respeito a um estilo de vida?

Só Deus pode julgar suas intenções, querida irmã. Contudo, uma coisa é certa, se gastamos tempo de nossa missão nos dedicando a vaidades que só pretendem chamar a atenção para nós mesmos, iremos arcar com isso no Dia do Juízo. O cristianismo combina com abnegação, humildade e simplicidade, mas não com vaidade e exaltação do eu.

Se neste momento você está pensando em alguma irmã de sua Igreja, pense primeiramente em você e em suas intenções ao se adornar, tanto com a maquiagem quanto com outros tipos de pintura, como a das unhas. Julgue suas próprias intenções e não as das demais irmãs, e ore a Deus para que Ele te ajude a viver segundo a Sua vontade!

“Perguntai-lhes então como se sentem quanto ao adorno do corpo, e se têm alguma idéia do que é estar preparado para comparecer perante Deus, e vos dirão que se somente pudessem voltar a viver de novo o passado, corrigiriam a vida, evitariam as loucuras do mundo, sua vaidade e orgulho; e adornariam o corpo com roupas modestas, dando assim um exemplo aos que os rodeiam. Viveriam para a glória de Deus.” Mensagem aos Jovens, p. 127

“É justo amar o belo e desejá-lo; mas Deus deseja que primeiro amemos e busquemos a beleza do alto, que é imperecível.” Atos dos Apóstolos, 523

141 Comentários


  1. Ufa! Até que enfim uma matéria realista, coerente, cristã. Devemos ser a favor do bom gosto e do belo e não do excesso e do mau gosto. Uso a maquiagem corretiva. E penso desta forma… Agora vamos parar de olhar pra maquiagem dos outros e olhar pros verdadeiros pecados, inveja, maledicência, lascívia, desonra aos pais, corrupçao, falsidade, e etc.

    Responder

  2. Bom dia Elenice!!

    Vivemos em um Grande Conflito, que ocorre em nossa mente. Vaidades em si não são o pecado, mas a consequência dele. O pecado é mais profundo, o amor ao eu e o desejo de exaltação, por exemplo!!

    Mesmo a maquiagem corretiva deve passar pela análise de “qual a função isso tem em minha vida?”. Se a maquiagem corretiva for a nossa forma de chamar a atenção para o eu, quando deveríamos nos concentrar em cultivar o carater de Cristo diariamente, ela também se torna instrumento de Satanás.

    Que Deus nos dê sempre sabedoria!!!

    Obrigada pela sua visita!

    Responder

  3. ótimo artigo. é isso mesmo, pena que algumas pessoas não tem discernimento para entender, parabéns pelo artigo.

    Responder

  4. Bom dia Karyne!
    Olha, eu agradeço pelo esclarecimento desse assunto, aliás, de outros também!
    Minha esposa e eu somos recem batizados na IASD e essas informações tem somado bastante para nossa vida cristã!
    Que Deus continue te abençoando, e também a todos os que colaboram para manter esse site!!!

    Responder

  5. Sinceramente não gosto de vê mulheres de cara lavada.
    Uma maquiagem q melhore sua aparencia e sua jovialidade não é condenável.

    O povo de Deus deve ser o povo mais bonito e saudável do mundo.

    Mas nem por isso devemos aparecer na igj cm cara de quem acabou de acordar.

    Responder

    1. Olá Kelly!

      Talvez seu incômodo em ver mulheres de cara lavada seja semelhante ao incômodo que a maioria das pessoas tem em comer uma comida com pouco sal ou pouco açúcar. Isso ocorre porque nosso paladar está deturpado. Da mesma forma, nossa visão às vezes está deturpada também.

      Existe uma série de estudos sobre o ideal de beleza na contemporaneidade, de pesquisadores não cristãos, que explicam muito bem esse fenômeno que vivemos de escravidão de um ideal de beleza que se consegue com a maquiagem e outras intervenções artificiais. É literalmente uma escravidão.

      Como adventistas, creio que devemos estar muito mais atentos que o mundo à essa escravidão! Respeito muito as pessoas que usam maquiagem, mas sinceramente, não conseguir conceber uma imagem sem maquiagem me parece algo que está distante do ideal de Deus!

      Quanto à cara de quem acabou de acordar, é com ela que vamos para o céu, e é ela que teremos lá, com a diferença de mais saúde!

      Espero que entenda que respeito sua opinião, mas que não posso me calar diantes do pensamento de que temos a necessidade de usar algo que tem servido para afastar muitas moças dos propósitos do Senhor. Muitas jovens e adultas começam a se afastar do caminho do Senhor através das vaidades de roupas e maquiagens. E com o tempo se sentem muito a vontade no mundo, sendo tão parecidas com ele. Fico muito triste em pensar que, em nossa Igreja, muitas pessoas não conseguem mais pensar nossa vida aqui distante das práticas instituídas pelo mundo e criticadas pelo próprio mundo!

      Ontem, na semana de oração que está tendo em nossa Igreja, o pastor disse várias vezes “estamos em Babilônia, como prisioneiros, temporariamente, mas tem muita gente na Igreja achando que estamos passando as férias aqui”. Os 3 Hebreus não estavam passando férias em Babilônia, por isso eram diferentes dos demais! Que esse seja o nosso pensamento!!!

      Se uma moça usa maquiagem, mas consegue viver sem ela, não se sente feia ou incomodada de estar em uma reunião, um culto, ou uma festa sem a maquiagem, acredito que a maquiagem é algo pouco relevante em sua vida, e não lhe trará problemas. O problema, queridas amigas, não só da maquiagem, mas de todas as demais vaidades, é que muitos perdem o prazer de viver sem essa coisas. Então, se não está maquiada não se sente a vontade no meio de outras pessoas. Se não está com uma roupa da marca X, se sente inferior ou fica insatisfeita com as opções do guarda-roupa. Quando essas coisas passam a nos fazer muita falta, precisamos ficar alertas, pois elas podem estar dominando boa parte das nossas paixões, e as coisas de Deus podem perder a beleza e a atração que deveriam ter em nossa vida!

      Deus nos abençoe!

      Responder

  6. Eu também acho que não precisamos aparecer na igreja com cara de quem acabou de acordar. Uma pele bem tratada um cabelo bem cuidado não faz mal a ninguém.O povo de Deus tem obrigação de ser bonito e súdavél de verdade e não artificialmente. A maquiagem não é reflexo de saúde. Hoje as funerárias maqueiam os mortos e isso não dão a eles um aspecto saúdavél.Para reflexão: como será que Deus se sente vendo o ser humano usando tantos recursos para corrigir o que Ele criou? Que Deus nos dê discernimento.

    Responder

  7. Olá Karine … que Deus possa sempre lhe dar sabedoria em responder a tantos questionamentos.
    Na verdade,muitas vezes,nós mulheres somos competitivas em relação às outras;e o pior é q entrando nesse jogo da vaidade em excesso,só conseguimos nos afastar de Deus e por que não de nós mesmas? Será q estamos nos reconhecendo de “cara lavada” na frente do espelho?O único a se exaltar pela nosssa insatisfação(nosso aspec- to externo)é Satanás.Quanto a Deus penso q Ele deve ter um carinho especial pela menina Vitória(ver em “testemu- nho”,neste mesmo site),pelas mulheres q forçosamente têm q raspar seus cabelos(não por modismos,mas devido à qui mioterapia),pelas mulheres q têm queimaduras pelo corpo,
    por causa de seus parceiros…pelas muitas irmãs no Oriente q não têm opção de escolherem o q vestir,ou pelas
    tantas outras q perderam seus guarda-roupas nas enchentes…Creio q Deus se preocupa sim,com cd uma de nós,mas sua atenção não é voltada p/ as questões materia
    listas e q não tem trazido unidade e sim,dissensão na
    Igreja.
    Estou c/ 49 anos e como qualquer mulher tenho minhas inseguranças, e quem gosta de começar a ver os primeiros sinais de envelhecimento?Sejamos sinceras… mas antes de tudo devemos fazer um check-up interior e pedir a Deus q preencha nossa alma,não c/ botox ou silicone,mas
    c/muita humildade de coração.Gostei muito do q Edir es – creveu acima;resumindo:”o ser humano querendo fazer photoshop na criação de Deus”.
    E por falar em escravidão,outro dia assisti uma ótima pregação sobre “Liberdade”,passando por vários pontos;de-
    la,registro aqui uma frase do escritor Sthefen Covey: “Quando o homem descobriu o espelho ele começou a perder
    sua alma.Ele começou a se preocupar mais c/ a sua imagem
    do q c/quem ele realmente é”.Que o amor de Deus possa pre
    encher o coração de todas nós mulheres.

    Responder

  8. meu Deus obrigado.que mensagem maravilhosa essa sobre maquiagem ,realmente nos precisavamos dessa mensagem precisamos compriender que Deus e o senhor da nossa vida ,somos diferentes do mundo ,entenda isso queridas irmãs ,realmente e com essa cara que vamos para o céu.muito obrigada senhor por usar tua serva nessa mensagem obrigada.que Deus abençoe voce querida irã.

    Responder

  9. Que bênção ter conhecido este blog. Li outras matérias, mas foi esta que me impactou. Obrigado pelo esclarecimento, pois eles me fizeram refletir sobre o que está por traz de minhas ações. A partir de hoje serei outra pessoa, com a graça de Deus.

    Responder

    1. Olá Néia, ficamos muito felizes com a sua visita, e muito mais em saber que de alguma forma nosso texto foi bom para sua vida!

      Espero que Deus a abençoe muito e que você possa encontrar mais conteúdo que fale Às suas necessidades aqui no nosso blog!!

      Forte abraço!

      Responder

  10. quero parabeniza-la pelo excelente artigo sobre maquiagem, muito coerente e pertinente ao momento em que vivemos na igreja, ficarei muito feliz se puder escrever um artigo sobre vestuário adequado para adoração a Deus, com textos bíblicos e do Espirito de profecias, enfrentamos atualmente problemas co as roupas muito curtas, justas e decotadas. como líder tenho me preocupado com o modo como nós temos nos apresentado diante de Deus, inclusive no Santo Sábado. um abraço! Que Deus continue te usando neste ministério de orientação.

    Responder

  11. Eu acho que uma maquiagem deixa a gente mais bonita, não concordo que isso possa tirar a gente do nosso foco que ir para céu,não uso no dia a dia maquiagem mais quando uso ficou mais bonita, eu tenho certeza que Deus gosta de nos ver mulheres bonitas. E se isso nos impedir de irmos para céu será facil de tirar porque com água e sabão sai, e um coração com magoa, com odio, lingua que gosta de fofocar, isso não sai com agua e sabão.pensem nisto:
    mais gostei do artigo, parabéns.

    Responder

    1. Olá Soraia!

      Que bom que gostou do artigo!! 😀 Estamos preparando outros textos sobre a temática da Modéstia Cristã. Acredito que algum deles atenderá ao seu pedido!

      Fátima,
      muito obrigada pela sua visita!!

      Concordo com você que uma maquiagem bem feita deixa a mulher bonita. Não diria “mais bonita” porque muitas mulheres têm sua beleza mais apreciada quando estão de “cara limpa”.
      É importante ressaltar que o ideal de beleza é uma construção social. Você se acha mais bonita de maquiagem porque na cultura em que você está inserida, a vaidade é um dos maiores valores. Infelizmente somos influenciados pela cultura do mundo, e julgados pelos olhares de pessoas que pertencem a esta cultura.
      Vou dar um exemplo de como isso é um fator cultural: Existem culturas onde algumas deformações são tidas como ideais de beleza, como o alongamento do pescoço ou a deformação do pé para mantê-lo bem pequeno. Muito provavelmente, você acha mais bonito o seu pescoço como é do que um pescoço que foi esticado, ou o seu pé do tamanho natural do que um pé deformado. Isso ocorre porque você não está inserida nessas culturas, e o julgamento do que é bonito ou feio para você é diferente.
      Tenho certeza que Deus gosta de ver suas filhas bonitas, mas tenho certeza, também, de que Ele gosta de ver mulheres cuja beleza principal seja o caráter; mulheres que valorizam o que Deus lhes deu, e cuidam desse corpo através das orientações divinas deixadas sobre saúde. A Bíblia e o Espírito de Profecia deixam isso claro em diversas passagens!
      Por mais que Deus possa gostar de ver seus filhos e filhas bonitos, isso não é o mais importante para Ele. Lembra de quando Samuel foi à casa de Jessé, ungir aquele que seria o próximo rei de Israel. Enquanto Samuel olhava a aparência, Deus olhava o coração.
      “As exibições mundanas, conquanto imponentes, são de nenhum valor aos olhos de Deus. Acima do que é visível e temporal, aprecia Ele o invisível e eterno. O primeiro só tem valor na medida em que exprime o segundo. As mais belas produções de arte não possuem beleza que se possa comparar à beleza de caráter, que é o fruto da operação do Espírito Santo na alma.” A Ciência do Bom Viver, p. 36 e 37
      Ao falar sobre o vestuário da mulher cristã, Ellen White escreveu que “Ele deve possuir a graça, a beleza, a conveniência da simplicidade natural. Cristo nos advertiu contra o orgulho da vida, mas não contra sua graça e beleza naturais. Apontou às flores do campo, aos lírios desabrochando em sua pureza, e disse: “Nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.” Mat. 6:29. Assim, pelas coisas da Natureza, Cristo ilustra a beleza apreciada pelo Céu, a graça modesta, a simplicidade, a pureza, a propriedade que Lhe tornariam aprazível nossa maneira de vestir.” A Ciência do Bom Viver, p. 289
      Podemos utilizar esse mesmo princípio para refletir sobre o uso da maquiagem. Deus não pede que andemos feias, ou mal arrumadas. Ele nos adverte do orgulho e da vaidade, mas não do cultivo de uma beleza natural. O problema é que na maioria das vezes o uso da maquiagem está bem distante de valorizar o que há de natural em nós. Além disso, o problemas principal da maquiagem não é a pintura que sai com água e sabão, mas aquilo que está por trás da pintura – orgulho, vaidade, amor ao eu, etc…
      A Bíblia diz em Isaías 53:2 que não havia nenhuma beleza ou formosura na aparência de Jesus que agradasse aos homens. A vaidade não era a preocupação de Cristo aqui na Terra, mas sim Sua missão. Por que não seguirmos o exemplo do mestre?
      “Contemplando a Cristo, tornar-vos-eis transformados, até ao ponto de odiardes vosso orgulho anterior, vossa anterior vaidade e estima própria, vossa justiça própria e incredulidade.” Mensagens Escolhidas, Vol.1, p. 388.
      É olhando para Cristo que teremos uma estima própria (ou auto-estima) saudável, e não para nosso reflexo no espelho.
      “Por toda a parte se manifesta o orgulho e a vaidade; mas os que são inclinados a olhar o espelho a fim de admirar a si mesmos pouca inclinação terão para olhar à lei de Deus, o grande espelho moral.” Orientação da Criança, p. 433.
      “Compete-nos conhecer nossas deficiências e pecados específicos, que causam trevas e debilidade espiritual, e apagaram nosso primeiro amor. É o mundanismo? É o egoísmo? É o amor à vaidade pessoal? É a luta pela primazia? É o pecado da sensualidade que está intensamente ativo? É o pecado dos nicolaítas transformando a graça de Deus em lascívia? É o uso incorreto e abuso de grande luz, oportunidades e privilégios, fazendo afirmações jactanciosas de sabedoria e conhecimento religioso, ao passo que a vida e o caráter são incoerentes e imorais? Seja o que for que tenha sido acariciado e cultivado até tornar-se forte e dominante, fazei decididos esforços para vencer, do contrário estareis perdidos. Review and Herald, 7 de junho de 1887.” E Recebereis Poder – Meditação Matinal, p. 363
      Querida leitora,
      Não estou aqui para julgar ninguém. Avalie você mesma suas intenções! Se você tiver qualquer dúvida sobre esse assunto, deixo dois conselhos:
      1. Pesquise na Bíblia e no Espírito de Profecia tudo o que diz respeito à modéstia cristã, e peça auxílio divino para compreender a Palavra e praticá-la.
      2. Comece agora a estudar sobre o Batismo do Espírito Santo e a pedir o mesmo. Uma alma cheia do Espírito Santo de Deus tem total esclarecimento acerca de como deve proceder. O Espírito Santo está disposto a nos mostrar o caminho por onde devemos andar. Precisamos apenas pedir seu batismo e aceitar!
      Deus nos abençoe!

      Responder

  12. Olá Karyne,
    Primeiramente gostaria de dizer que gostei muito do seu texto. Acho que quando a vaidade passa a ter mais valor do que o caráter, fazendo com que as mulheres queiram a atenção voltada para sí e fazendo com que a vaidade seja fonte de alto-estima é pecado, é um problema muito grande. Digo isso porque antes de saber o quanto o Senhor Jesus me ama e quer que eu seja exatamente como Ele fez eu era assim, uma pessoa vazia, que acreditava que só seria feliz se tivesse as melhores roupas, as melhores coisas, etc. Hoje consigo ver que posso ser muito mais feliz com o que tenho, com a comida, com a família que nunca me faltaram, com saúde e principalmente com Jesus no meu coração. E Deus foi tão bom comigo que me deu um namorado que me acha perfeita sem precisar de maquiagens, adornos e afins. Mas minha dúvida é: uso corretivo para cobrir algumas marcas de acne, no dia-a-dia estou sempre de cara lavada, mas sempre que surge um casamento, um aniversário, etc, eu costumo fazer uma maquiagem discreta, um rímel, um blush e um batom. É errado isso? Ainda tenho muito o que aprender sobre o comportamento de uma mulher adventista. Deus te abençõe, beijos.

    Responder

    1. Ei Gabriela!!

      Como é bom ler um comentário tão sincero! Me parece que você compreendeu bem a questão da maquiagem, e mais que isso… a questão da vaidade.

      Sobre a sua pergunta, quando nós vamos a um casamento, nós nos arrumamos de forma mais especial do que em outras situações, certo? Bem… entendo que o princípio da modéstia cristã não é negociável. Ele envolve equilíbrio e bom senso. Cada uma de nós deve fazer uma avaliação de si mesma quanto a esses fatores. Estou em preocupando em chamar a atenção pela aparência mais que pelo caráter? De alguma forma posso escandalizar um irmão ou irmã através da minha maquiagem? Qual é de fato a função que a maquiagem tem neste momento em que pretendo usá-la?
      Faça essas perguntas a si mesma e ore a Deus… se você for sincera com Ele, você ouvirá Sua resposta claramente!

      Forte Abraço!!!

      Responder

  13. Adorei texto! Pena que muitas irmãs não tenham esta visão, ou a tenha distorcida pois é triste e contra testemunho ver tantas meninas e mulheres aos sábados altamente produzidas para o culto. As vezes me pergunto se estou mesmo onde penso que estou.
    Agora uma outra questão, se devemos valorizar nossa beleza natural e interior, fazer uso de maquiagem só de maneira corretiva e quanto as tinturas de cabelo, luzes, reflexos, permanente e alisamentos??? Não seriam estes também uma busca puramente vaidosa, na mão da moda e da tendência??? Precisamos refletir! Bjos

    Responder

    1. Ei Pâmela, obrigada por sua visita e por compartilhar sua opinião conosco.

      Ellen White comenta sobre o incômodo que a nossa produção pode causar a alguns membros que se sentem deslocados na Igreja por se perceberem tão aquém da imagem que os outros apresentam. Acho que esse texto fala um pouquinho sobre a pergunta que nos vem à cabeça diante de tanta vaidade: onde é que estou?

      Quanto à vaidade relacionada com o cabelo, temos um artigo publicado aqui no MulherAdventista também, chamado “Cuidados com o Cabelo – O limite entre a vaidade e o asseio“.

      abs!

      Responder

  14. Karyne, quero parabenizá-la pelas respostas sábias que tem apresentado… é dificil, embora extremamente necessário, ser cortêz e manter os principios ao mesmo tempo, mas você tem feito isso com maestria… com certeza iluminada por Deus! Eu e meu esposo estamos orando por você e por esse projeto fantástico que é esse blog!Deus te abençoe!

    Responder

  15. Bom primeiramente achei interessante o artigo e até algumas palavras bem bonitas,mas pra ser bem sincera acho um exagero apontar a maquiagem como um pecado terrível. Concordo plenamente com a questão da intenção do coração pois o próprio Jesus disse:” limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo. Mateus 23:26″ creio que ele se referia a maior sujeira que tá é no coração e não no rosto, daí acho que veio a inspiração da frase “Quem vê cara não vê coração”. Mas realmente a verdade é que tudo na nossa vida que não seja o Senhor que vira uma prioridade ou grande necessidade é pecado. Assim eu creio. Assim também acredito que não podemos julgar ninguém pela aparência se ela está maquiada ou não, na biblia não se encontrar nada que proiba o uso de tal COSTUME. Na igreja adventista, pelo menos dizem que maquiagem é pecado.Mas na verdade é povo que penera mosquito e engole camelo e isso é muito confuso não acham?Desculpe a dureza não quero ofender ninguém, mas acho que o que Jesus fez na cruz foi algo muito grande para uma pessoa ir pra o inferno por causa de algo insignificante no reino de Deus. Essa historia que Deus fez a mulher assim natural e deve permanecer assim, é escolha de cada uma, Amigas leitoras Deus nos dará um corpo glorificado e aí é onde está a vontade de Deus ou seja ele não está feliz com o meu corpo natural ou artificial ele vai dar outro. então por isso penso que pra Deus cara lavada ou pintada não significa nada, mas tudo procede do coração, e aí vem toda a reflexão : E se eu achar que sou santa por não usar e o orgulho invadir meu coração, onde me sinto melhor e mais salva que as outras?Orgulho é pecado. Jesus disse “O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu. Romanos 14:3
    Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado. Romanos 14:23. Concluindo Deus já conhece como somos tendeciosos a julgar o próximo e num simples exemplo ensinou como devemos proceder em relação a certos COSTUMES humanos e não a PRINCÍPIOS que são imutáveis. Deus quer homens e mulheres com caráter e frutos dignos, senão fosse assim muitas nações já estam condenadas aos inferno onde existem mulheres casadas que o sinal é um brinco no nariz ou uma veste brilhante tambem representa o mesmo, numa tribo como foi dito mulheres alongam o pescoço em sianl de beleza e etc. a salvação consiste em fé em Cristo e o aperfeiçoamento o Espirito Santo é suficientemente capaz de ensinar. Deus não quer saber de cultura e sim de fé no seu filho senão seria as nossas obras que nos salvaria.O que digo por fim é se vc usa que seja para o Senhor se não usa que seja para o Senhor também.”Aquele, porém, que se gloria, glorie-se no Senhor. 2 Coríntios 10:17”.
    Assim diz o SENHOR: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas, Jeremias 9:23
    Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me entender e me conhecer, que eu sou o SENHOR, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR. Jeremias 9:24

    Responder

    1. Olá Emanuele.

      Obrigada pela sua visita ao nosso espaço virtual!! 😀

      Creio que alguns esclarecimentos são necessários aqui:
      Em nenhum momento dissemos que usar maquiagem é um pecado terrível, como a irmã escreveu em seu comentário. Também não conheço nenhum material ou norma da Igreja Adventista do Sétimo Dia que diga isso, e a irmã escreveu que “Na igreja adventista, pelo menos dizem que maquiagem é pecado.”. Gostaria que você nos indicasse alguma leitura oficial da Igreja em que isso esteja escrito.
      Quanto à questão do costume, que você citou, temos aqui uma grande e poderosa armadilha de Satanás. Os costumes culturais não justificam nossos atos, se estes vão de encontro aos princípios divinos. Mas o diabo tenta fazer a gente pensar que “não tem nada a ver”, porque é costume, e tals. Nosso corpo é o Templo do Espírito Santo, e deve ser tratado com respeito, pois é propriedade divina. Não há costume humano que faça Deus abrir brechas em seus princípios. A vida do cristão deve ser regida por princípios, e não por costumes.
      Você escreveu também: “acho que o que Jesus fez na cruz foi algo muito grande para uma pessoa ir pra o inferno por causa de algo insignificante no reino de Deus.” Infelizmente, muitos se perderão por causa de coisas insignificantes querida. Na verdade, tudo que é terreno é insignificante no reino de Deus. O ouro que os homens cobiçam aqui, será asfalto no céu irmã! Leia com atenção os textos a seguir:
      “Diz alguém: “Não sou nem um pouco ciumento, mas fico irritado e digo coisas ruins, se bem que sempre me arrependa depois que me deixo arrebatar pelo temperamento.” Outro diz: “Eu tenho esta ou aquela falta, mas também desprezo tal e tal baixeza que vejo na vida de certa pessoa de minhas relações.” O Senhor não nos deu uma lista de pecados graduados, de maneira que avaliemos uns como de pouca importância, dizendo que não causam senão pequeno mal, ao passo que outros são de maior vulto e produzirão muito dano.” Mensagens aos Jovens, p. 29
      “Deus não considera todos os pecados igualmente graves; há aos Seus olhos, como aos do homem, gradações de culpa; por mais insignificante, porém, que este ou aquele mau ato possa parecer aos olhos humanos, pecado algum é pequeno à vista de Deus.” Caminho a Cristo, p. 30
      “Todo ato, embora pequeno, tem seu lugar no grande drama da vida. Considerai que o desejo de uma única satisfação do apetite, introduziu o pecado no mundo, com seus terríveis resultados.” Conselhos Sobre Educação, p. 103
      Alguns podem achar que ser vaidosa quanto ao vestir é costume (porque moda é costume), mas ” O amor ao vestuário põe em perigo a moral e torna a mulher o oposto da senhora cristã, caracterizada pela modéstia e a sobriedade. […] Deus vê que a ruína do caráter é freqüentemente precedida pela condescendência com o orgulho e a vaidade no vestir.” Conselhos Sobre Saúde, p. 602.
      No livro Conselhos Sobre Regime Alimentar, p. 425, está escrito “Tomar chá e café é pecado”. Aí alguém pode questionar, ‘será que Deus vai deixar de levar um adventista para o céu só porque ele toma café?’ É pecado!! Aquele que aceita o sacrifício de Cristo tem o poder do Espírito Santo para renunciar ao pecado. Este é apenas um exemplo, de como coisas pequenas podem nos causar consequências eternas. Sabe como Ellen White continua esse parágrafo? Dizendo: “Alguns nunca fizeram um sacrifício pela causa de Deus, e estão adormecidos quanto ao que o Senhor deles requer. Alguns dentre os mais pobres terão a maior luta para renunciar a esses estimulantes. Esse sacrifício individual não é exigido porque a causa de Deus esteja sofrendo por falta de recursos. Mas cada coração será provado, cada caráter desenvolvido. É por princípio que deve agir o povo de Deus. É preciso pôr em prática na vida os princípios vivos.”
      Quem aceita a graça de Cristo pratica obras sim!!! Estamos estudando uma lição sobre romanos, e sugiro reestudar a lição 7 deste trimestre para ver como devemos agir quando somos salvos e libertos da escravidão do pecado.
      O problema é que o ser humano quer usar o sacrifício de Cristo para perdoar seus pecados, mas não quer usá-lo para obter o poder que o sangue de Cristo nos concede para vencer o pecado!
      No caso da maquiagem, acredito que deixamos claro ao longo do artigo os problemas que estão associados ao seu uso. Uma coisa é certa… uma vida transformada por Cristo não discute com os princípios divinos. Mulheres que vivem guiadas pelo Espírito de Deus não vivem para suprir suas vaidades pessoais, mas para o serviço cristão. Mulheres que vivem ouvindo a voz do Espírito Santo e obedecendo-a não têm problema com o assunto da maquiagem, nem com o da saia curta, ou o da calça. Elas entenderam a vontade de Deus para suas vidas, e esses assuntos se tornam dispensáveis em suas preocupações.
      Infelizmente, muitas mulheres adventistas, sob a disculpa do “costume”, e do “nada a ver” tem alimentado cada dia mais sua vaidade através do uso da maquiagem entre outras coisas. Esse é o tipo de mulher que não está se preparando para receber um corpo glorificado.
      De fato Deus quer nos dar um novo corpo, mas Ele não mecherá em nosso caráter quando voltar. Vaidade, antes de ter a ver com corpo, tem a ver com carater. Meu desejo é que tenhamos o caráter que Deus deseja para que possamos receber um corpo glorificado!!

      Responder

  16. Gostei muito desta matéria. Eu ainda não sou batizada e estou frequentando a igreja adventista em torno de 5 meses. Meu namorado é adventista.
    Confesso que sofri bastante no começo, pois para mim não era fácil deixar de usar brincos.. hoje vivo sem sentir falta. Quanto a maquiagem eu sempre tive duvidas..
    Eu usava maquiagem natural, leve. Mas sentia duvida sobre se ainda era certo usa-la. E tinha duvidas de como usar certos produtos. Essa postagem foi muito util para mim. Principalmente para ser refletida “no quesito unhas”..
    Muito obrigada!!

    Responder

    1. Olá May,

      Obrigada pela sua visita!!

      Olha… uma vez ouvi um sábio conselho que creio que todo crente adventista deveria receber: “Se está em dúvida, não faça”.

      Sempre que houver dúvidas, pesquise e pergunte a Deus a resposta de seus questionamentos, mas enquanto não tiver a resposta, evite o que te gera dúvida. Será que comer tal coisa é errado? Então não coma esse determinado alimento até entender. Será que usar tal roupa é errado? Então não use até ter a resposta. Muitas dúvidas que surgem em nossa mente quando estamos conhecendo a verdade, dizem respeito a uma luta que surge em nossa mente entre o que satanás nos convida a praticar e o que o Espírito de Deus nos incomoda a abandonar.

      Estude em oração sobre como deve ser a vida de um cristão, e você terá clareza em suas decisões!

      Responder

  17. Olá mas uma vez. Obrigado pela atenção e responder ao meu questionamento. É bem verdade que aqui no artigo ninguém falou em pecado terrível mas pela pressão que existe em relação a este assunto as vezes tive essa sensação, pois cresci no adventismo e sempre ouvi isso, é por isso que citei sobre algo que parece confuso, pois quando fiz meu voto batismal tive que dizer que renunciava tais coisas, então pra mim tava claro que era pecado terrível, acho que os lideres da iasd estão meio confusos com o que ensinam pois sempre vi pregações que diziam isso, que a senhora White era um exemplo de modéstia e tal e condenava o uso de muitas coisas. O que eu acredito é num relacionamento pessoal com Jesus ele é suficiente e capaz, como vc falou somos templo do Espirito Santo eu creio que quem tem verdadeiro relacionamento com Ele começa a conhecer sua vontade e relacionamento é algo que ninguém pode medir é pessoal. Concorda? Se alguém chegar pra vc e disser eu uso maquiagem por que sei que o Senhor não me condena, vc acha que pode dizer que ela está mentindo?Ninguém pode.O problema amada é que nós seguimos muito o que os outros dizem e nunca o que o Senhor disse, sem querer ofender vc só me citou palvras de Livros e nada da palavra a Bíblia. Concordo com vc na questão que Deus não se sujeita a costumes humanos, mais costumes que me referi que não ataquem a santidade de Deus, acho que não deixei isso claro.Então me responde se realmente não existe nenhuma proibição escrita, por que pregam? e o pior as mulheres acabam pecando pois na bíblia diz:”Tens tu fé? Tem-na em ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova. Romanos 14:22″
    O meu questionamento é só esse se vc diz que não existe nada que diga que é pecado então por que pregam assim?
    Sempre ouvi que tanto fazia esmalte vermelho como base os dois são pecado e são esmalte e ai?Lá no começo vc fala sobre correção e ornamentação quando se refere a maquiagem. Olha não quero te irritar mas até achei vc com a mente bem clara querida mas o que deixa muitas mulheres confusas é que na igreja ou num estudo não se prega assim não. É verdade ainda creio que o que Jesus fez na cruz foi algo muito maior do que qualquer ser humano imagina, é verdade que muitos se perderão por pequenas coisas que pra Deus é pecado do mesmo jeito. Mas no que apredi sobre pecado é tudo aquilo que ataca a santidade de Deus seja no meu corpo ou fora dele.Realmete é um assunto polêmico e não quero ficar aqui ofendendo ninguém, não é essa minha intenção mas vc também citou:”nfelizmente, muitas mulheres adventistas, sob a desculpa do “costume”, e do “nada a ver” tem alimentado cada dia mais sua vaidade através do uso da maquiagem entre outras coisas. Esse é o tipo de mulher que não está se preparando para receber um corpo glorificado.” Isso é um pré julgamento das pessoas por causa de uma aparêcia irrelevante acho que não podemos generalizar todas as mulheres que se maqueiam como vaidosas que não estão prontas pra receber um corpo glorificado,até por que quem decide isso é Deus!Olha não estou brigando com garras e dentes pra conseguir aprovação de ninguém, só acho uma injustiça questionar muitas mulheres de Deus que tem um coração que ama ao Senhor sobre se elas vão receber ou não um corpo glorificado. por que o ser humano gosta de criar preceitos e mais preceitos sobre Deus.(Ex. Deus gosta desse ritmo, desse ele não gosta. Deus gosta desse instrumento, desse ele não gosta.Davi dançou,ai o homem disse: mas Deus não gostou”eu já ouvi isso.)Olha eu vou te contar, como o ser humano é prepotente e decide qual é a vontade de Deus. É como falei: e se alguém não usar nada e o coração se orgulhar(orgulho) por isso, e essa pessoa se sentir melhor que as outras?Orgulho é pecado concorda?Repito novamente todo pecado procede do coração pois todas as intenções estão lá. eu, Emanuele creio que maquiagem não ataca a santidade de Deus desde que não seja uma prioridade(“Buscai em primeiro lugar o reino dos céus e sua justiça e as demais cousas vos serão acrescentadas) ou necessidade emocional de auto-estima baixa. Sabe o que é mais interessante é que pra mim tanto faz eu estar maquiada ou não até por que detesto exageros e detesto chegar num lugar chamando atenção das pessoas, prefiro chamar a atenção de Deus aprendi que adoração é um estilo de vida, aprendi que Jesus é Homem e Deus equilibrado e ele é meu exemplo em tudo.Lá em ezequiel 16 conta uma parábola que acho muito interessante e me faz refletir bastante sobre esse tipo de assunto, veja este trecho:

    “E, passando eu junto de ti, vi-te, e eis que o teu tempo era tempo de amores; e estendi sobre ti a aba do meu manto, e cobri a tua nudez; e dei-te juramento, e entrei em aliança contigo, diz o Senhor DEUS, e tu ficaste sendo minha.
    Então te lavei com água, e te enxuguei do teu sangue, e te ungi com óleo.
    E te vesti com roupas bordadas, e te calcei com pele de texugo, e te cingi com linho fino, e te cobri de seda.
    E te enfeitei com adornos, e te pus braceletes nas mãos e um colar ao redor do teu pescoço.
    E te pus um pendente na testa, e brincos nas orelhas, e uma coroa de glória na cabeça.
    E assim foste ornada de ouro e prata, e o teu vestido foi de linho fino, e de seda e de bordados; nutriste-te de flor de farinha, e mel e azeite; e foste formosa em extremo, e foste próspera, até chegares a realeza.

    Esse testo pra mim é chave em muita coisa sobre jóias,vestes etc, alguém já me disse “ah mas isso são símbolos”!. Ai eu perguntei como pode então Deus Santo num exemplo pegar símbolos que “dizem ser” profanos e adornar a sua própria noiva como um exemplo de glória e honra? Até hoje ninguém nunca me respondeu nada convincente sobre este capitulo só o próprio Espirito Santo me ensinou.Se eu tenho dúvidas sobre esse assunto? Nenhuma me sinto livre em usar ou não usar(“porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. Tiago 1:6”.) Se uso Jesus sorrir, se não uso ele continua sorrindo do mesmo jeito!E o reconheço por sua glória, majestade e poder e eu o confesso como meu SENHOR e SALVADOR sou salva mediante a um grande sacrificio com sangue precioso. Desculpe sou assim mesmo gosto de ler bastante a palavra e gosto de buscar entende-la também, gosto de declarar a palavra, gosto de dizer quem ela diz que sou, gosto de perguntar ao Senhor sobre tudo e ele sempre me responde. Por isso tenho certeza da minha salvação(dize à minha alma: Eu sou a tua salvação. Salmos 35:3) e sei exatamente o que me afasta de Deus, o Espirito Santo é suficientemente capaz.Deixo aqui o meu agradecimento pelo espaço e perdoe-me se alguém se sentiu ofendido.Gosto de me expressar, gosto de abrir meu coração sem máscaras.Sei que estou aprendendo e a cada dia busco mais. E meu desejo é esse que todos nós busquemos conhece-Lo mais e mais.”Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor. 2 Coríntios 3:18″

    Responder

    1. Querida,

      Fico feliz em saber que você tem grande interesse no estudo da Palavra.

      Concordo quando você fala sobre orgulho e sobre julgarmos uns aos outros. Creio que minha opinião a este respeito fica clara em diversos posts aqui publicados, inclusive este.

      Quanto à observação que fez sobre o uso do Espírito de Profecia, quando respondi ao seu comentário, imaginava que você faria esse tipo de observação. A idéia do blog MulherAdventista surgiu enquanto eu estudava alguns livros do Espírito de Profecia, e desde o início de nosso trabalho na internet, um de nossos propósitos é levar as muulheres de nossa Igreja a terem maior contato com os escritos de Ellen White.

      Entendo que a Bíblia deve ser nossa única regra de fé, e defendo isso, contudo ela é a Palavra de Deus para todos os povos. Já o Espírito de Profecia é a Palavra de Deus para o povo adventista, e há muita gente em nosso povo que até lê a Bíblia mas não lê o espírito de profecia. Por isso, procuro sempre que possível articular nos artigos várias passagens do Espírito de Profecia a partir de uma ou duas passagens bíblicas.

      Gostaria apenas de ressaltar que não estamos nesse mundo para sermos como as pessoas deste mundo. Mas, será que temos sido de fato diferentes? Quando as pessoas olham para mim o que vêem? Sou mais uma como todas as outras mulheres ou sou diferente chamando atenção para um Deus que nos convida a sermos diferentes?
      Não posso conversar sobre o Evangelho de Cristo com todos que passam por mim ao longo do dia, mas posso viver este envagelho para que ao olhar para mim as pessoas não tenham dúvida de que sou diferente das demais, e que vale a pena ser diferente assim!

      O capítulo 4 de Tiago tem diversos versos que caberiam aqui, mas por hora gostaria de citar o verso 4:
      “Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.”
      “Quando o Senhor exige de nós que sejamos distintos e diferentes, como podemos cobiçar popularidade ou buscar imitar os costumes e práticas do mundo?” Conselhos sobre educação, p. 129

      “Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada.” Provérbios 31:30

      “Os filhos de Israel, depois de terem sido tirados do Egito, foram ordenados a usar um simples cordão azul nos cantos de suas vestes (Núm. 15:38), para distingui-los, das nações em volta, e significar que eram o povo peculiar de Deus. Não se requer hoje do povo de Deus que tragam nas vestes um sinal distintivo. Mas no Novo Testamento muitas vezes nos é indicado o Israel antigo como exemplo. Se Deus deu direções assim definidas ao Seu povo da antiguidade, acerca de seu vestuário, não tomará Ele conhecimento do vestuário de Seu povo na atualidade? Não deveria haver em seu vestuário uma diferenciação do vestuário do mundo? Não deveria o povo de Deus, que é Seu tesouro peculiar, procurar mesmo no vestuário glorificar a Deus? E não deveriam eles ser exemplo na questão do vestuário, e por seu estilo simples reprovar o orgulho, a vaidade e extravagância dos que professam a verdade mas são mundanos e amantes de prazeres? Deus isto requer do Seu povo. O orgulho é reprovado em Sua Palavra.

      Existe, porém, uma classe de pessoas que está sempre batendo na tecla do orgulho e do vestuário, que são negligentes quanto ao seu próprio traje, e que julgam virtude andar sujo, e vestir-se sem ordem nem bom gosto; e seu traje muitas vezes parece como se tivesse voado e descido sobre uma pessoa. Suas roupas são imundas, e no entanto esses estão sempre falando contra o orgulho. Classificam a decência e correção como orgulho. Tivessem eles estado entre os que se reuniram em torno da montanha para ouvir a lei pronunciada do Sinai, teriam sido expulsos da congregação de Israel, porque não obedeceram à ordem divina: “Lavem eles as suas vestes”, (Êxo. 19:10), em preparo para ouvir a Sua lei, proclamada com terrível solenidade.” Mensagens Escolhidas, Volume 2, p.473 e 474.

      O texto acima fala sobre o vestuário, mas creio que é possível fazer uma boa leitura para o tema em questão.

      Deus não deseja que alimentemos nosso orgulho, nem que sejamos desleixadas quanto à nossa aparência.

      Que Deus nos abençoe, e que estejamos abertas a ouvir a voz de Seu Santo Espírito, para que sejamos mulheres distintas.

      Responder

  18. Bom dia Karyne! Mais uma vez agradeço sua resposta. Quero dizer que entendi o que vc quiz nos mostrar como servas do Senhor e mais uma vez deixo claro que minha intenção não foi provocar discórdia e sim uma diferença de ponto de vista somente. O principal nós temos, que é Jesus ele sabe da nossa individualidade com ele e o quanto queremos agrada-lo. É sabio o que disseste sobre pequenas coisas na vida das mulheres podem se tornar grandes armadilhas na mão de satanás, disso não tenho dúvida,muitas mulheres estão mesmo aprisionadas nesse contexto de mundo que só visa a aparência externa e isso é muito perigoso.Devemos sim ser diferentes em tudo seja no vestir, no falar, no andar,nas nossas ações e reações temos que refletir Jesus em nosso caráter. Por isso como mulheres devemos a cada dia buscar conhecer e prosseguir em conhece-Lo. Esse deve ser nosso ideal.Precisamos pedir ao Senhor que nos ensine a ama-lo acima de qualquer coisa, pois quando amamos, aprendemos a renunciar coisas que não se levam pra eternidade.Nisso eu sei que concordamos.E é verdade.”Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Mateus 16:24″ Nesse versículo nós duas abaixamos nossa cabeça e concordamos, não há o que questionar né?
    Agradeço mais uma vez o espaço e deixo aqui o meu carinho a vc e a todas as leitoras.
    Um grande e forte abraço tá?!!!

    Responder

  19. Olá Karine,

    Gostei do texto escrito por você. Como ancião da IASD percebo uma tensão com relação a esse tema. Acredito que seja por uma má compreenssão do texto bíblico e do Espírito de Profecia. Realmente, a IASD não tem nenhum texto oficial condenando o uso da maquiagem, nem pintura de cabelos ou de unhas. Isso não quer dizer que a igreja sancione com todo tipo de pintura, como você bem fez a diferença entre a maquiagem corretiva e a ornamentativa.

    Realmente, uma pessoa que tem uma cicatriz no rosto pode se sentir extremamente incomodada e usar uma maquiagem em cor natural para corrigir a imperfeição. Isso não pode ser considerado com uma função meramente de enfeite como é o caso de uma jóia, de uma pulseira ou cordão. Mas se essa mesma pessoa abusar da maquigem, usando cores fortes e brilhantes para embelezar o rosto, é claro que estará chamando mais atenção para si do que naturalmente estaria. É isso que a Bíblia nos chama a atenção para nos desviarmos, o exibicionismo, a ostentação, o destaque de si mesmo em relação aos outros.

    É interessante que estes princípios de modestia cristã também serve para os adornos masculinos, como gravata, prendedores de gravata, relógios, paletós, sapatos, etc. É muito fácil para nós homens observarmos as mínimas “falhas” das mulheres, mas às vezes esquecemos das nossas. Sempre que vou comprar uma gravata evito aquelas que são muito chamativas, pois não quero que as pessoas se concentrem naquilo que estou vestindo, mas sim em Cristo Jesus, do qual sou servo.

    Vejo uma grande incoerência daqueles que condenam o uso da maquiagem de modo corretivo e ao mesmo tempo permitem que esposas usem pinturas(até certo ponto modestas) nos seus cabelos. Bom, se no cabelo branco pode ser feito uma pintura corretiva e por que não no rosto. Claro que tanto a pintura de cabelo quanto a maquiagem corretiva devem ser moderadas sempre buscando a harmonia com a cor natural da pessoa.

    Também considero que a falta de orientação clara sobre esse aspecto traz dificuldades na igreja. Fazer como você está fazendo, orientando de modo equilibrado as irmãs é de fundamental importância principalmente para as mais jovens que sofrem com os apelos do mundo e deficiência de uma maior informação em nosso meio. Artigos como o seu e o do pastor Yuri Ravem(www.novotempo.org.br/advir/?p=2550) prestam grande serviço à nossa igreja levando a igreja a uma posição mais moderada sobre o tema.

    Esse critério de se fazer essa distinção(corretiva e ornamentativa), encontra respaldo bíblico e nas orientações da igreja, como é o caso da distinção entre jóias funcionais e as não funcionais.

    Sem dúvida que não devemos investir o melhor do nosso tempo e dinheiro com aspectos exteriores, afinal sabemos que Cristo Jesus está as portas, e quando ele vier teremos um corpo perfeito e incorruptivel. Mas também não devemos ser descuidados de nossa aparência física sob pena de estarmos representando mal o nosso Salvador.

    Que Deus continue a te abençoar a cada dia.

    Responder

    1. Olá irmão Gilvan!!

      Muito boas as suas considerações a respeito do tema!! Gostei muito da observação que você fez em relação aos adornos masculinos.

      Percebo que cada dia mais os homens tem usado adornos em seu vestuário, e até mesmo em seu penteado, mas o foco da vaidade continua sendo as mulheres. É importantíssimo que homens tenham consciência de que assim como as mulheres ele devem estar atentos ao que vestem e à imagem que reproduzem!!

      Moderação é outra questão importante que você tocou. Devemos nos afastar de tudo que é ruim, e usar com moderação o que é bom. Esse é o princípio da temperança e do equilíbrio cristão. Cuidar da aparência é algo bom, alimentar a vaidade é ruim, então devemos cuidar da aparência sem alimentar a vaidade e o exibicionismo. Como fazer isso? Com a orientação do Espírito Santo!!! De nós mesmos, continuaremos sempre caminhando pelas estradas que o mundo oferece, mas verdadeiramente convertidos e guiados pelo Espírito de Deus seremos capazes de agir segundo a Sua vontade!!

      Que nossos líderes acordem para o fato de que nossas Igrejas precisam de orientação!! Muitos não conversam com os irmãos a respeito de vários assuntos como jóias, maquiagem, roupa, alimentação, etc… e por isso muitos membros de nossas Igrejas passam a vida sem ter um direcionamento. Outros, quando resolvem estudar um pouco mais são tidos como extremistas, e alguns se aproveitam da negligência de alguns líderes para viverem um cristianismo de faichada!!

      Que Deus trabalhe em nossas Igrejas e em nossos corações!

      Responder

  20. Bom dia irmã Karine!

    Parabéns, minha irmã, por saber expor com equilíbrio as orientações da Bíblia e do Espírito de Profecia sobre modéstia cristã, assunto em que é fácil sairmos de um extremo para o outro.

    É verdade, Karine, que quando buscamos sinceramente o Espírito Santo ele nos mostra como melhor agradar a Deus em todos os aspectos de nossa vida. É bem verdade que as questões culturais não devem ser desprezadas, mas sabemos que os príncípios de origem divina são eternos. A modéstia, a simplicidade, o pudor(decência) e a moderação são valores bíblicos aplicáveis a todas as culturas e gerações.

    O que vejo em nossa igreja é uma dificuldade entre distinguir o que é princípio do que é norma. Sabemos que os princípios são imutáveis, mas as normas(regras) são mutáveis, de acordo com as condições, o tempo, a cultura, pois elas são o resultado da aplicação dos príncipios às realidades humanas(isso não tem nada de relativismo). Daí, às vezes algumas, pessoas estudarem a Bíblia e o Espírito de Profecia sem esse conhecimento acabam querendo trazer uma norma daquela época para a aplicar nos dias de hoje. P.ex. Tem igrejas evangélicas que proibem as mulheres de cortar cabelo, de falar na igreja, com base numa orientação de Paulo à igreja de Corinto. Mas aquela orientação foi dada por uma questão cultural da época, que não tem incidência nos dias de hoje. Será que, às vezes, isso não acontece em nosso meio especialmente com relação ao Espírito de Profecia. Não estou dizendo que não devemos seguir os principios ali descritos para nós, até por que o Espírito de Profecia não contradiz a Palavra de Deus, antes a confirma. Mas o que percebo é que, apesar de sabermos que existe libelarismo na igreja(e reconheço que isso é um grande mal), vejo que alguns fazem mal uso da Bíblia e do Espírito de Profecia, investindo numa espécie de legalismo inconsciente.

    Digo, inconsciente por que muitas vezes é motivado por boas intenções. O objetivo é livrar a igreja do mundanismo, do liberalismo, do relativismo, etc. Sabemos que isso é um grande mal que precisa ser abandonado em nossas igrejas. Mas, os que se arvoram em combater esses terríveis males da igreja, deveriam procurar observar que as normas quando se tornam obsoletas e fora da realidade devem ser sabiamente alteradas. Veja bem esse é um tema dificil, por isso deixo claro: estou me referindo a normas e não aos princípios. O sábado é um principio bíblico imutável e eterno, previsto na Lei de Deus(Ex. 20), mas os fariseus criaram normas que tornaram o sábado um fardo. Isso não quer dizer que todas as normas sobre o sábado seja um fardo, nem que tenhamos que abolir todas as normas e tradições da igreja, mas que as normas precisam ser atualizadas de acordo com o contexto, a cultura, o tempo e as condições. Se fosse pregar de paletó e gravata numa aldeia de índio não aculturados talvez eles prestassem mais atenção nas minhas roupas do que na mensagem. Uma bermuda e uma camisa polo sairia melhor, não é verdade? Nessa mesma aldeia de indios, talvez a pintura que algum indio ussasse fosse para identificar sua função no grupo e não meramente de enfeite, e não haveria problema entende? Veja, os príncipios são os mesmos mas as normas podem mudar.

    Um exemplo de norma que alguns tem dificuldade de lidar em modéstia cristã é uso da calça comprida por mulheres. Essa questão já foi bem exposta por pastores e teólogos, mostrando que não há nada na Bíblia que se oponha a esse uso. É verdade que algumas irmãs esquecem da moderação nesse assunto. Daí a querer taxar todas as irmãs que usam calça comprida de liberal é outra coisa totalmente diferente. Isso porque percebo que existem irmãs que sabem usar calças compridas com moderação. E mesmo que alguém use sem moderação deve-se saber lidar com estas irmãs com brandura, paciência e sabedoria, pois estamos lidando com o rebanho de Deus. Não é deixar de tratar do assunto, mas tratá-lo com sabedoria, na igreja e em particular, se for preciso.

    O mesmo acontece com relação ao uso de pinturas. Há as que se excedem e as que não. Então, não podemos estabelecer o mesmo critério para todas. E todas essas questões devem ser tratadas com muito tato, oração e visitação aos que estão em falta nesse ponto. Devemos lembrar que estas questões são importantes, mas não são o centro da nossa fé. Algumas delas envolvem uma questão pessoal de consciência, como é o caso da pintura corretiva.

    Minha esposa, p.e, apesar de ser uma jovem senhora, não gosta de usar calça comprida, nem pinturas(nem em cabelo, rosto e unha). Eu também não gosto de usar nenhum tipo de pintura(apesar de já ter um pouco de cabelos brancos). Mas não ficamos julgando quem acha necessário esse uso. Apenas procuramos orientar os que se excedem e orar por eles.

    Para encerrar, conto-lhe um caso de extremismo que ocorre numa igreja de uma das cidades do interior aqui do nordeste. Uma irmã me contou que nem homens nem mulheres podem vestir bermudas(short) na rua, pois são proibidos por uma norma da sua igreja local. As mulheres têm que usar saia e os homens calça comprida. O problema é que as irmãs às vezes usam bicicletas ou motos. Daí elas para se protegerem do vento precisam usar a saia por cima e uma bermuda por baixo da saia. Agora pense: Tudo isso num calor de quase 40 graus o ano inteiro?! Que absurdo, não é verdade? Isso nunca foi e nunca vai ser marca de santidade ou de modéstia cristã, mas um legalismo digno de uma boa e sincera reprovação.

    Sei que você deve estar pensando que essa deve ser uma igreja daquelas pentecostais bem rígidas, não é? Errado. Infelizmente é igreja nossa mesma. Não vou citar o local por questão de ética. O pior é que naquele lugar nem as igrejas pentecostais seguem mais esse tipo de norma. Incrível, não é?

    Então, na minha percepção, existe esse problema em nosso meio quando se trata de modéstia cristã: Quando não se vai para o liberalismo, vaí-se para o legalismo. Mas, o melhor é seguir o equilibrio que a Bíblia e o Espírito de Profecia ensinam em todos estes temas afim de se evitar esses extremos aborrecíveis a Deus.

    Que a graça e o amor de Deus continue a nos iluminar!

    Responder

  21. Oi Karine,

    Continuando minhas observações sobre tendências legalistas e liberais em nosso meio ao lidarmos com modéstia cristã. Vemos na Lição da Escola Sabatina desse trimestre que Paulo algumas vezes foi taxado de ser um promotor do liberalismo na igreja por discordar fortemente dos judaizantes, aqueles que defendiam a salvação por obras da Lei.

    Sei que corro esse risco também ao me opor ao legalismo às vezes existente em nosso meio. Como sei o Deus a quem sirvo estou tranqüilo quanto a esse tipo de pensamento, contanto que Cristo Jesus seja glorificado. Uma coisa que aprendi em minha vida é não temer a homens. Fazer o que é certo e deixar as conseqüências nas mãos de Deus.

    O que vejo, minha irmã, é o mesmo que ocorria na época de EGW, quando ela escrevia algo, especialmente sobre mordomia cristã, sempre havia grupos que se formavam em dois pólos, um que ia para o legalismo, perfeccionismo e o outro que achava duro demais suas orientações e preferia seguir na comodidade, sem fazer as necessárias mudanças na vida. Ainda bem que havia aqueles mais equilibrados que faziam bom uso dos seus escritos. Hoje também ainda há, graças a Deus. Que possamos estar entre estes.

    Como citei ontem, existem questões que são de consciência. Estas, Paulo orienta que haja tolerância para não fazermos julgamentos uns com os outros. Sobre a questão do vegetarianismo dos Romanos ele diz: “O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu.”(Rom. 14:3).

    Havia entre alguns cristãos de Roma um sentimento de superioridade sobre o outro por causa da comida. Um comia só vegetais e o outro comia carne também. E aí, um se chocava com o outro por esse motivo.

    A resposta de Paulo a esse tipo de postura era o seguinte: “Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar.”Rom. 14:4.

    Como diz a Bíblia: Aquele que está em pé tenha cuidado para que não caia. A tendência do ser humano para julgar precipitadamente é enorme. É muito fácil sairmos de um zelo santo para um zelo sem entendimento. Por isso Jesus advertiu aos seus discipulos: “Adverti, e acautelai-vos do fermento dos fariseus e saduceus.” Mat 16:6. Depois que Jesus explicou: “Então compreenderam que não dissera que se guardassem do fermento do pão, mas da doutrina dos fariseus.” Mat. 16:12.

    O fermento dos fariseus era justamente o legalismo que eles queriam impor às pessoas. Normas criadas por eles que ofuscavam e até suplantavam a Lei de Deus. Eles se consideravam tão santinhos que todos os outros que fossem diferentes deles eram imundos, se sentiam tão santinhos que resolveram matar o Santo, que veio para salvar o pecador.

    Aquilo que é Bíblia devemos seguir. Naquilo que é regra humana devemos avaliar conforme os princípios bíblicos, à luz dos ensinos de Cristo, especialmente os 10 mandamentos, que se resumem no amor, considerando as questões culturais, de tempo, condições. E sempre usar a prudencia e o bom senso na avaliação de tais regras. Onde não há um absoluto bíblico há margem para tolerância.

    É o caso do uso de alianças. Para nós é uma jóia funcional por causa do costume, já nos EUA geralmente entre os adventistas não se usa aliança. Mas sabemos que isso é uma questão cultural. Então, a regra deve ser interpretada dentro da cultura, à luz do princípio biblico de modo a se harmonizar com a Palavra de Deus.

    A mesma coisa em relação à maquiagem corretiva. As adventistas americanas em geral usam maquiagem corretiva, nem por isso podemos dizer que estão vivendo liberalmente ou mundanamente.

    Temos que lembrar que somos uma igreja cosmopolita que já alcançou mais de 200 países. É uma tolice querer que um africano, se vista igual ao americano, ao mulcumano, ou ao indio. Mas dentro de suas culturas há como se aplicar os princípios da modéstia para o vestuário sem deixar de ser bíblico.

    É também tolice querer que as irmãs ou irmãos sigam o mesmo padrão de vestimenta de 200 anos atrás. Alguns alegam que a calça comprida para mulheres foi introduzida por causa do avanço do feminismo, e esquecem que a gravata teve sua origem na cultura pagã e idólatra egipcia. Ou seja, onde não há um absoluto bíblico contrariando uma prática devemos ser mais tolerantes. É o caso do uso moderado de pintura como ficou bem expresso no texto escrito por você. É bem verdade que algumas irmãs mais zelozas não usam, mas por que condenar as que usam moderadamente, quando não há base bíblica para tanto?

    Claro que existem excessos e em algumas igrejas isso se torna a regra. Aí é onde entra o papel da família, da igreja, dos líderes em orientar no caminho certo, sem extremismo, sem condenações, mas com sabedoria, tato e paciência. Como diz um amigo meu: É muito difícil ganhar uma alma para Cristo, mas para afastar(principalmente os débeis na fé) é bem fácil.

    Acontece que alguns tomam suas pressuposições particulares sobre um tema(às vezes, até formalmente corretas) e passam a cobrar de toda a igreja colocando como ponto de salvação e aí passam a agir como modernos fariseus, criticando, julgando, condenando, tratando com aspereza o rebanho de Deus, do qual todos iremos prestar contas. Se soubessem o valor de uma alma para Cristo não abririam nem a boca!

    Sem dúvida, não devemos ser omissos nesses temas tão importantes para a vida espiritual da igreja. Mas devemos lembrar que a lei se não for intepretada sob o prisma espiritual, só formal, ela mata.

    E de nada adianta, se apegar aos detalhes mínimos da mordomia cristã, e esquecer da misericórdia, da justiça e do amor. Façamos aquelas obras, sem no entanto se esquecer destas. Afinal, a essencia da lei é o amor, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.

    Fica com Deus e tenha um feliz sábado!

    Responder

  22. Oi, Karine

    Nunca vi este assunto ser tratado de forma tão clara, meus parabens, como eu poderia passar este material para a minha igreja

    Responder

    1. Olá Manoel!!

      Que bom que gostou do artigo!! Fique a vontade para levar o texto para o pessoal de sua Igreja!! Indique a eles o blog também, temos vários artigos que podem ser interessantes para a sua Igreja!!

      Um abraço!

      Responder

  23. boa tarde

    Não é a maquiagem em si que se torna pecado e sim a forma que se usa.as mulheres adventista tem deixado a desejar com isso, antigamente nao exitia esse negocio de ser para corrigir o rosto. vc corrige o rosto e satanas entorta tua vida, td isso é capa babilonica trazida para dentro da casa de Deus abominen isso mulheres vcs nao precisam de maquiagem para mostra a beleza da criação divina em criar vcs. mais esclarecimento add paulinhoadve@hotmail.com

    Responder

  24. Eu gosto muito de maquiagem, mas venho sentido algo que me fala sobre o pecado da vaidade e creio que seja o Espirito Santo.

    Confesso que quando uso maquiagem, faço uma coisa mais fora do natural. Mas estou disposta a mudar, se é errado. E vou.

    Mas queria saber se quando sair p. um aniversário, casamento..
    Seria também vaidade eu usar de maneira suave, como um rímel, blush leve e base? Estou um pouco confusa ainda, mas quero mudar. Cofesso que agora tô me sentindo como se tivesse perdendo alguma coisa, mas sei que é obra do inimigo.

    Mas se puder me esclarecer isso sobre datas especiais e maquigaem natural ficarei grata.
    Seu texto me ajudou muito e vou passar adiante.

    O que você faz nessas situações?

    Responder

    1. Vivan, para responder a essa pergunta é preciso ter em mente que princípios não se negociam, ok?

      Imagine que seu patrão promova a festa de final de ano da empresa, e te convoque a participar pois estará oficializando algumas promoções de empregados inclusive a sua no momento da festa. É uma ocasião especial, certo? Não só pq é uma festa, mas também porque você será homenageada e receberá uma promoção (que talvez esperou por ela nos últimos anos). Acontece que a festa será de 10h às 15h, no sábado. Você acredita que por ser algo tão especial e importante você poderia abrir mão de observar o santo dia do Senhor, mesmo sendo uma única vez?

      Bem… comecei com esse exemplo apenas para provocar uma reflexão a partir no que escrevi no início de minha resposta: princípios são inegociáveis!

      Os princípios relacionados à modéstia cristã não devem ser negociados assim como nenhum outro princípio que rege nossa vida cristã. Sei que isso pode parecer muito duro, e também sei que a princípio é bastante difícil se arrumar para uma festa com nenhuma ou bem pouca maquiagem, quando se está acostumada a usar maquiagem regularmente.

      Uma amiga que costuma usar maquiagem regularmente, comentou comigo esses dias que vai se casar e que não vai fazer uma maquiagem muito natural não pq como ela ja usa maquiagem no dia a dia, se fizer algo natural vai parecer que está sem nada, então vai fazer algo mais forte. Se ela não usasse maquiagem nenhuma no dia a dia, uma maquiagem reparadora seria o suficiente!

      Você entende que o Espírito Santo está te incomodando a deixar a maquiagem. Eu te aconselho a cuidar muito da pele que Deus te deu e a deixar a maquiagem de lado no dia a dia. Isso já ajudará a não exagerar numa ocasião especial, e a se sentir bela mesmo naturalmente.

      Outro conselho é: SEMPRE pergunte a Deus, quando for se arrumar, o que Ele acha da roupa, da maquiagem e td mais. Não tem como errar assim! Se você for sincera e perguntar a Deus, Ele te incomodará a não fazer algo que vá contra a vontade dEle.

      Por fim, cuide muito da sua vida espiritual e da sua comunhão diária com Deus. Quanto mais sua mente estiver focada nas coisas eternas, menos as coisas que são do mundo te atrairão, e a maquiagem deixará de ser um desafio!!

      Deus te abençoe!

      Responder

  25. Este site realmente é muito esclarecedor,olha eu tenho olheiras e equando as pessoas falam das minhas olheiras pois me dão cara de cansaço e parece que não dormi direito e fico insegura com isto,então uso a maquiagem corretiva que ninguém consegue notar que estou maquiada ninguém nota mesmo e passo um pouco de rimel nos cilios para dar um brilho nos meus olhos pois já não sou bonita com olheiras então!!!!tenho medo de estar no desagrado de Deus!!!

    Responder

  26. Nenhuma das passagens citadas falam sobre a ‘maquiagem’! A vaidade da beleza não é questão de estar bonita e arrumada, mas sim, no ato de julgar ou escandalizar alguém por não ter ‘tanta’ beleza, pois ninguém tem culpa de nascer feia ou bonita. Admiro os adventistas em seu modo de comunhão com Deus! Mas em algumas coisas como de proibir mulheres de usar maquiagem, acho um grande extremismo! Deus abençoe a todas!!!

    Responder

  27. Karine vc não usa maquiagem pois é linda por natureza,queria eu ser bonita assim eu não usria maquiagem!!!eu uso a maquiagem para ver se fico melhor como postei acima eu tenho olheiras,tem gente que me pergunta vc não dormiu não? parece que perdeu a noite porque vc não faz tratamento nestas olheiras??? powwww detesto ouvir isso viu!!! então uso maquiagem que esconde as olheiras!!!! yes!!!a maquiagem que uso não é escandalosa detesto maquiagem”cheguei chegando” uso a maquiagem para tirar olheiras,uso corretivo da cor de minha pele e pó da cor da pele e um rímel leve,para ver se fico com cara de estou acordada!!!

    Responder

    1. Ei querida!!!

      Já me senti patinho feio por muito tempo!! Na adolescência até me senti tentada a aderir ao uso de maquiagem… mas creio que o melhor que fiz foi cuidar melhor do meu corpo – isso inclui minha pele.

      Sei que tem pessoas que tem marcas de expressão e olheiras, e sei que a imagem não fica muito apresentável… aí entra a maquiagem corretiva!!

      O importante é SEMPRE perguntarmos a Deus qual é a vontade dEle!!

      Deus te abençoe!

      Responder

  28. olá!
    gostei muito do artigo, acho que esse tipo de temática deveria ser mais abordada dentro de nossas igrejas. Não uso maquiagem e isso já fez com que muitas pessoas soubessem que eu era cristã antes mesmo de eu falar qualquer coisa! não usar maquiagem nos diferencia do mundo e nos ajudar a testemunhar de Deus por meio do nosso exemplo.

    Responder

    1. Que bom que gostou Alinnie!!! Tb já fui reconhecida como Cristã por isso, e tive oportunidade de dar estudos bíblicos só pq as pessoas me olharam, viram q eu era diferente e vieram me perguntar se eu era de alguma religião!
      😀

      Deus te abençoe!

      Responder

  29. Não sou de usar maquiagem e na verdade sempre achei exagero mudar a expressão facial.Existem certos tipos de maquiagem que fazem a pessoa mudar completamente seus traços originais e considero isso uma falta de respeito ao nosso Criador.Mas por outro lado livre de qulquer influencia mundana e pecadora considero que um maquiagem também pode ser modesta e combinar com a conduta cristã.Eu não uso maquiagem ,uso um batom discreto que evita rachadura nos lábios e protege contra os raios do sol e até realça um tom saudavél e nada mais.Gostei do texto!

    Responder

  30. Quero dizer-lhes que não acho que seja errado,acho apenas que se fazem uso exagerado.Como foi postado aqui,faça-se com descência,ordem e modéstia.Que Nosso Senhor Jesus te abençoe mais e mais.
    Sou da Ass.Deus e gosto muito da sua igreja.Beijos e abraços!

    Responder

  31. Resumindo: O que interessa é a maquiagem de dentro ou a de fora?
    Os fariseus oravam alto nas praças para serem ouvidos e admirados pelos jejuns: maquiagem de dentro

    Raabe teve grande importância, tanto é que Jesus, nosso Senhor, veio de sua linhagem: maquiagem por fora

    No fim de tudo, no final das contas, isso não vai contar ponto nenhum. Não soma nem abstrai. Só serve pra gente ter o que dizer e rotular.

    Responder

    1. Olá Kátia, o que importa de fato é o que está dentro e não fora. Contudo, o que está fora, precisa ser coerente com o que está dentro.

      Os fariseus não eram orgulhosos só por dentro! Eles eram por dentro e por fora! É unicamente através dos atos deles (o que estava fora) que podemos dizer isso.

      Raabe vivia uma vida distante dos designios divinos, mas foi transformada e passou a viver segundo a vontade de Deus. Quando Deus operou na vida de Raabe Ele agiu por dentro e por fora.

      No fim chegamos ao seguinte ponto: rotular as pessoas é algo completamente distante do que Deus deseja, por isso mesmo, cada um deve avaliar a si!! Os princípios bíblicos não devem se adequar a nós, mas nós devemos nos adequar a eles. O princípio é o mesmo para todos, e a única coisa que fizemos aqui foi apresentá-lo. O julgamento pertence a Deus e a avaliação a cada um individualmente!!

      Deus te abençoe!!! =D

      Responder

  32. As vezes entramos nesta discussão porque imaginamos que maquiagem é pecado.

    Usar maquiagem é alimentar sua iniquidade; pecado, transgressão só se constituem naquilo que está prescrito na lei. E usar maquiagem não esta previsto na lei.

    Mas usar a maquiagem é iniquiadade, pois iniquidade é tudo aquilo que fortalece nossos instintos carnais – vaidade, egocentrismo, orgulho etc. A maquiagem faz isso.

    Nãio se preocupem, usar maquiagem não é pecado; mas cuidado, usa-la pode fortalecer sua vaidade e orgulho, levando ao pecado propriamente dito.

    As pessoas que usam de maquiagem são imaturas espiritualmente; elas não percebem que isso afeta sua espiritualidade – pois é iniquidade.

    A imaturidade deve ser tratada com tolerância e compreensão na igreja. Da mesma forma que o uso de jóias, roupas sensuais etc.

    Responder

    1. Olá irmão Pastor!

      Não sei se concordo com a sua distinção de pecado e iniquidade, mas discordo que para algo ser pecado precise estar no decálogo (quando o irmão diz lei, me pareceu referir-se apenas ao decálogo). A Lei de Deus é muito mais do que só o decálogo. Ellen White comenta que “Deve-se tornar claro aos que desejam orações por seu restabelecimento que a violação da Lei de Deus, quer natural quer espiritual, é pecado, e que, a fim de receber Suas bênçãos, ele deve ser confessado e abandonado.” (A Ciência do Bom Viver, p. 228). Lei natural (que grosso modo, trata dos assuntos relacionados à nossa saúde) não faz parte do decálogo, se o entendemos como simplesmente os 10 preceitos estabelecidos.

      Contudo, quando Jesus esteve aqui Ele ampliou o entendimento da Lei. Quando a Bíblia resume a lei de Deus em amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo, ela não está reduzindo a lei, como muitos dizem, mas ampliando. Isso significa que se Deus diz que meu corpo é o templo do Espírito Santo e me dá orientações de cuidados para com este corpo, e eu uso drogas que destroem este corpo, estou pecando, pois não estou amando a Deus. Acho que precisamos entender que a Palavra que sai da boca de Deus é Lei. A vontade de Deus é Lei. Desobedecer a Deus é pecar!

      O decálogo prevê que matar é pecado, mas na Bíblia encontramos histórias em que Deus ordenou a seus servos MATE. Deus estava mandando o homem pecar? Não! Se eles não matassem estariam pecando, pois estariam desobedecendo a Deus. A lei vai além das palavras contidas no decálogo. Se entendo isso, entendo que muitas coisas que não estão escritas lá fazem parte da lei. Tudo que vai de encontro à vontade de Deus é pecado, desobedecer a Deus é pecar.
      Quanto à vaidade, EGW inclui numa lista de “formas como o pecado se apresenta”: “O orgulho, o egoísmo, a vaidade, o mundanismo – o pecado em todas as suas formas – precisa ser vencido, se quisermos entrar em comunhão com Cristo.” Mensagem aos Jovens, p. 118. Diante disso, preciso acreditar que orgulho, egoísmo, mundanismo, e a vaidade (que citamos aqui neste post) são formas através das quais o pecado se manifesta!

      Mais do que nos preocupar com maquiagem, devemos nos preocupar em servir a Deus como Ele deseja!!

      Deus nos abençoe!

      Responder

  33. Estou pesquisando para tratar desse assunto em uma reuniao de menbros,saiba que vc me ajudou muito com seus comentarios. Que Deus continue te iluminando e te abensoando.

    Responder

  34. Olá
    Bom ,desculpa mas eu vou descordar com o pastor, eu uso maquiagem e minha vida espiritual é bem mais forte do que muitas pessoas q não usam maquiagem dentro da igreja , o uso de joias tbm não afeta a vida cristã desde q vc não coloque seu “eu ” em primeiro lugar , acho que é mt facil julgar as pessoas pela sua maguiagem ou até uso de joias sem saber o coração dela ! obg!

    Responder

  35. Olá Genilson,
    fico feliz em saber que ajudamos de alguma forma!! 😀

    Olá Maria Emília!
    Você tocou numa questão muito importante – colocar o “eu” em primeiro lugar. Acredito q existem muitas mulheres que usam maquiagem e jóias e são muito mais sinceras e tementes a Deus do que muitas mulheres que não fazem uso desses adornos. Contudo, quando mais do que cuidar de nossa vida espiritual, devemos lembrar que somos espetáculo para o mundo.
    Não temos a capacidade de julgarmos a vida espiritual uns dos outros, pois só Deus conhece nosso coração! Contudo, precisamos estar atentos ao testemunho q damos a outras pessoas. Para a irmã, a maquiagem pode não colocar em risco sua vida espiritual, mas para outras pessoas, a maquiagem é uma grande dificuldade com a qual lutam diariamente. Se é difícil largar, é porque está ocupando um lugar muito importante na vida dessas pessoas. Conheço pessoas q desistiram da fé porque não conseguiam viver sem as jóias. Na verdade, elas não conseguiam negar ao EU.
    Modéstia é negação do EU, é vida pra Cristo, é refletir Cristo e não a moda!! Que cada um examine o seu coração, pois Deus examinará de todos nós!!

    Responder

  36. Com ctz.. essa eh a materia mais “badalada” do blog.
    Dah pra saber facilmente o porquê neh..
    um assunto hiper polemico, q mais uma vez a Karyne teve a coragem de comentar, naum se preocupando em agradar suas leitoras senao somente indicar, a luz da biblia, a vontade de Deus.

    Meu contato com a maquiagem, eh bemm raro.
    Mas ainda assim, esse artigo me fez parar pra pensar no porque da sua utilização.
    Qual a funçao corretiva de uma maquiagem para alguem aos 20 anos como eu?! rs..

    obrigada pelo alerta..
    q Deus continue te abençoando!

    Responder

  37. olá muito bom esse assunto sobre maquiagem.muitas mulheres precisam ouvir e ver o que bom de vez em quando.respostas excelente.estam de parabéns.bjss

    Responder

  38. Gente é incrivel certas coisas que podemos perceber em nas atitudes de algumas pessoas.Por exemplo:Tem gente que quando compra uma roupa não compra porque gostou e ficou legal em seu corpo.Compra para os outros terem alguma opinião sobre ela,do tipo:Nossa que roupa linda ,deve ser cara!Exibem a marca do tênis que as vezes pode ter custado o sálario inteiro e mais um pouco.´Já vi até mulher que quer engravidar para exibir barriga,é o cúmulo.E na maquiagem também pode acontecer algo semelhante.

    Responder

  39. Há dias vinha me perguntando sobre o uso de maquiagem e orei a DEUS pedindo uma resposta. Sempre gostei de maquiagem desde pequena, mas há 12 anos atrás quando me tornei adventista larguei todas as práticas “mundanas”. Ultimamente voltei a usar uma maquiagem leve(pó,rímel,baton em tom claro ou gloss).Por um acaso descobri este blog e vi esta matéria sobre maquiagem. Mesmo assim não consigo achar que estou errada.Será que o Espírito Santo deixou de atuar em mim? O que DEUS quer de nós não é somente o nossos corações? E nossa auto estima não é levada em conta? Que mal tem em você querer se sentir bem e bonita? Conheço algumas cantoras cristãs que usam maquiagem. Podem assistir aos dvd´s ou programas da Novo Tempo que lá estão elas maquiadas e produzidas(Sem exageros). Acredito que isso não as impedem de louvar e exaltar o nome de DEUS. Quanto a escandalizar ao irmão tudo que fazemos sempre terá alguém que irá discordar ou falar mal por alguma atitude errada.Depende da visão de cada um. Acho siceramente que não estou errada mas, estou aberta para a resposta de DEUS e aberta a mudanças em minha vida se essa for a Sua vontade. Obrigada por nos orientarmos em diversos assuntos importantíssimos para a caminhada cristã. Que DEUS a abençoe sempre. Um baraço!

    Responder

  40. Boa noite minha amada irmã, graças ao Senhor que existe pessoas lavandas no sangue do cordeiro como voce, que procura evangelizar e viver verdadeiramente a palavra de Deus, desde de aceitei Jesus na minha vida , fui totalmente transformada, essas tais coisas mudanas(maquiagem) foram arrancadas do meu ser e desde então me sinto muito feliz por conhecer a verdade.A 10 anos prego e vivo a palavra e sou bastante criticada, até porque Deus me usa no dom de exortação, mas já estava pensando que eu era a unica em saber que Deus não se agrada dessas coisas. Realmente somos a menina de seus olhos, e não precisamos do enfeite exterior, o problema que muitas irmãs pensarem que Jesus não olha para esses detalhes.Acham que o sal da terra precisa de ser colorido.
    Parabens pelo seu artigo, continui sempre no conhecimento de Deus, e nunca deixe de agir na presença do Senhor JESUS.

    Responder

  41. olá pessoal, gostei muito do assunto da maneira como foi abordado aqui,sou adventista de berço e sei a dificuldade dos pastores em contextualizar com detalhes sobre usos e costumes na igreja,(digo isso pois pouco se comenta sobre esse assunto e vejo mundo tomando conta da igreja), creio que devemos consultar sempre os escritos do espirito de profecia e temos a obrigação de falarmos sim!!! Que ninguem seja ignorante quanto ao assunto(vaidade).Gosto de eclesiates 9:11 (faça tudo o que quiser e siga os desejos do seu coração, mas lembre se de uma coisa: DEUS o julgará por tudo o que você fizer). Que DEUS nos ajude a irmos de volta aos princípios.

    Responder

  42. Obrigada minha querida irmã, eu também penso da mesma
    forma que você,é difícil encontrar uma igreja hoje que
    preserva a verdadeira doutrina de Cristo, a maioria tem
    se entregado as vaidades e ao lucro financeiro, mais é
    bom saber que ainda existem pessoas como vc que defende
    a verdadeira doutrina ensinada por Jesus…Acredito que
    Deus te usou muito minha amada.

    Responder

  43. Sou assembleiana, não costumo usar maquiagem, usei no baile de debutantes da minha sobrinha, e uma leve maquiagem em meu casamento, pus também um discreto colar e brincos, fui então crucificada por minha irma que algum tempo é adventista, o que me deixou profundamente chateada, como se eu estivesse na lama do pecado, mas que o Senhor tenha misericordia dos que apontam os irmãos.

    Responder

    1. Olá Simone!

      O julgamento não pertence a nós humanos. Por mais que alguém possa estar errado, não temos o direito de “crucificar” ninguém. Contudo, aquele que é “crucificado” deve refletir até que ponto a exortação feita não é verdadeira (mesmo que o modo como foi feita seja inadequado).

      Que Deus lhe conceda discernimento espiritual, e à sua irmã tb!

      Responder

  44. olá, que legal gostei da profundidade com que é tratado o assunto, sou adventista há 5 anos sou jovem mais sempre tive receio sobre usar maquiagem seja ela qualfor em que temo. Espero que as mulheres adeventistas de renomes conhecidos como cantoras,mulheres de pastores tenham também essa conciência é visão sobre maquiagem… não é que eu queira ser radical muitas por ser líderes não dão o exemplo de cristo…. bjs..

    Responder

  45. olá, gostei da profundidade com que é tratado o assunto, sou adventista há 5 anos sou jovem mais sempre tive receio sobre usar maquiagem seja ela qualfor . Espero que as mulheres adeventistas de renomes conhecidos como cantoras,mulheres de pastores tenham também essa conciência é visão sobre maquiagem… não é que eu queira ser radical muitas por ser líderes não dão o exemplo de cristo…. bjs..

    Responder

  46. quero saber se os jovens da igreja podem usar cabelo moicano ? sou mãe de um adolescente de 19 anos e já falei com ele q e errado … oque fasso? falo para ele usar o´cabelo ou eu provo pra ele na bíblia q ta errado onde esta escrito e oque devo fazer??

    Responder

  47. como é inspirador este site,q tudo q viemos vestir,comer,falar seja para honra e gloria de nosso Deus.ñ é fácil, mas se perseverarmos Deus nos dará a vitoria…

    Responder

  48. amei a matéria vou passar para as mulheres e adolescentes da minha igreja isso vai fazer com que pensemos melhor sobre o uso de maquiagem e de esmaltes nas unhas!!!
    obrigada por sempre estar trazendo assuntos de nossos interesses!!

    Responder

  49. ameiii,as vezes fico preocupada em relação à esse assunto..uns dizem q é doutrina,outros dizem q é pecado,fico confusa,mas é evidente q toda mulher,bem maquiada chama mais atenção,e eu penso q nós cristãs temos q ser exemplo…temos q atrair os bons olhares,do tipo…olha ali tá uma serva do Senhor e não é certo querer ser desejada,isso só fará bem para o ego..mas Deus com certeza não se alegrará,até pq não sabemos o olhar de quem vamos atrair,homens solteiros ou casados…o homem peca pelo oq ele vê…

    Responder

  50. Testemunhos Seletos – Volume 1 Página 600
    O mundanismo e o orgulho que dominam por toda parte não servem de desculpa para um cristão fazer o que os outros fazem. Disse Deus: “Não seguirás a multidão para fazeres o mal.” Êxo. 23:2.
    Não brinqueis, minhas irmãs, por mais tempo com vossa própria alma e com Deus. Foi-me mostrado que a principal causa de vossa apostasia é o amor que tendes ao vestuário. Isto leva à negligência de sérias responsabilidades, e mal vos achais possuidoras de uma centelha do amor de Deus no coração. Renunciai, sem demora, à causa de vosso desvio, pois é pecado contra vossa própria alma e contra Deus. Não vos endureçais pelo engano do pecado. A moda está deteriorando o intelecto e carcomendo a espiritualidade de nosso povo. A obediência à moda está penetrando nossas igrejas adventistas do sétimo dia, e fazendo mais que qualquer outro poder para separar nosso povo de Deus. Foi-me mostrado que as regras de nossa igreja são muito deficientes. Todas as manifestações de orgulho no vestuário, proibidas na Palavra de Deus, devem ser motivo suficiente para disciplina na igreja. Caso haja continuação em face de advertências e apelos e ameaças, perseverando a pessoa em seguir sua vontade perversa, isto poderá ser considerado como prova de que o coração não foi absolutamente levado à semelhança com Cristo. O eu, e unicamente o eu, é objeto de adoração, e um professo cristão assim induzirá muitos a se afastarem de Deus.
    Há sobre nós, como um povo, um terrível pecado – termos permitido que os membros de nossa igreja se vistam de maneira incoerente com sua fé. Cumpre erguer-nos imediatamente, e fechar a porta contra as seduções da moda. A menos que isso façamos, nossas igrejas se tornarão desmoralizadas

    Responder

  51. Ola Karyne. Sou batista e estava procurando artigos sobre a vestimenta cristã. Amei seu blog!! Entendí o uso de maquiagem (tenho a pele acneica e olheiras) e de roupas modestas, mas tenho duas dúvidas: sou cabeleireira, faço maquilagem e vendo bijouterias. Como posso oferecer meus serviços sem pecar? Muitas de minhas clientes não são cristãs e comprarão de outras cabeleireiras. Outra dúvida: não devemos gastar com ouro, mas e com brincos pequenos e de baixo valor?? Os brincos me deixam feminina. Desde já, agradeço.

    Responder

  52. fatima nao sei qual e o seu conceito de bonita mais veja so essa! uma mulher estava diante do espelho se maquiando esua filha de apenas 5 ano observava curiosamente. e perguntou mamae porque a senhora esta fazendo isto? ea mae respondeu e pra ficar bonita minha filha!entao a menina perguntou inosentemente e porque nao fica? o conceito de beleza somente Deus pode ver em nos q Deus te abençoe.

    Responder

  53. olá PAZ em CRISTO,
    que o SENHO JESUS continui abençoando atodos vocês
    irmã a mulher adventista não deve de forma nenhuma usar maquiagem seja ela qual for pois DEUS as fez perfeitas.
    e quanto mais tentamos ageitar mais danificamos.

    Responder

  54. A maquiagem quando usada e de modo exagerado passa a mensagem de indecente mas quando é usada para corrigir e para passar uma cara de saude usando por exemplo uma sombra de cor clara so para realçar o olho e um pozinho ou ate mesmo um rimeo que hoje ja tem ate transparente so para realçar os cilios . Ñ acho errado usaar maquiagem moderadamente se fosse as mulheres que participam da tv novo tempo tbm ñ poderiam e usam. eu uso maquiagem ñ extravagante

    Responder

    1. Olá Aninha!

      Muito obrigada por sua visita e contribuição!!

      Gostaria apenas a convidá-la a refletir em duas partes de seu comentário:
      “Ñ acho errado usaar maquiagem moderadamente” – Muitas pessoas não acham errado muitas coisas. É por isso que existem tantas igrejas cristãs hoje, pois cada um interpreta a bíblia de acordo com o que acha, e poucos valorizam realmente o “assim diz o SENHOR”. Não estou dizendo que vc não se importe com o que o Senhor nos diz. Gostaria apenas que refletisse um pouquinho sobre até que ponto o que vc acha é o que Deus acha. Você pode estar correta em seu pensamento, mas minha intenção aqui é levá-la a refletir sobre o pensamento de Deus e a argumentar com base no pensamento dEle. Mesmo que vc pense como Deus pensa acerca de um assunto, é melhor dizer o que Deus pensa do que o que você pensa, não acha!? 🙂

      “se fosse as mulheres que participam da tv novo tempo tbm ñ poderiam e usam” – as mulheres que participam na TV Novo Tempo são humanas como nós, assim como as maquiadoras da TV Novo Tempo são humas como nós e tão sujeitas a errar como nós. Então, gostaria de apelar, não só para você, mas para todas as moças e senhoras que nos lêem, que busquem referência direto de Jesus Cristo!!! Imagine se a partir do próximo ano a TV NT proibe o uso de maquiagem das apresentadoras pq entende que é errado (isso é só uma suposição para eu exemplificar meu argumento). Então, só pq elas deixam de usar maquiagem, o uso da maquiagem passa a ser errado para todas as demais mulheres? É importante pensarmos nisso porque muitas vezes ouço moças argumentando sobre seus hábitos, justificando no hábito de outras pessoas que não necessariamente estão corretas, mas são pessoas que estão em evidência e por isso se tornam exemplo.

      Mais uma vez agradeço sua visita e contribuição, e deixo contigo as reflexões acima!! Parte do objetivo do blog é conduzir-nos a reflexões, então não se chateie com minhas observações!! 😉

      Amigas,
      Sinceramente, eu acredito que é possível que alguém use maquiagem pesada e não peque nisso e outra use maquiagem leve e corretiva e peque nisso. O pecado vai muito além do pó que se coloca no rosto!! Fica aqui a dica para reflexão!!

      Responder

  55. Uma pessoa q usa maquiagem pode ser poldada de louvar a deus no pulpito eu ñ concordo com isso qual sua opinião?

    Responder

  56. 21 de setembro de 2011
    Gostei muito do assunto da maquiagem.Muito oportuno nos nossos dias,e para as mulheres da nossa Igreja.
    Parabens,que Deus lhe abençoe
    Abraços.

    Responder

  57. olá karine gostei do seu blog, mas ainda estou numa duvida tremenda sobre o uso de maquiagem, não quero me inocentar mas eu uso po compacto pra melhorar minha aparencia, não gosto de chamar atenção e pra ser sincera acho muito feio maquiagens fostes com o olho roxo, baton vermelho, muito lápis no olho… tudo fica muito escandaloso estou com dúvidas , pois se eu tiver errada quero abandonar, pois o bom é obedecer a Deus e fazer sua vontade, peço que me ajude, abraço!

    Responder

    1. Olá Daniela!! É lindo ver uma serva de Deus com um desejo sincero de fazer a vontade dEle!
      Posso te desafiar a uma experiência ainda mais intensa com o Senhor? Separe alguns dias (uma semana, 15 dias, ou mais) para acordar de madrugada, orar, ler um texto da bíblia ou espírito de profecia e perguntar a Deus o que Ele acha do pó compacto, e da pouca maquiagem que você usa. Me avise por email (contato@mulheradventista.com) que dias você fará isso, e estarei de madrugada orando por vc durante esses dias também.
      Pergunte a Deus a opinião dEle e peça que o Espírito Santo dEle te incomode a fazer a Sua vontade e te dê entendimento claro do assunto. Topa o desafio? Se eu puder desafiá-la ainda mais, sugiro que o texto lido na madrugada seja o livro “Reavivamento Verdadeiro” de Ellen White.

      Tenho certeza que essa dúvida será respondida pelo Senhor! 🙂

      Fique com Deus!

      Responder

  58. Porque a maioria das resposta são dadas atráves de livros como(“Reavivamento Verdadeiro” de Ellen White)porque não usar somente a palavra de DEUS, pois todos que escrevem os livros tmbm são seres humanos e tmbm erram ex: (as mulheres que participam na TV Novo Tempo são humanas como nós, assim como as maquiadoras da TV Novo Tempo são humas como nós e tão sujeitas a errar como nós).
    Sempre surgem um comentário (É por isso que existem tantas igrejas cristãs hoje, pois cada um interpreta a bíblia de acordo com o que acha, e poucos valorizam realmente o “assim diz o SENHOR”). E sera realmente que elas estão erradas em dizer a seus fieis que o mais importante Mc 12.30-31 (30 Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças.

    31 E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses

    Eu interpreto Que se eu amar a Deus com todo meu coração alma e entendimento e ao meu próximo com a mim mesma, uma maquiagem se exageros não vai me afastar de DEUS ou até interferir na minha espiritualidade.

    Agora o que vcs interpretam sobre essa palavra é interessante, me explique,poi eu tenho outra interpretação.

    (Jesus é Senhor do Sábado Mt 12.2-6)
    2 Os fariseus, vendo isso, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos estão fazendo o que não é lícito fazer no sábado.

    3 Ele, porém, lhes disse: Acaso não lestes o que fez Davi, quando teve fome, ele e seus companheiros?

    4 Como entrou na casa de Deus, e como eles comeram os pães da proposição, que não lhe era lícito comer, nem a seus companheiros, mas somente aos sacerdotes?

    5 Ou não lestes na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?

    6 Digo-vos, porém, que aqui está o que é maior do que o templo.

    7 Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios, não condenaríeis os inocentes.

    Lembre-se vcs são Humanos e eu tmbm!!!
    Fique com Deus!
    Também é questão de interpretação né?

    Responder

    1. Apenas uma observação: O mesmo Espírito que inspirou Ellen G White, inspirou todos os escritores da Bíblia, que eram tão humanos como você e eu. Se você é adventista do sétimo dia, esse é um conceito básico, e a discussão se faz desnecessária. Caso não seja uma adventista do sétimo dia, gostaria de desafiá-la a conhecer mais de perto esses escritos inspirados!

      Responder

  59. Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios, não condenaríeis os inocentes.
    Mt 12.7

    Responder

  60. Será que o povo de Deus vestindo-se assim – usando (homens) terno e gravata, chapéu, etc; e as mulheres usando vestidos compridos, sem mangas cavadas, não pintar as unhas, não usar maquiagem, não se depilarem, não usarem jóias – precisa disto para mostrar que é separado ou que é digno?
    Os fariseus oravam alto nas praças para serem ouvidos e admirados pelos jejuns: maquiagem de dentro

    Será se não estamos nos comportado como fariseus?

    Também é questão de interpretação né?

    Lembre-se vcs são Humanos e eu tmbm!!!
    Fiquem com Deus!

    Responder

    1. Leila, o erro dos farizeus não estava concentrado no que faziam, mas nos motivos que tinham para agir como agiam. Zelo é importante sim, mas o princípio por traz do Zelo deve ser o amor.

      A modéstia cristã é algo que Deus espera do seu povo sim. Se você é uma adventista do sétimo dia, pode ler o livros do Espírito de Profecia e encontrará claramente afirmações de que SIM, NOSSO VESTUÁRIO DEVE SER DIFERENTE, e NÃO, NÃO É UMA QUESTÃO DE INTERPRETAÇÃO. Só existe 1 Deus e uma só verdade…. Ele não nos deu autoridade para cada um fazer sua interpretação de Sua ordens. O que Ele nos pede é Lei, e ponto final… esse deve ser o nosso pensamento! 🙂

      Responder

  61. Leila Fonseca

    A palavra “checed”, traduzida como “misericórdia” na Almeida Revista e Atualizada, significa “bondade” num sentido mais amplo, a bondade que tem a ver com a lealdade a Deus. A New American Standard Bible, por exemplo, traduz: “For I delight in loyalty rather than sacrifice”. É como se Deus estivesse dizendo: “Lealdade a Mim é que Eu quero e não holocaustos”. O sentido é o mesmo de 1 Samuel 15:22: “Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à Sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar e o atender melhor do que a gordura de carneiros.”

    Deus está condenando um falso motivo para ser leal e não a lealdade em si.

    Sacrificar sem lealdade é abominável a Deus, porém é impossivel ser leal sem sacrifícios. [toma tua cruz e siga-me]

    Responder

  62. fREQUENTO A IASD E CONTINUO SANDO BRINCOS ,PULSEIRAS DE BIJU É CLARO ….Ñ TENHO GRANA P /USAR OURO …..SINTO-ME MUITO BEM ……Ñ CONSIGO VER MALDADE NENHUMA …..TENDO EM VISTAS Q EM OUTRAS IASD TIPO EUA /SÃO PAULO /BARRA QUE USAM E SEM NENHUMA CONDENAÇÃO …….ME AJUDE …..POIS COMO FREQUENTO PERTO DE CASA E Ñ POSSO SER 2 ….PORQUE DEUS ESTÁ EM TODOS OS LUGARES …VOU MIGRAR P/ OUTRA iGREJA COM CERTEZA A PRESBITERIANA NA QUAL Ñ ESTAREI EM ESCANDALO ……E GUARDO O SÁBADO POIS CREIO NA GUARDA DESTE MANDAMENTO …….

    Responder

    1. Olá Maria, se você se sente confortável usando jóias, gostaria de desafiá-la a fazer algo muito especial!!

      Acorde de madrugada todos os dias, leia os textos relacionados à modéstia cristã (tanto na Bíblia como no Espírito de Profecia) e ore a Deus pedindo que Ele te responda claramente sobre essa questão. Ele já respondeu a muitas mulheres sobre esse assunto, e também responderá a você. Basta orar de forma sincera, desejando realmente fazer a vontade dEle.
      Se você perceber que não tem o menor desejo de abandonar as jóias caso isso seja o seu dever, ore a Deus pedindo misericórdia, pois devemos estar dispostos a abandonar tudo que o Senhor pedir. Nada pode ser suficientemente ligado a nós que não possamos deixar por Cristo. Então, ore muito caso perceba essa indisposição, pois ela pode atrapalhar vc a ouvir a voz de Deus na madrugada, respondendo à sua dúvida! 🙂

      Só mais uma coisa: Não fique trocando de igreja para encontrar uma que se adeque a você. É você que precisa se adequar à vontade de Deus!!! Se você conhece uma igreja que segue a vontade de Deus, é você que precisa se adequar a ela!! =D

      Que Deus a abençoe!

      Responder

  63. A PENA INSPIRADA DIZ,QUE SATANAS E ADMIRAVEELMENTE BEM SUCEDIDO ENQUANTO A MENTE DAS MULHERES ESTIVER CHEIA DO FEBRICITATE DESEJO DE SEGUIR A MODA SUAS SENSIBILIDADES MORAIS SERÃO FRACAS,E ELAS NÃO PODERÃO SER DESPERTADAS PARA COMPREENDEREM SUA VERDADEIRA CONDIÇÃO ESPIRITUAL.SÃO MUNDANAS,SEM DEUS,SEM ESPERANÇA. 3V,ME PG 245

    Responder

  64. quando alguem asenta em uma cadeira e não esta bom, acaba se asentando em várias, e ainda não esta bem o problema não é a cadeira,+ssim na pessoa.

    Responder

  65. ANTONIO F DIAS vc´p/ aconselhamento nada ver …….sem espiritualidade nenhuma ……..Vinde como estais ….essa msg p/ vc ñ existe ……e quem é vc p/ me chamar de mundana …….??????
    TEMOS QUE REVER O CONCEITO DE VAIDADE ????? TENIS de R$500,00,sapatos de R$1.200,00,Relógios carissimos …..
    Pense nisso tb …….e chega pq sei muito bem o TEMOR /A DORAÇÃO E O CONTATO COM DEUS
    E VC VAI APRENDER A ACONSELHAR …….

    Responder

  66. Karyne M. Lira Correia
    Obgda pela AJUDA…..
    e TENHO JUNTO COM MINHA FILHA QUE É ADVENTISTA FEITO O ESTUDO DA LIÇÃO ….O CULTO FAMILIAR … OUVIDO A NOVO TEMPO E TEM ME AJUDADO E FORTALECIDO …

    “Se a herança depende da Lei, já não depende de promessa. Deus, porém, concedeu-a gratuitamente a Abraão mediante promessa”

    (Gl 3:18).

    Responder

  67. Olá, gostaria de saber, porque as mulheres adventistas não podem usar nem jóias discretas e que não trazem escandalos para o seu corpo?
    Pois também, fiquei sabendo que alguns templos adventistas permitem o uso de adornos discretos, e outros não, se fosse algo biblico era para todos os templos não permitirem, certo?
    OBS:Digo templo, pois quem faz a igreja somos nós, seres que adoramos o senho e temos um coração puro voltado para a sua adoração.
    Ah, por ultimo, a ultima pergunta: Se tivermos um coração voltado para a adoração do Senhor, ajudando o próximo e vivendo em sua função(DEUS), ele vai ligar para discretas bijouterias?
    Grato.

    Responder

    1. Olá Márcio. Obrigada por sua visita.

      Temos uma seção aqui no Blog chamada “Modéstia Cristã”. Lá você encontrará várias matérias relacionadas ao assunto da sua pergunta. Para acessar a seção, clique aqui.

      Sobre sua última pergunta, minha resposta é: Uma pessoa que tem o coração voltado para a adoração do Senhor, ajuda ao próximo e vive em função de Deus, não hesita em abrir mão de qualquer coisa que possa vir a desagradar a Deus. A partir do momento em que essa pessoa tem compreensão sobre o adorno e que não é propósito de Deus que o usemos, ela abre mão de suas próprias vontades em função da vontade do Deus a quem ela serve! 🙂

      Responder

  68. Amada irmã, sou eu dinovo, rs, gostaria de saber se as mulheres adventistas podem depilar a perna, tirar sombrancelha, cortar o cabelo e tingi-lo, essa é uma duvida que não sai da minha cabeça, sei que estou pergurtando nos cometários da matéria errada, mas quero tirar todas as duvidas, pois sou de outra igreja(mas sou evangélico tambèm)e quero saber como são suas doitrinas.
    Desde já agradeço pela atenção e educação.

    Responder

  69. maria eliza .eu não estou te acoselhando apenas dei minha opnião , alias se conselho fosse bom não estaria dando.acho q vc é mais espirituosa doque esperitual cuidado um pouquinho de fermento leveda toda massa.

    Responder

    1. Prezado irmão Antônio, e prezada irmã Maria Eliza,
      Creio que essa troca de afetos é um tanto inadequada, principalmente nesse ambiente virtual que possui propósitos mais elevados. Sugiro que os irmãos orem um pelo outro ao invés de trocar esse tipo de mensagens aqui!

      Agradeço a atenção de vocês e espero que atendam a esse conselho (que ao contrário do que se diz popularmente, é bom sim Antônio, do contrário Cristo não aconselharia a Igreja de Laudicéia e o Espírito Santo não inspiraria EGW a deixar-nos tantos conselhos)!

      Que a paz de Cristo habite em vossos corações!

      Responder

  70. AO LER este artigo deparei com duas coisas,servimos um DEUS não muito inteligente,sempre precisando de uma ajudadinha,a outra um erro de um Pastor que excluiu uma jovem senhora por usar brinco em festa de casamento, como ela ficou bonita de brinco! Ela disse que era apenas para esconder um afundamento entre queixo e pescoço. Não voltou mais a igreja. Creio eu que se todos tornasse adventista do sétimo dia iria fazer iguaisinho o que (mundo) fas hoje, jogar futibol, barralho, sinuca ,jogar no bicho,etc. isto é questão de tempo.

    Responder

  71. Nossa, quantos comentários!! Bom, eu uso maquiagem corretiva (aprendi a fazer uma maquiagem p/ não parecer que estou maquiada), não gosto de exageros.Mas é o seguinte: se eu tenho um tempo maior p/ me arrumar, eu coloco minha maquiagem (corretiva), mas se eu não tenho tempo, não coloco e saio do mesmo jeito, tranquilo, sem problemas. O que procuro fazer é cuidar da minha pele, com alimentação, água, limpeza, hidratação e filtro solar claro, que não abro mão. Mas eu acho que tem mta gente que se preucupa demasiado com quem usa maquiagem, faz disso um empecilho p/ tudo; esquece da pessoa e olha só a maquiagem e acho que não é bem assim. Conheço mulheres maravilhosas de bom coração e que buscam a Deus,que usam pó compacto, isso não me afeta, mas parece que afeta outras pessoas, penso que não deveria afetar. Acho, também, que quem se escandaliza por tudo, deve procurar uma bolha p/ morar. Vamos nos preucupar com o que estamos fazendo, nosso relacionamento com Deus, amar nosso próximo, claro aconselhar no que achamos que ele tem errado, mas primeiro, olhemos p/ nós mesmos e p/ Deus!!

    Responder

    1. Antônio, não entendi muito bem o seu posicionamento!

      Gabriela, é por aí mesmo, não temos que julgar as pessoas, condená-las como salvas ou perdidas, merecedoras ou não da graça de Cristo por conta da maquiagem que usam. A grande questão é, vivemos num tempo em que não é possível mais brincar de ser cristã. Não dá pra argumentar com um professor de faculdade dizendo “não posso assistir as aulas de sexta à noite porque sou adventista” e ao mesmo tempo ao invés de refletirmos a Cristo refletirmos a moda do mundo em nosso corpo, rosto e jeito de ser. Dizer ser cristão e não refletir à Cristo é tomar o nome de Deus em vão e dar falso testemunho! Como isso tudo é sério!!
      Concordo com você! Tem gente que se escandaliza com tudo, que repara tudo nas pessoas, parecem estar sempre vigiando os erros alheios. Contudo, Deus tem me ensinado que Cristo morreu por essas pessoas também! Assim como morreu pelas mulheres não modestas Ele morreu pelas “reparadoras da vida alheia”, e meu comportamento deve ser coerente com a vontade de Deus, para que o escandalizar de alguém não caia sobre mim, mas sobre a própria pessoa. Se uma pessoa se escandaliza por eu fazer algo certo, usar roupas modestas, não seguir as vaidades criadas pelo mundo, adotar um regime alimentar de acordo com o que foi prescrito por Deus, ela terá que acertar o “escandalizar-se” com Deus. Mas se eu dou algum motivo para escândalo porque me desvio, ainda que ao meu ver, muito pouco daquilo que Deus pede, então serei eu que terei que prestar contas a Deus por escandalizar um(a) irmão(ã).

      Toda alma custou tão caro a Jesus, que tenho pensado seriamente nesse assunto nos últimos dias. Eu devo ser luz para as pessoas, e se elas se escandalizarem de ver Jesus em mim, tudo bem, estou fazendo certo em refletí-lo. O que não posso condescender é em não refletir Jesus e com isso tornar-me pedra de tropeço aos demais.

      Você falou algo fantástico também, o cuidado com a pele. Se cuidarmos da pele, se seguirmos as orientações de saúde que o Senhor deixou, não careceremos de maquiagem alguma. Nos sentiremos bem ao sair sem maquiagem, seja para ir ao supermercado ou a uma festa de casamento. Deus é tão maravilhoso que nos deixou receitas até para sermos bonitas (rsrs), pena que muitos insistem em fazer o que querem com o corpo, não seguem as leis de saúde, e depois precisam de muitos reparadores, incluindo a maquiagem!

      Um abraço!!!

      Responder

  72. desculpe não quero magoar as pessoas com minhas opinião,jamais!

    Responder

  73. PREZADOS IRMÃS ADVENTISTAS, A BIBLIA NÃO TEM MEIO TERMO, OU É OU NÃO É , DIZER QUE A MULHER ADVENTISTA SO USA MAQUIAGEM DE CORREÇÃO , PARA FICAR MAIS APRESENTAVEL, REALMENTE É LAMENTAVEL, PARA DEUS O QUE VALE NÃO É A APRESENTAÇÃO E SIM O QUE TEM DENTRO DO CORAÇÃO. PELO VISTO , A IGREJA PREGA UMA COISA, E FAZ OUTRA. VAMOS SER COMO DEUS NOS COLOCOU NO MUNDO.

    Responder

  74. oi Karyne amei a materia o que eu penso no que diz a palavra que guando jesus voutar nos vamos ser trasformados perfeitos ex. quen tinha sicatrizes nao terao mais deficiencia nao terao mais isso e maravilhoso pos sempre obiservo a pessoa quando vive para jesus ela tem um brilho especial que torna ela ou ele lindos.bejos

    Responder

  75. irmã karine obrigado pela maneira de aconselhar as pesoas, que Deus te abençoe pra q seja sempre asim .

    Responder

  76. Olá irmãs Karyne e Emanuele, após ler tudo o que as duas postaram, não posso deixar de me pronunciar. Se me permitem…
    Primeiramente agradeço a Deus por este blog. Bom vamos lá, agradeço a Emanuele por expressar tudo o que pensava, também tenho muitos questionamentos dentro de mim assim como ela… Acredito que em todas as igrejas mundo a fora existem muitas Emanueles que querem servir a Deus mas com muitas dúvidas que surgem no decorrer do caminho… Queremos sem dúvidas agradar ao Senhor! Mas somos seres humanos carregados de imperfeições, mas graças ao bom Deus, temos um Deus de amor e misericórdia para nos ajudar.
    Quero agradecer a irmã Karyne por ser uma irmã guiada por Deus, em dar respostas tão sábias e dentro da Bíblia! Saiba que o diálogo entre as duas muito nos ajudaram, pois tenho visto muitas pessoas deixarem de servir ao Senhor por causa de questões como esta “vaidade”. Bom seria se tivéssemos muitas Karynes dentro da igreja. Penso que devemos nos guiar pelo Espírito Santo. Não devemos ficar cuidando da vida alheia, ou seja, se aquela irmã pinta ou não o cabelo, se usa esmalte vermelho ou base, se usa calça ou saia, etc. etc. etc. Devemos fazer a nossa parte, dentro da doutrina em que o Senhor nos chamou, e orar uns pelos outros, inclusive por nós mesmos que temos tantas falhas…
    Irmã Karyne, Deus te abençoe por este blog, nele estamos aprendendo, expressando (o que muitas vezes não temos com quem falar, compartilhar…)
    Após as leituras pude ver o quanto todos temos dúvidas, temos perguntas a serem feitas, olha posso te dizer que o blog é uma verdadeira terapia!!!
    Bom mas para concluir, penso que realmente os que querem servir ao Senhor devem ser diferentes do mundo, mas que a primeira transformação deve ser interior e depois exterior, e esta mudança quem faz em nós é o Espírito Santo, devemos pedir a Ele.
    Devemos ler as escrituras Sagradas, e pedir a orientação de Deus. E lembre-se “se a tua consciência te acusa, maior é Deus para te acusar” se não te acusa então é entre vc e Deus, ou seja, ninguém deve ficar “cuidando” do outro, cuide de si próprio, que já é o bastante e ore pelos outros!
    O que não pode acontecer (e tenho visto muito) são duas situações: as pessoas sairem da igreja por que querem usar maquiagem, jóias e calças, pinturas etc. ou o contrário pessoas dentro da igreja que se dizem tão santas por não usarem vaidades só que com um coração maldoso, sem paciência, amor, piedade e caridade… O que adianta?
    Esses dias passei por uma grande decepção que gostaria de compartilhar com vcs, fui criticada com olhares por que estava usando um anel dentro da igreja (um simples anel de prata no valor de 30,00) , logo em seguida sentou uma irmã do meu lado com uma bolsa de marca famosa no valor de 3.000,00 e uma saia longa dessa da moda. Ela não foi criticada porque estava toda “composta” e “sem” vaidades! Rsrsrsrs. Dá para acreditar??????
    Bom já vou terminar, peço que por favor compartilhem comigo as impressões que tiveram sobre minha postagem neste blog. Será importante para mim esta troca de ideias. Desde já agradeço. Deus abençoe a todas (os) . Um grande abraço.

    Responder

  77. Olá irmão Gilvan Almeida, o que tenho a dizer é, “faço tuas as minhas palavras”.
    Irmã Karyne, à muitos meses ou anos, venho com muitas angústias em meu coração, sobre diversos questionamentos que tenho dentro de mim. Hoje posso te dizer que primeiramente Deus e depois através deste blog estou com meu coração leve e feliz, e com muito mais vontade de servir ao nosso Deus. Eu pensava que somente eu tinha tantas dúvidas, almejava ouvir uma palavra amiga, e aqui encontrei!!! Muito obrigada, vcs estão nos ajudando a servir melhor a Deus, vc não imagina o quanto estou me sentindo leve… Deus abençoe a todos.

    Responder

  78. POR QUE AS MULHERES DA IGREJA ADVENTISTA,COMO CANTORAS ,APRESENTADORAS,JORNALISTAS,MULHERES DE PASTOR E ETC USAM MAQUIAGEM,CALÇA,SE O POVO DE DEUS TEM QUE SER DIFERENTE E SAE A IGREJA PREGA,QUE O ADORNO DA MULHER É UM TRAGE MANSO ,E IMCORRUPTIVEL?

    Responder

  79. ola nós como povo de deus devemos fazer mais uso do espirito de profecia e da bibria, para não viver coformes pensamos ou suponhamos com respeito á uso de joias e maquiagem,mas num claro assim diz o senhor. q deus abençoe a todos.

    Responder

  80. Olá queridos!!

    Quero agradecer a todos que visitaram esse post e deixaram seu comentários e opiniões aqui! =)

    Obrigada Dagda, Antônio e Dalva pelo carinho e confirmação da necessidade que temos de estar atentos ao que Deus nos diz.

    Norival, concordo com você que a Bíblia não tem meio termo. E não tem mesmo!! A Bíblia em que acredito é assim, “sim sim, não não” como já conversamos em outro post. O assunto da maquiagem possui uma questão que merece cuidadosa reflexão: se a maquiagem está no rosto de outra pessoa e não no meu, a minha opinião sobre essa maquiagem deve ser emitida com cautela, pois só podemos avaliar nosso próprio coração. Como mulher cristã e adventista eu não uso maquiagem no dia a dia. Diante de tudo que estudo e do relacionamento que tenho com Deus, não usar maquiagem foi uma decisão minha, e tem a ver com o meu desejo de servir ao meu Deus. Então você pode dizer, mas eu te vi com maquiagem na TV Novo Tempo. Sim, você viu. O ambiente de gravação de uma TV é completamente diferente dos ambientes que circulamos diariamente. Homens e mulheres precisam de uma maquiagem corretiva para evitar a apresentação de uma imagem pálida e desagradável provocada pela iluminação necessária para a filmagem. Bom… não entendo muito de TV, nem de filmagem, mas acredito que se os apresentadores não usassem algum tipo de maquiagem corretiva, as mesmas pessoas q criticam a maquiagem q eles usam, criticariam tb a imagem pálida com que apareceriam em sua TV. Tenho minhas opiniões pessoais sobre o uso da maquiagem na TV também. Acredito que a modéstia deve-se fazer presente nesse ambiente distinto, e portanto a maquiagem usada deve ser extremamente discreta. Contudo isso é fruto do meu relacionamento com Deus e do amadurecimento espiritual que tenho hoje, que sem dúvida não era o mesmo há alguns meses atrás, muito menos há anos atrás! Não vou condenar as apresentadoras da TV então, porque o julgamento não cabe a mim. O que a Bíblia e o Espírito de Profecia nos ensinam é modéstia, e isso deve começar por mim, e devo vigiar isso em mim, e meu testemunho deve ser coerente com a minha fala!

    Fernanda… eu te faço a mesma pergunta querida irmã. Por que? =)

    Responder

  81. Olha, acho q é uma questão de manter o bom costume pois hj em dia não se diferencia um a cristã de uma ímpia, pq tdas andam iguais.
    Se vc chegar em algum lugar, td cheia de coisa no corpo, é difícil vc ter a identidade de serva de Deus revelada ( não dizendo q quem usa não tem a presença de Deus ).
    Mas acho q é sim pecado, e desfiguração da idd de serva de Deus !! Assim como homem usar saia e vestido !!
    É necessário haver vigilância e naum há como, mudando o q Deus fez, ao usarmos maquiagem, seja da forma q for, estamos dizendo q Deus não fez bom o suficiente, e estamos agredindo-o, da mesma forma q o agradimos com 1 pecado como adultério….

    Responder

  82. Li o seu artigo e tenho que discordar de alguns topicos. The make-up para patiences com derrame cerebral, cancer, e outros diagnosticos estimulam as vibracoes do cerebro, e auto-estima do paciente. Tambem a aplicacao de make-up nos programas adventistas “Esta Escrito”, “A Voz da Esperanca”, e outros mais, os palestrantes, cantores, musicos precisam ser maquiados para nao ficarem palidos com as luzes do palco vindo do teto, no qual parecem doentes. O make-up para a Midia/Televisao tanto adventista como qualquer outro canal e’ necessario para ajudar os cameramen na transmissao ao vivo. E ha’ uma cotacao de Ellen White que e’ bom a esposa se cuidar e o marido tambem. Tudo com moderacao fica bem. KJ – Certified Makeup Artist from Loma Linda – CA – USA

    Responder

  83. devemos ter equilibrio em tudo pedindo sempre a direção de Deus, econfiar no poder transformador do espirito santo, q Deus abençoe a todos

    Responder

  84. Olá! Tomei conhecimento do blog ontem, assistindo Consultório de família e este artigo me chamou atenção.Falou-se muito nas postagens acima, mas para mim não esclarecerem. É fato que a separação entre mundano e cristão – me refiro as “vestes” na IASD – infelizmente está transformando as pessoas ditas povo de Deus. Fui a um vigilia algum tempo atrás e 90% das mulheres estavam se “arrumando” como se fossem a um baile na corte. Ficar bonito, se arrumar nunca foi pecado, mas dizer-se cristão e eu presenciar um comportamento daqueles por parte de cristãos foge aos propósitos (pelo pouco que conheço da Palavra) de Deus para nossas vidas. A questão aqui é uma resposta CLARA sobre o que DEUS deseja para nossa vida, e creio eu que make-up não está incluso nela. Volta e meia os pregadores estão falando sobre a decaída vida espiritual da igreja. Não sou cristã e estou aos poucos frequentando o culto, fazendo leitura biblíca para iniciá-la, mas confesso que para mim é deprimente e dói demais o comportamento que presencio. Infelizmente as pessoas estão brincando no terreno de Satanás, estão brincando de serem cristãos e esquecem que com determinados comportamentos só se afastam e afastam outras pessoas (que ainda não conhecem ou não aceitaram o Cristo como salvador)de Deus. Sempre escuto delas que Deus quer o coração limpo (isso ninguém pode negar), mas quem realmente entende que quando se vive o temor do Senhor um “coração alegre aformoseiará o rosto”; que é desnecessário ao cristão corrigir marcas que a sociedade nos ensina serem “feias”. Creio que Deus nos quer revestidos espiritualmente e arrumados, bonitos fisicamente (com o necessário) de algo que não desvie o foco de pecadores que facilmente se enganam e são levados pelas sutileza do pecado. Muito do que li acima acaba deixando resposta relativa – aliás tudo hoje está infelizmente relativo – mas a verdade divina não o é. Não é fácil manter-se firme (sempre queremos um culpado para nossas faltas), mas quando buscamos, revestidos do Espírito Santo, descansar na “paz de Deus que excede todo entendimento” iremos seguir o caminho estreito de cabeça erguida; confiantes de que nada que o mundo ofereça ou ponha em dúvida nossas escolhas ao caminhar junto a Cristo sejam em vão. Para nossa reflexão Sl. 16:5
    Deus nos guie!

    Responder

    1. Olá Pétala. Seja bem vinda ao nosso blog! 🙂

      Sobre a realtivização do assunto, quando se trata de pecado, existe uma realidade absoluta e uma realidade relativa. A realidade absoluta é a vontade de Deus – se Deus aprova é certo, se Deus reprova é pecado, e ponto final. A realidade relativa tem a ver com o ser humanos, a luz que possui sobre o assunto, e o que vai em seu coração (coisas que não podemos avaliar uns aos outros, mas o Deus que é absoluto pode). Por isso que algumas coisa, incluindo a maquiagem, será pecado se usada por uma pessoa e poderá não ser se usada por outra pessoa.

      Minha posição pessoal – não uso maquiagem, acredito que ela é completamente dispensável no meu dia a dia e procuro cuidar da saúde de minha pele de outras formas. Você me verá com maquiagem em programas de TV, como o consultório de família, pois há uma necessidade técnica devido ao ambiente e equipamentos de gravação, de que a maquiagem seja usada. Nesse caso, não há vaidade nenhuma em mim (e só posso falar de mim) em usar a maquiagem na TV. Se algum dia eu tiver um compromisso importante (casamento, palestra, etc…) e acordar com olheiras, passarei um corretivo na região das olheiras, como já fiz, e pronto, nada mais. Sou filha do Rei do Universo, devo me aprensetar bela ao mundo, mas minha beleza precisa ser, ao máximo, natural, fruto do cuidado que tenho com o templo do Espírito Santo. Algumas pessoas, por sofrerem de doenças dermatológicas, precisarão de cuidados mais especiais, e talvez necessitem usar muito mais que um corretivo em caso de olheiras, para que seu aspecto físico não seja socialmente desagradável. Contudo, para esses casos não é preciso tantas cores e texturas, mas apenas um cuidado que resgate a naturalidade da aparência. Em resumo, nosso posicionamento acerca de assuntos espirituais devem ser guiados pelo Espírito de Deus. O Espírito de Deus me impulsiona a agir assim. Ele me incomoda diante da possibilidade de usar maquiagem e me convida diariamente a ter um cuidado especial com o corpo que Deus me deu, para apresentá-lo belo. Se buscarmos orientação divina, teremos a certeza da vontade de Deus!

      Responder

  85. Oi! Quanto a pessoas que utilizam por motivos corretivos de saúde entendo completamente. Mas, o que me chamou a atenção foi que as pessoas que estavam ao meu redor no dia da vígilia, não eram doentes, entende? Quando você fala:”Por isso que algumas coisa, incluindo a maquiagem, será pecado se usada por uma pessoa e poderá não ser se usada por outra pessoa”, refere-se dentro de um mesmo espaço (neste caso, a IASD)? Neste ponto que está a confusão em minha cabeça. Pétala é de X denominação e Fulano também e ambos têm modos de ver uma mesma doutrina/opção? Onde entra a unidade quando se decide por determinada denominação? Um exemplo comparativo, me batizo futuramente na IASD e decido usar brincos bem pequenos por que não interferem na minha religiosidade. Isso que gostaria de esclarecimento biblíco. Karine terá x posição, a ancião outra, o pastor outra; e a Bíblia, guia para todos os aspectos da vida cristã, fica onde? Por favor, não estou “apertando você na parede”, só quero um resposta clara. Não posso decidir comungar a decisão de seguir a Cristo numa comunidade cristã e não saber como responder de forma segura questionamentos (que certamente me farão algum momento) a outras pessoas.

    Grata!

    Responder

    1. Olá Pétala! Você está corretíssima em seus questionamentos! =)

      Sobre a diferença q vc questiona, entre pessoas da mesma igreja, posso te explicar o seguinte. Depois que conhecemos a Jesus, cada um tem um nível de desenvolvimento espiritual. Estamos desenvolvendo-nos a cada dia, crescendo no conhecimento. Ninguém entra para a Igreja adventista sabendo tudo. Sempre temos algo novo a aprender sobre a vontade de Deus. Se vc experimentar ler a Bíblia todos os anos, perceberá isso, sempre descobrirá uma coisa nova sobre a vontade de Deus, mesmo lendo o mesmo livro pela 5ª ou 12ª vez. A vida do cristão deve ser assim, crescimento espiritual contínuo. É por isso que algumas pessoas possuem mais clareza que outras (dentro da mesma igreja) sobre vários assuntos. Vou apenas dar um exemplo, q não é o tema desse tópico de discussão, mas acho q explica isso q estou dizendo. Sou vegetariana (sem carne, sem ovo, sem letite e derivados), e meu maior motivo para isso é espiritual. Aprendi, estudando a Bíblia e o Espírito de Profecia, que esse é o regime alimentar que Deus deseja que eu tenha. Contudo, nem todo adventista, mesmo tendo acesso aos mesmos escritos que eu são vegetarianos. Não posso, por isso dizer q eles estão pecando. Muitos não entendem algumas coisas da mensagem de saúde da Igreja adventista, e ainda precisam de clareza para tomar essa decisão. Outros, por rebeldia, decidem ignorar essa mensagem. Mas isso é com Deus. Não sou eu q devo julgar. Entende?

      O mesmo ocorre com a maquiagem e vários outros aspectos da modéstia cristã. Alguns não entendem plenamente se é realmente vontade de Deus que nos abstenhamos de algumas coisas, outros entendem e rejeitam a mensagem q entenderam. Novamente, não sou eu que posso julgar essas pessoas e dizer quem está pecando ou não. O dever da Igreja adventista é orientar, mostrar o caminho, mas existem pecados que começam no coração os quais não podemos ter acesso e a vaidade e falta de modéstia é um desses. Você pode estar aparentemente modesta, com uma roupa decente e sem maquiagem ou jóias, mas seu coração pode se envaidecer disso e isso é pecado da mesma forma.

      A Bíblia nos ensina que nosso adorno deve ser nosso caráter. Essa é a mensagem que a Igreja adventista prega. Essa é a mensagem que eu prego. Essa é a mensagem que vc deve abraçar, Pétala. Quem estiver dentro da igreja, rejeitando essa verdade, deverá responder diante de Deus. Se a rejeição da verdade vier a causar opróbrio à Igreja, ela poderá tomar providências. Mas se não vier a causar opróbrio, ficará exclusivamente sobre a responsabilidade de Deus tomar as providências sobre essa rejeição.

      Publicaremos hoje um texto de Ellen White que fala sobre seu questionamento! Agarre-se a Deus, e não deixe a verdade dEle por nada, ainda que os ditos cristãos ou adventistas q vc conhece não vivam toda verdade q a Igreja Adventista possui!!!

      Responder

  86. Primeiramente, esqueci o seu nome e peco desculpas! Mas o que voce escreveu no artigo: “Alguém pode dizer que a maquiagem ajuda na auto-estima da mulher. Queridas amigas, se nossa auto-estima estivesse baseada em algo que sai com água e sabão… quão pouco valeríamos! Nossa auto-estima deve se basear no que somos e não no que fingimos ser, e maquiagem é fingimento, pois não somos aquilo que a pintura produz.”

    Isso vai totalmente contra o oposto do que fazemos aqui em Loma Linda, nas pesquisas com as nossas pacientes mulheres de cancer, de derrame cerebral, de Parkinson, de acidentes faciais, e muitas outras situacoes. E trabalhando na Midia/TV adventista quando temos producoes artisticas da epoca do Antigo Testamento, ou do Novo Testamento, o uso de lapis, corretivo, e outros produtos sao utilizados de acordo com as pesquisas arqueologicas e de Historia, de como eram as mulheres do Egito, de Samaria, e muitas outras regioes.

    Poderia aperfeicoar o seu artigo, porque os medicos dermatologistas, neurologistas, os fonoaudiologistas, todo esse pessoal ai e mais as maquiadoras certificadas como eu ja obtivemos dados de crescimento nos dados de observacoes de auto-estima, diminuicao de dor, diminuicao de depressao, e muitas coisas que ainda estao sendo descobertas ao longo prazo.

    E na televisao, usamos os produtos para voltar o tempo, a era…ao inves de tentar mostrar uma coisa que nunca existiu. Sera que o Egito nunca existiu? Seria uma loucura fazer uma serie sobre o Jose do Egito sem ter pesquisado e estudado toda a Historia da Moda, Maquiagem, e tudo mais que esta sendo transmitido ao vivo.

    A area de Saude e da Midia/TV da IASD, se nao tem conhecimento do que fazemos aqui, poderia visitar Loma Linda Medical Center, e ver como estamos trabalhando. Agora se nao conhece os avancos e estudos e de como e’ feito o trabalho na televisao, seria bom, dar uma melhorada no seu paragrafo, que vai contra os estudos e pesquisas em parceria da equipe medica/saude com a cosmetologia e maquiagem.

    KJ

    Responder

    1. Olá KJ. Primeiramente, meu nome é Karyne (como está escrito no post e no meu comentário q vc leu rs). E o seu, como é?

      Entendo o q vc escreve. Sou pesquisadora, Mestre em Psicologia, não escrevo sobre autoestima como alguém q não entende do assunto, mas como alguém q há 7 ano lida com temas da mente humana. Passei os últimos 2 anos estudando sobre doenças de pele, qualidade de vida e, entre outras coisas, autoestima. De fato, para pessoas com alguns problemas, como os de pele, a maquiagem pode desempenhar um papel auxiliador em processos a se relacionam à autoestima, como os relacionamentos interpessoais. Uma sociedade baseada no culto ao corpo, como a nossa, não tolera imperfeições dermatológicas, por exemplo. Mas ela é somente um auxiliador nesses processos, pq autoestima é algo muito maior do q se olhar no espelho e se achar bonita. Muito mais eficaz q a maquiagem q sai com água e sabão é a reestruturação cognitiva. Não desqualifico de forma alguma as pesquisas q vc citou, mas elas trabalham uma questão muito específica, e sinceramente, esse não é o caso da discussão sobre maquiagem na IASD brasileira.

      Por que uma moça comum, sem doenças dermatológicas, por exemplo, precisa viver maquiada para ter uma boa autoestima? Há algo de Muito errado na mente dessa moça q precisa ser trabalhado. Então meu argumento se refere a isso! Mas farei uma observação no texto, sobre as questões q vc levantou.

      Quanto à TV, acho q vc saiu bem da linha de raciocínio do texto. É óbvio q se a TV deseja reproduzir fielmente uma determinada época, recursos de maquiagem serão necessários. Acho q durante todo o texto não disse nada com o qual vc pudesse questionar se o Egito nunca existiu, então, creio q é preciso ler o meu texto em seu contexto, e não usar fragmentos para discutir algo sobre o qual não estou falando 🙂

      Obrigada por visitar-nos!

      Responder

  87. Esta é uma discussão que há na IASD em que sempre gera polêmica, Cristo está voltando e ainda debatemos questões como esta, ao invés de darmos voos mais altos, mas enfim…

    Antes eu tinha essa dúvida, mas depois ela me foi solucionada por Deus através líderes da nossa igreja. Devemos ter muito cuidado para não escandalizar nossos irmãos mais conservadores, não devemos ser pedras de tropeço, porém isso não impede de que seja feita o uso de uma maquiagem natural, para corrigir e destacar, porém MUITO sutilmente, algo que NÃO ESCANDALIZE NINGUÉM.

    Não existe essa regra de que sombra e lápis não pode, isso vai tudo da intensidade em que você irá usar. Uma mulher pode muito bem só fazer uma maquiagem “corretiva” como foi mencionado aqui, e parecer uma boneca de cera, de tanta base, pós que usou. Está certo? Acho que não.
    Aliás, se maquiagens são proibidas devem ser proibidos em TODAS as situações, inclusive para aparecer em programas de TV da nossa igreja ( fica a dica ).

    Uma maquiagem suave, cores neutras, enfim muito bom senso, não irá desqualificar ninguém, pois o Senhor avalia o coração e quando estamos perto de Deus Ele nos mostra o que é o certo, foi o que aconteceu comigo em relação a maquiagem e outras questões. Devemos sempre orar, o Senhor revela tudo para aquele que tem o coração pronto a fazer Sua santa vontade!

    Devemos nos preocupar mais com nossas obras e como está nossa vida espiritual, estamos ajudando outras pessoas? Estamos abreviando a Volta do Senhor com a pregação do evangelho? Ou somente estamos procurando defeitos nos irmãos? “Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então verás bem para tirar o argueiro que está no olho de teu irmão. ” Lucas 6:42

    Responder

    1. Verdade Fernanda,

      devemos olhar para nós antes de olharmos para os outros. O objetivo dos textos do blog é comunicar a verdade, chamar a atenção para a vontade de Deus, destacar mensagens que muitas vezes não conhecemos por não estudarmos mais profundamente a Bíblia e o Espírito de Profecia.

      Não queremos condenar ninguém, mas provocar uma reflexão pessoal. E essa é a grande questão reflexão PESSOAL. Lendo o texto cada um deve apenas parar e refletir em sua própria vida. =)

      Responder

  88. Maria Eliza Dias De Souza

    Minha querida irmã li o seu comentário e acredite fiquei surpresa com a posição de ANTONIO F DIAS qualificando a nobre irmã, por quem Cristo morreu, de MUNDANA!

    Aconselho a querida irmã a nunca abandonar a fé por causa desses comentários maldosos e malditos.
    O Espírito Santo fará a obra em sua vida, o próprio Senhor Jesus declarou que Ele(Espirito Santo) viria nos convencer do pecado, da justiça e do juizo.João 16:8

    Quanto ao aconselhamento da querida irmã blogueira, reforço que você deva ler os dois: a Bíblia e os escritos da escritora Ellen Withe, mas obedeça e muito somente a Palavra de Deus, pois é a nossa bússola. Devemos obedecer ao Santo Deus e sabemos, conforme I João 5:3 … e os seus mandamentos não são pesados. Aleluia!

    Jamais o uso de maquiagem vai anular o Calvário. JAMAIS!

    Jamais o uso de jóias vai anular o Calvário, isto é a Cruz de Cristo.Creia que você é salva pela GRAÇA!

    Acontece minha querida irmã, por quem Cristo morreu, que a obediência aos mandamenotos bíblicos (veja bem, mandamentos bíblicos, não obediência a Sra. Ellen Withe, pois ela dorme na campa fria aguardando a Volta do Senhor, e Jesus está vivo, vivo, vivo, intercendendo por nós) só nos traz benefícios, só nos traz a paz e segurança nesta vida tão atribulada. Eu mesma adorava jóias, maquiagens exageradas, mas hoje sou tranquila, o Santo Espírito me conveceu e só Ele pode fazer isso.
    Sou adventista do Sétimo Dia e sou também um Anjo da Esperança, e cuido ainda de 30 crianças na África, eu os sustento com a Graça de Deus.
    Compreendo muito a posição da querida irmã, pois o Senhor tem me dado muito amor para ajudar as pessoas a trilharem o Santo Caminho. Esse é o nosso lema, a Bíblia diz que quem ganha almas sábio é! Prov.11:30 e mais: “Saiba que aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador, salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados!”

    Mas não é o seu caso, pois você é redimida de Cristo Jesus. Vamos orar pela bloqueira e por aqueles que postaram comentários sem amor algum. Julgadores que também serão julgados pelo Senhor naquele dia.

    Sabe querida, hoje me assustei um pouco com um nosso pregador Ancião, logo hoje, sábado, dia Santo do Senhor, afinal sou humana.

    Pois bem, ele leu em I Pedro 1:3 a 11. Pensei: que palavra poderosa e é hoje que vamos aprender.

    Para surpresa, espanto mesmo, o pregador ao invés de discorrer sobre assunto tão maravilhoso e profundo, passou a falar de calça comprida e de maquiagem (e veja, não havia ninguém, isto é, mulher alguma maquiada e com calça comprida), chegando ao extremo de falar que os lábios pintados surgiram quando as mulheres prostitutas pintavam os lábios copiando a cor vermelha da VAGINA, foi isso mesmo que ele falou. A singela igrejinha aqui do Bairro Tiradentes em Campo Grande/MS teve esse ensinamento hoje.

    Após o culto, em conversa com a esposa desse ancião ficamos sabendo que a única filha dele de 21 anos de idade se encontra fora dos caminhos do Senhor!
    Claro que dá para deduzir o motivo.

    Portanto minha querida irmã, fico a sua inteira disposição: sou mãe, dona de casa, advogada, e eleita do Senhor Deus.

    Com amor

    Cley Mongenot

    Responder

  89. Olá Cley,
    Obrigada pela visita. Gostaria de fazer algumas observações sobre seu comentário 🙂

    1. Talvez a irmã não tenha entendido bem a forma como utilizamos os escritos de EGW, mas temos clareza de q a bíblia é nossa única regra de fé. Contudo, os escritos da irmã White foram inspirados pelo mesmo Espírito que inspirou os escritores bíblicos. Eles não entram em contradição com a Bíblia em momento algum, portanto devem ser obedecidos por completo pq são mensagem de Deus e não de uma mulher q está morta, dormindo no Senhor.

    2. A irmã escreveu: “Vamos orar pela bloqueira e por aqueles que postaram comentários sem amor algum. Julgadores que também serão julgados pelo Senhor naquele dia.” Gostaria de entender se com isso a irmã está dizendo q oq escrevi foi sem amor e foi julgamento. É pq a senhora pode estar caindo no erro de me julgar, e acho isso perigoso. No início do post, eu sugiro a leitura de dois outros textos. A irmã leu esses 2 outros textos antes? Eu não conheço o irmão q pregou em sua igreja, não sei de seu coração, mas julgá-lo pela filha q tem tb não é uma atitude cristã. Talvez ele deseje q outras moças não façam como a filha dele, então o sermão dele pode ter sido motivado por uma nobre intenção. Digo isso apenas para alertar sobre o perigo de julgar a qq um q haja escrito aqui ou pregado sobre o assunto.

    Por fim, espero q a irmã compreenda que cada texto escrito aqui é um ato de amor. Eles são fruto de minha comunhão com o Senhor. São fruto da experiência diária q tenho com meu Mestre e Salvador. Decidi obedecer a Deus sem questionar, e levar a mensagem dEle sem medo. Fico imensamente feliz com os emails q recebo testemunhando de como esses textos simples q escrevo aqui, motivada por Jesus, tem auxiliado na mudança de vida de pessoas dentro e fora do Brasil. Querida, ore por mim sim! Ore muito! Exortar com amor é uma tarefa difícil. Ser atalaia não é uma missão confortável, mas foi para isso q meu Mestre me chamou. Cada palavra q escrevo aqui serviu primeiramente para mim e teve q causar modificações em minha própria vida. Sou ser humano tb e sei a dor de fazer algumas mudanças, mas o Senhor nos dá poder para vencer as dificuldades. Toda vez q ler algo aqui, lembre-se q antes de se tornar texto isso teve q se tornar prática. Sobre mim repousa a responsabilidade de ser fiel a cada palavra escrita aqui. Acredite, isso só ocorre por Jesus. Então, amiga, ore mesmo por mim, e ore muito.

    Me preocupo com cada pessoa q visita esse blog. São quase mil pessoas por dia, e minha oração é: Senhor, q minhas palavras não sejam mal compreendidas, para q o Teu querer possa ser compreendido!

    Ore por mim, pelo blogue e por cada leitor. Ore sem cessar!!! 🙂

    Responder

  90. Querida irmã blogueira
    Estou perplexa muito mesmo e me ESPANTO em saber que você disse sobre o ancião que pregou em nossa igreja estar CORRETO.

    Pelo amor de Deus, dizer que o sermão dele foi motivado por UMA NOBRE INTENÇÃO. E dizer ainda que ele(o irresponsável pregador) não querer que outras moças sejam como a filha dele… Isso minha querida É JULGAR A FILHA DELE que precisa de muito amor nosso. Você está julgando a pobre moça.

    Peraí querida, a escritora Ellen Withe está sim morta, aguardando a Volta de Jesus e não é você que vai me convencer de que estou errada. NUNCA! Eu sirvo um Deus Vivo, e a somente Ele toda a Glória e Louvor!
    Sou adventista do sétimo dia e sirvo o senhor no ministério do louvor como pianista, mas sou livre em Cristo e tenho permanentemente contato com o Seu Reino. Estamos em campanha de oração e jejum durante 12 dias. O Espírito Santo tem nos aberto os olhos e nos dado muito amor. Veja bem, quem nos tem dado sabedoria, amor e fé não é o espirito de profecia e sim o Espírito Santo! Em nome de Jesus, não me julgue e sim comprenda que temos livre acesso a Deus, através de Seu Filho Jesus Cristo do qual sou serva.
    Espero que a nobre irmão possa postar algo sobre o amor verdadeiro de Cristo. Lembra-se: há alegria diante de Deus quando um pecador se arrepende!
    Peço que a irmã ore pela jovem que está sofrida por causa dos maus tratos desse pai que se diz ancião.
    Vou orar sim por você e por outros que preferem Ellen Withe que o próprio Deus. Temos que adorar somente o Senhor. Soli Deo Glória!

    Outra, esqueça essa de maquiagens, jóias, etc Deixa para o Espirito Santo convencer o povo, pois esse é o Seu verdadeiro objetivo.
    Existem bons líderes amorosos que sabem doutrinar uma igreja, graças a Deus!
    Cley Mongenot

    Responder

    1. Irmã Cley, eu é que estou chocada pelo fato de a senhora ter entendido tão mal o texto publicado no blog, assim como meu comentário!

      “Estou perplexa muito mesmo e me ESPANTO em saber que você disse sobre o ancião que pregou em nossa igreja estar CORRETO.” Querida, você ficou perplexa e se espantou à toa, porque eu não disse em momento nenhum que o ancião estava correto. Ao falar sobre o irmão eu usei o termo “talvez”, e em seguida expliquei que minha colocação era apenas para alertá-la sobre o perigo de fazer julgamentos. Eu não disse que o sermão dele foi motivado por uma nobre intenção. Eu escrevi que o sermão dele “pode ter sido motivado por uma nobre intenção”, é totalmente diferente. Eu não assisti ao sermão dele, não sei se o que ele falou foi errado ou não. Assim como a senhora não entendeu oq eu escrevi, pode não ter entendido o que ele falou, ou pode ser que tenha entendido corretamente o sermão dele. Não tenho poder para examinar nem o seu coração nem o de ninguém. Só posso dizer que SE o irmão estava errado ou não, pouco importa, pois o meu objetivo era apenas alertar à irmã sobre o perigo de julgar a ele, a mim, e a qualquer outra pessoa. 🙂

      Sobre ter julgado a filha dele, querida, não o fiz em momento algum. Usei apenas a informação que a senhora deu: “Após o culto, em conversa com a esposa desse ancião ficamos sabendo que a única filha dele de 21 anos de idade se encontra fora dos caminhos do Senhor!
      Claro que dá para deduzir o motivo.”
      A propósito, volto a afirmar que a irmã deve cuidar com os julgamentos. Esse final escrito pela senhora “Claro que dá para deduzir o motivo”, é muito perigoso. A senhora não pode examinar o coração da moça para dizer q certamente dá pra se deduzir o motivo. As pessoas podem tentar deduzir os motivos dela, mas apenas ela e Deus saberão esses motivos, e se quiser ter claro esse motivo, a irmã precisa consultar a moça e não deduzir, e muito menos divulgar sua dedução! Cuidado irmã, não fale daquilo que não tem certeza, não levante suspeitas sobre os irmãos. Deus não te deu essa autorização. Só Ele pode examinar nossos corações. Não levantar suspeitas sobre os irmãos, e não expô-los em público como a senhora fez aqui é amar ao próximo. Curiosamente a irmã sugere que eu poste algo sobre o amor de Cristo. Mais do que postar algo sobre o amor de Cristo, podemos viver esse amor para com nossos irmãos. Então, vamos parar de expor as pessoas, principalmente nesse espaço virtual que não foi criado para isso, e de julgar também, ok? 🙂

      “Peraí querida, a escritora Ellen Withe está sim morta, aguardando a Volta de Jesus e não é você que vai me convencer de que estou errada. NUNCA! Eu sirvo um Deus Vivo, e a somente Ele toda a Glória e Louvor!” Amém, irmã! Eu também sirvo ao Deus vivo, e somente Ele é digno de ser adorado!! Mas, em que momento eu tentei lhe convencer de que a irmã White não está morta? Como escrevi ela dorme no Senhor!! Eu não adoro Ellen White irmã. Ela era tão ser humano como eu, e não merece adoração.

      “Sou adventista do sétimo dia e sirvo o senhor no ministério do louvor como pianista, mas sou livre em Cristo e tenho permanentemente contato com o Seu Reino. Estamos em campanha de oração e jejum durante 12 dias. O Espírito Santo tem nos aberto os olhos e nos dado muito amor. Veja bem, quem nos tem dado sabedoria, amor e fé não é o espirito de profecia e sim o Espírito Santo! Em nome de Jesus, não me julgue e sim comprenda que temos livre acesso a Deus, através de Seu Filho Jesus Cristo do qual sou serva.” Irmã, não vou relatar aqui os cargos que já tive e/ou tenho na IASD, nem os movimentos de jejum e oração que já participei e/ou promovi, porque acho dispensável respondê-la enumerando minhas obras. Não há justiça própria em mim, e portanto, não há razão dizer o q tenho feito aqui para constrangê-la. Os leitores q me conhecem sabem quem eu sou e o que faço, Cristo sabe quem sou e o que faço, e isso me basta. Graças a Deus! 🙂 Mas, vale a pena fazer uma ressalva irmã. O Espírito de Profecia é o Espírito Santo de Deus, querida. As obras literarias de EGW só se chamam Espírito de Profecia, porque são escritos insiprados pelo Espírito de Deus. E Espírito Santo é o Espírito da Profecia!! Então, Ele trabalha em minha vida de 3 formas: falando ao meu ouvido pessoalmente, pela Bíblia e pelos escritos da irmã White. A irmã escreve mais ao final do seu comentário que eu prefiro “Ellen White que o próprio Deus”. O Senhor tenha misericórdia de ti irmã, por tamanho (e incorreto) julgamento. Quem é a senhora para dizer algo desse tipo? O que te faz pensar que eu prefiro Ellen White a Deus? Ore por mim sim irmã!!! Oração é imensamente bem vinda, mas julgamentos não!! O Senhor Deus, a quem adoro, sabe muito bem o quanto o amo. Sabe também o quanto amo a Bíblia e o Espírito de Profecia. E como Ele me conhece tão bem, deixarei que Ele acerte contigo acerca dessa acusação que a senhora fez sobre mim. Não precisa me pedir perdão, caso se arrependa de haver escrito palavras tão inadequadas irmã. Vá direto ao Senhor e converse com Ele sobre isso, pois é a Ele que entrego todos os que me julgam ou levantam falso testemunho sobre mim.

      Por fim, sobre escrever mais sobre o amor de Deus e deixar de falar sobre modéstia cristã, desafio a irmã a pesquisar no blog quantos textos já escrevi sobre modéstia cristã, e quantos textos já escrevi sobre o amor, a misericórdia, a graça, e o perdão de Deus.

      Que o SENHOR nos dê um bom e abençoado dia na Sua Santa presença. Tudo que quero para esse dia é estar com meu o SENHOR. Que esse seja o seu desejo também! 🙂

      Deus a abençoe!

      Responder

  91. Minha irmã querida, deixa de orgulho, prepotência e se converta de verdade. A pior vaidade é esta: JULGAR SER MELHOR QUE OUTREM. JULGAR SER SANTA!

    Digo mais: Quem me fala ao coração é o Espírito Santo e mais ninguem! Ele é o Espírito de Deus!!!

    Tachau irmãzinha e larga de ser orgulhosa, teimosa e presunçosa… percebe-se que você gosta muito de elogios e eu nunca vou lhe atender nesse assunto, ok?

    Honra e Glória só para o Senhor!

    Cley Mongenot

    Responder

  92. Lembra-se (ou talvez você nem conhece esta passagem) que o Senhor Jesus disse:

    “Em verdade vos digo que os publicanos e as prostitutas vos precederão no Reino de Deus.” (Mt 21,31)

    Claro não por serem publicanos ou prostitutas, mas precisamente porque escutaram o Palavra do Senhor e se converteram.

    Enquanto muitos se preocupam com uma pseuda santificação (exterior) os acima ouvem o Espirito Santo e se convertem cheios de amor e fé.
    Também de bom alvitre: I Corint. 10:12 “Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia”.

    Não lhe peço perdão por nada, primeiro porque você é um instrumento nas mãos de Deus(reconhecemos isto) e deve estar pronta pra todas as críticas; segundo porque estamos certíssimas com respeito à jovem filha do ancião e vamos, sim, ajudá-la a voltar ao Caminho Santo. Ainda que seu pai(o ancião) esteja equivocado quanto ao grande amor de Deus.

    Que professemos nossa fé e assumamos nossos compromissos não apenas com meras palavras. Que amemos não só de palavras mas de ações, práticas.

    Tchau querida

    Cley Mongenot

    Responder

  93. Parabens irmã, como você é rápida, hem…

    Deus a abençoará sempre, porque percebe que a irmã é lutadora, paciente e cheia de força.

    E… através dessa força, da paciencia em forma de tolerância, é que você tem ganhado as pessoas para o Reino de Deus (reconhcemos isto).

    Deus a abencoará sempre nesta jornada.

    Cley Mongenot

    Obrigada por me tolerar.

    Responder

  94. ola querida cley mongenot quero deixar bem claro q ao referir a irmã maria eliza não estava qualificando com este termo pejorativo q a vossa senhoria esta me acusando simpresmente sitei um paragafo do livro mensagem escolhida volume 3 pg 245 te convido subir ao golgota comigo aprender de cristo em são mateus,7:1 ok

    Responder

  95. irmã cly mongenot que pobreza de espirito precisamos orar muito uns pelos outros não é mesmo?

    Responder

  96. Para Antonio Dias, meu querido irmão.

    Aceito o seu bendito convite para subir ao Gólgota. Que convite M A R A V I L H O S O!!!

    Agradeço de coração por me falar que sou pobre de espírito, sei que não mereço.

    Fico feliz ao lembrar que no Sermão da Montanha, o Mestre Jesus afirmou: Bem-aventurados os pobres de Espírito, porque deles é o reino dos céus. Mateus 5:3

    Para subir ao Gólgota temos que ser pobres de espírito.

    Não sei onde o querido irmão viu a minha pobreza de eespírito, pois sou tão chata… e tenho certeza que isso foi revelado pelo Espírito Santo de Deus.

    Querido irmão em Cristo, muito obrigada.

    Com carinho e oração,

    Cley Mongenot

    Responder

  97. ola irmã estarei orando pela a irmã todos os dia as 05 hr da manhã espero q esteja fazendo o mesmo pra mim tambem ok! obrigado pelo conselho é isso q deus qr de nós.

    Responder

  98. IRMÃ CLEY NÃO PRECISA SER ESATAMENTE AS 05 HORAS MAS Q ORE POR MIM OK,DEUS ABENÇOE

    Responder

  99. Olá, Karyne! Esse artigo sobre maquiagem e pintura tem ajudado a muita gente a sintetizar sobre o uso excessivo e premeditado prefigurando o corretivo utilzado para expressar a aparencia exterior encobrindo o interior. Sugiro que artigos como esse fossem publicados na Revista Adventista, assim com certeza contribuiria para o esclarecimentos de muitos. Que o Senhor Jesus esteja sempre com você.

    Responder

  100. ACHO QUE ISSO NÃO INTERFERE EM NADA, EU USO MAQUIAGEM, TODA MULHER USA, PARA SE SENTIR BEM CONSIGO MESMA PRA SE SENTIR MELHOR E POR ESSE FATO NÃO VEJO PROBLEMA POIS DEUS QUER QUE NUS SENTIMOS BEM E NÃO MAL…

    Responder

    1. Olá Ane,
      respeito sua opinião pessoal, mas a questão aqui não é o que a gente pensa ou acha, mas o que Deus pensa sobre o assunto.
      A propósito, nem toda mulher usa maquiagem! 🙂
      Formamos muitas opiniões sobre Deus ao longo da vida, mas nem todas as opiniões que temos sobre Deus são coerentes com quem Ele realmente é. “DEUS QUER QUE NUS SENTIMOS BEM E NÃO MAL”, esse tipo de concepção de Deus pode ser usada para permitir qualquer prática que Deus não aprova, contando que essa prática nos faça sentir bem. Isso é perigosíssimo. Precisamos tomar cuidado com essas concepções humanas de Deus.
      O que Deus quer é que Seu povo seja fiel a seus preceitos. Essa é a forma de Deus nos querer bem e não mal, porque só há uma forma de ir bem na vida, obedecendo a Deus!
      Como já falamos aqui, ninguém deve julgar ninguém. Cada um examine o seu coração. O fato é que se o coração é orgulhoso, se o coração deseja adornos para exibir a si mesmo, se o coração está mais preocupado em refletir uma imagem que agrada a si próprio do que refletir uma imagem que agrada a Deus, há algo muito errado aí!

      “Perguntai-lhes então como se sentem quanto ao adorno do corpo, e se têm alguma idéia do que é estar preparado para comparecer perante Deus, e vos dirão que se somente pudessem voltar a viver de novo o passado, corrigiriam a vida, evitariam as loucuras do mundo, sua vaidade e orgulho; e adornariam o corpo com roupas modestas, dando assim um exemplo aos que os rodeiam. Viveriam para a glória de Deus.
      Por que é tão difícil viver uma vida abnegada, humilde? Porque os professos cristãos não estão mortos para o mundo. É fácil viver depois de estarmos mortos.” Mensagem aos Jovens, p. 127.

      Esse texto dispensa comentários! 🙂

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *