“Fé e Cura” – Lição 6

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A lição desta semana tratou de um assunto que me chama muito a atenção – a cura que advém da fé. A ciência tem entendido que a fé é um diferncial durante o tratamento de diversas doenças! Há alguns dias, assisti a uma matéria na TV, que falava sobre uma pesquisa que verificou que as pessoas que possuem fé religiosa estão mais protegidas de problemas cardíacos do que aqueles que não possuem. Quão poderoso é o poder da fé!! Como está escrito na Palavra de Deus, “E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará;[…]” Tiago 5:15.

Para mim, em especial, que lido diariamente com o poder da mente sobre o nosso corpo, este é um assunto que gosto de estudar e conversar sobre. É certo que precisamos, como foi apontado pela lição dessa semana, sentir medo em alguns momentos. O medo é uma ferramenta que nos proteje. É algo que evita que entremos em uma situação de perigo. Mas o medo deve ter limite. A partir do momento em que ele começa a atrapalhar nossas atividades, e interferir em nossos pensamentos de forma recorrente, ele deixa de ser algo bom para nós. 

Nosso corpo e nossa mente são um só! Cito eles de forma separada por uma questão didática, e porque herdamos essa forma de falar a respeito de nós mesmos. Contudo, ambos são apenas um! Sendo um, tudo que ocorre em nós, ocorre de forma generalizada. Não há doença em parte alguma do corpo que não afete todo o restante. Essa é uma compreensão necessária. Como você se vê? Como um ser cujo corpo age independente da mente e vice-versa?

Tudo o que fazemos é físico e psicológico. Aquilo que cremos, pensamos e sentimos exerce poderosa influência sobre todas as demais funções de nosso ser. Milhares de pessoas, hoje, em todo o mundo, sofrem de doenças cuja cura só pode ser obtida através de uma atuação no campo do psicológico, campo este que abriga a fé. Diria que todas as doenças só podem ser de fato curadas se houver uma intervenção em direção ao psíquico.

Não se espante, mas, pessoas que não conhecem a Deus também são curadas pela fé. Ficam doentes e curados unicamente em decorrência de suas crenças! Então… qual a diferença dessas pessoas para aqueles que têm fé em Deus? Eu diria que a diferença é que a fé em Deus é uma fé consistente, que possui fundamento, e que permite atuações da ordem do impossível. Por mais que uma pessoa tenha fé que possa andar sobre as águas, ele não poderá. O poder da mente é limitado nesse sentido. Mas se essa fé for depositada em Deus e Ele julgar oportuno, esta pessoa poderá então andar sobre as águas. Essa é a diferença. Temos um Deus do impossível!!! Ele conhece nosso corpo e nossa mente, e como nosso Criador nos deu a possibilidade de sermos curados de diversos problemas através de nossas crenças, e nos deixou orientações a esse respeito na Sua Palavra e no Espírito de Profecia. Contudo, Ele é o único que pode atuar quando o poder de nossas crenças encontra suas limitações. Ele é o Deus do Impossível!! Por isso, a fé nEle é uma fé certa!!!

Deus nos abençoe!

3 Comentários


  1. Olá Karyne!
    Gostei muito do seu artigo,aliás admiro muito o campo da psicologia;mesmo c/ tantos estudos científicos ainda sabemos bem pouco das infinitas possibilidades dessa caixinha surpresa chamada cérebro.A Escola Sabatina está bem interessante e me fez refletir muito sobre I João 4:18 “No amor não existe medo;antes,o perfeito amor lan-
    ça fora o medo.Ora,o medo produz tormento;logo,aquele que teme não é aperfeiçoado no amor.” Assim está nosso Planetinha:cheio de terror(catástrofes naturais,violência
    por toda parte,fome,conflitos,etc…).Cheio da falta do
    verdadeiro Amor.Sem contar que é um versículo q me pare-
    ce vai contra a corrente da ciência que tem resolvido
    muitas fobias c/ medicamentos.E aí?Como fica?Pra cada medo um comprimido certo(“Admirável Mundo Novo”?)e com
    certeza um ser humano cada vez menos sem fé nesse Deus Criador e portanto Deus do impossível.
    Continuo sempre por aqui.Vale a pena os artigos e mais
    uma vez,parabéns pela equipe.


  2. irmã, sofro muito por causa de meu marido, pois se encontra doente, geralmente acamado, ele tem 64 anos ou melhor, irá fazer aniversário se DEUS assim quizer em 24-4-48, pois bem, ele não tem`ânimo para nada, está sendo medicado por neurologista, e eu que vou buscAR as receitas para comprar seus remédios, enfim faço quase tudo, na maior parte ( também sei que não estou só, que DEUS está comigo, me ajudando e se não for DEUS? quem seria?. Peço-lhe que una suas orações por meu marido e por mim enfim pelo nosso casamento. Até quando terei que suportar…( já tem mais de 4 anos esse meu sofrimento) Eu gostaria de testemunhar de DEUS, pois sei que ELE sabe todas as coisas, desta dor, e já sofri muito com ele (esposo) antes de ficar doente, pois bebia muito, me maltratava, fazia brigas em casa, chegou a me bater várias vezes e agora está doente. Irei esperar em DEUS e nas orações da irmã e todos que tem fé de nossas Igrejas.Um grande abraço, te agradeço por fazer parte do facebook, juntamente comigo. Pode ligar se puder 021-25969870.


  3. Olá Helenice,

    precisamos pensar duas coisas antes de orar por um propósito:
    1) O que peço é da vontade de Deus?
    2) Estou disposta a arcar com as soluções que Deus oferece para o meu problema?

    Pense nisso. Orarei essa semana por sua família,

    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.