Cidades de Refúgio – Lição 13

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Chegamos ao final de mais um trimestre! Estudamos, ao longo desses últimos três meses, sobre a jornada do povo de Israel rumo à Terra Prometida. Vimos como o povo se desviou dos caminhos do Senhor, e o que sofreu por causa disso. Vimos também a mão poderosa de Deus a guiar seu povo mesmo em meio a rebeliões.

Aprendemos um pouco com a liderança de Moisés e o ministério dos levitas. Vimos quão organizada é a obra de Deus, e como deve haver ordem nas coisas que são dirigidas por Ele.

Terminamos, de forma fantástica, estudando sobre a cidade de refúgio. A mim, particularmente, uma novidade! Ao longo da lição dessa semana, pude refletir um pouquinho mais sobre a justiça e a misericórdia de Deus!

A pessoa que ía para as ciadades de refúgio não tinha tempo de preparar mala e despedir dos amigos e familiares. O refúgio lhe era apresentado como alternativa, e essa alternativa deveria ser aceita de imediato, do contrário, sua vida estava em risco!

Deus é nosso refúgio e nossa fortaleza. Quando cometemos deslizes, podemos contar com sua maravilhosa graça. Claro que sua justiça é real! Não era qualquer um que poderia ir para a cidade de refúgio, e não é qualquer um que pode desfrutar do refúgio oferecido por Deus. Quando pecamos contra o Espírito Santo de Deus, rejeitamos inclusive o refúgio que Ele nos oferece!

Meu desejo é que tenhamos aprendido um pouco mais com o povo de Israel, para não cometermos os mesmos erros na nossa jornada rumo à Canaã celestial!

Deus nos abençoe!

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.