“Nutrição na Bíblia” – Lição 12

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Durante essa semana, a lição da escola sabatina discutiu o assunto do regime alimentar. Confesso que pelo que percebo, esse é um assunto que causa separação dentro de nossas igrejas. Ao contrário do Sábado, que nos une como povo, assuntos relacionados ao Regime Alimentar geralmente causam polêmica e confusão entre irmãos. Por isso, quero pedir que você deixe por um instante todas as suas convicções e gostos pessoais, e medite um pouquinho comigo sobre esse assunto à luz da Palavra de Deus e do Espírito de Profecia!

A Bíblia diz em I Cor. 10:31 “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”. O que significa fazer tudo para a Glória de Deus? O significado original do grego clássico para Glória é “opinião”, “noção”, “reputação” (ver comentário bíblico adventista). Nesse sentido, fazer tudo para a Glória de Deus, pode ser entendido como fazer tudo segundo a opinião divina, de acordo com a aprovação divina, honrando a reputação divina. Seja sincero com você mesmo nesse momento. Quando você está comendo, seu comportamento e a comida que você ingere glorificam a Deus?

A alimentação original, dada por Deus ao homem, é bastante diferente da alimentação que boa parte das pessoas (para não dizer todas) têm hoje. Se recordarmos como as coisas aconteceram, veremos que o pecado entrou no mundo através da desobediência do homem a uma orientação divina sobre o que deveria ou não ser comido. Infelizmente, hoje, em pleno século XXI, continuamos fracos diante do nosso paladar!

Ellen White explica, no Livro Regime Alimenta p. 373, que, após o dilúvio, Deus permitiu que o homem se alimentasse de carne para abreviar o tempo de vida do homem, que estava (e permanece) contaminado pelo pecado.

Contudo, parece ser aqui o ponto onde as pessoas se apegam para criar uma série de discussões sem fim – ao redor do alimento carne.

O que eu gostaria de refletir com você é que não é só a carne que está fora do ideal de Deus para a nossa alimentação. Açúcar e sal em excesso, algumas bebidas, alimentos gordurosos… tudo o que pode prejudicar o nosso organismo não deve ser ingerido. Essa é a idéia de temperança – se abster do que é prejudicial e usar com moderação o que é bom.

A Reforma de Saúde é necessária, principalmente no tempo em que vivemos. O Espírito de Profecia deixa claro em diversas passagens que a alimentação afeta diretamente a nossa mente e por consequência a nossa comunicação com Deus!

Por fim, gostaria de chamar a sua atenção para o momento que estamos vivendo, e quão importante essa mensagem de saúde é. Leia com atenção os textos a seguir:

“Há os que procuram abster-se daquilo que é declarado ser prejudicial. Deixam de suprir ao organismo a nutrição apropriada, e em conseqüência tornam-se fracos e incapazes de trabalhar. Assim é difamada a reforma de saúde. A obra que temos procurado erguer solidamente confunde-se com coisas estranhas, que Deus não ordenou. São estropiadas as energias da igreja.” Conselhos Sobre o Regime Alimentar, p. 206.

“Os que vivem nos últimos dias da História da Terra precisam estar firmemente fundados nos princípios da reforma de saúde….” Evangelismo, p. 262.

“A obra da reforma de saúde é o meio empregado pelo Senhor para diminuir o sofrimento de nosso mundo, e para purificar Sua igreja. Ensinai ao povo que eles podem desempenhar o papel da mão ajudadora de Deus, mediante sua cooperação com o Obreiro-Mestre na restauração da saúde física e espiritual. Esta obra traz o selo divino, e há de abrir portas para a entrada de outras verdades preciosas. Há lugar para trabalharem todos quantos efetuarem esta obra inteligentemente.” Evangelismo, 263.

“Foi-me mostrado que a reforma de saúde é uma parte da mensagem do terceiro anjo e está tão intimamente ligada a ela como o braço e a mão ao corpo humano” Eventos Finais, p. 80 e 81

“Devem ser vistas maiores reformas entre o povo que pretende estar aguardando o breve aparecimento de Cristo. A reforma de saúde deve realizar uma obra entre o nosso povo que ela ainda não realizou. Há os que devem estar atentos para o perigo de comer carne, pois ainda estão ingerindo a carne de animais, arriscando assim a saúde física, mental e espiritual. Muitos que agora estão apenas meio convertidos no tocante à questão de comer carne, se afastarão do povo de Deus para não mais andar com eles. Review and Herald, 27 de maio de 1902.” Eventos Finais, p. 82.

Que Deus nos abençoe para que possamos levar a mensagem de saúde ao mundo. Que no nosso alimentar honre e glorifique a Deus!

6 Comentários


  1. Bom dia Karyne,

    Achei esse assunto bastante interessante, e gostaria que voce me passasse quais são as passagens que diz que a alimentação afeta diretamente a nossa mente e por consequência a nossa comunicação com Deus.


  2. Olá, também gostaria de receber as passagens que diz respeito a alimentação.


  3. Oi por favor eu também gostaria de receber as passagens que diz respeito a alimentação.


  4. muito importante esta mensasgem ao povo de Deus, alias nao só os que já sao crentes mas tambem os qoe ainad nao sao,pois a nossa limentaçao correta enssinada por Deus faz uma só ligaçao direta com ele, se nosso sangue nao for saudavel nosas mente tambem nao sera, se nosas mente que é o nosso ponto de comunincaço com deus for doente oque sera de nós?


  5. Já tentei por várias vezes trocar a minha alimentação. Mas sempre fracasso, porque nunca aprendi a gostar de verdura, e só gosto de algumas frutas. E sem falar que meu esposo não come sem carne.


  6. Gostei muito, isso é muito importante para nossa vida.
    Gratificante a todos os povos de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.